Engenharia 360

Brasil às Escuras: Análise das Causas do Apagão de Energia

Engenharia 360
por Redação 360
| 15/08/2023 5 min
Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay

Brasil às Escuras: Análise das Causas do Apagão de Energia

por Redação 360 | 15/08/2023
Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay
Engenharia 360

Na manhã do dia 15 de agosto de 2023, praticamente todo o território brasileiro sofreu uma interrupção no fornecimento de energia elétrica. As razões por trás desse incidente serão exploradas ao longo deste artigo do Engenharia 360. Antes disso, é necessário esclarecer alguns conceitos fundamentais.

Qual é a diferença entre "apagão de energia" e "racionamento de energia"?

Um apagão de energia é a interrupção do fornecimento de energia elétrica devido a falhas na transmissão, causando falta de eletricidade em uma região. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) classifica essas falhas em ocorrências e interrupções. Ocorre quando o Sistema Interligado Nacional (SIN) não opera normalmente, resultando em investigações e medidas corretivas. Já interrupções de energia envolvem desligamentos forçados de componentes do SIN, que podem causar cortes de carga e danos em equipamentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ademais, vale ressaltar, antes de falar do causo de hoje, que o Sistema Interligado Nacional (SIN) é a rede de operação elétrica que interconecta diversas regiões do Brasil, permitindo o fornecimento e distribuição de energia elétrica de forma integrada. No entanto, o SIN também torna as áreas suscetíveis a falhas em uma parte da rede que podem afetar áreas mais amplas.

apagão de energia
Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay

Quais regiões do Brasil foram mais afetadas pelo apagão de 2023?

No recente apagão de energia no Brasil, que afetou principalmente as regiões Norte e Nordeste, houve um corte de energia equivalente a 25% da carga total. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) relatou que uma ocorrência na rede de operação interrompeu 16 mil MW de carga, sendo que seis mil MW já haviam sido restaurados até as 9h16. E o vice-presidente Geraldo Alckmin destacou a recuperação rápida da carga nas regiões afetadas, com o Nordeste recuperando 80% e o Norte mais de 40%.

O ministro Alexandre Silveira, empenhado em investigar o incidente, logo criou uma sala de situação para coordenar a restauração e solicitou a instauração de um inquérito policial para apurar a causa do apagão, suspeitando de uma falha na linha de transmissão de Belo Monte. Inclusive, o apagão de energia reacendeu preocupações sobre a estabilidade do sistema elétrico interligado do país, que já havia enfrentado desafios semelhantes no passado, resultando em quedas de energia generalizadas.

apagão de energia
Gráfico fornecido pela ONS indica uma acentuada redução na produção de energia no momento do incidente - Imagem reproduzida de ONS

Veja Também: Solução ou problema? Projeto de muros no rio Xingu coloca em risco a biodiversidade da região

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Qual foi a causa suspeita do apagão de energia de acordo com as informações preliminares?

Com base nas informações compartilhadas nas mídias, as causas suspeitas do apagão de energia que ocorreu no Brasil são as seguintes:

  • Evento na rede de operação do Sistema Interligado Nacional: A interrupção ocorreu devido à abertura da interligação Norte-Sudeste do Sistema Interligado Nacional, o que levou a uma perda de carga e resultou em um apagão de energia que afetou todas as regiões do Brasil.
  • Causa relacionada à Usina Hidrelétrica de Belo Monte: Informações preliminares indicam que uma falha em uma linha de transmissão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte teria provocado o problema. Essa é uma das causas suspeitas investigadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).
  • Sobrecarga no Ceará: O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que houve uma sobrecarga no Ceará, o que fez o sistema entrar em colapso na região. Isso contribuiu para o apagão de energia. No entanto, ainda está sendo investigado se há outros eventos ou causas associadas.

É importante ressaltar que essas são causas suspeitas e que as investigações ainda estão em andamento para determinar as causas precisas do apagão.

A saber, os órgãos responsáveis pela investigação das causas do apagão são a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

apagão de energia
Imagem de Vice-Presidência da República, via Wikipédia - https://pt.wikipedia.org/wiki/Usina_Hidrel%C3%A9trica_de_Belo_Monte#/media/
Ficheiro:09_09_2021_Visita_%C3%A0_Usina_Hidrel%C3%A9trica_Belo_Monte_(51443381900).jpg

Veja Também: Hidrelétricas e impacto ambiental: saiba mais sobre a principal fonte de energia do Brasil

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quais foram os principais apagões que ocorreram no Brasil nas últimas décadas?

Antes de tudo, vale dizer que o Brasil passou por um racionamento de energia entre 2001 e 2002 devido a uma combinação de fatores, incluindo a falta de chuvas que afetou o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas, que compõem a maior parte da matriz energética do país. Isso levou a uma redução significativa na capacidade de geração de energia elétrica, o que resultou na necessidade de um racionamento para evitar apagões.

Principais apagões ocorridos no Brasil nas últimas décadas:

  • Amapá (2020): Um incêndio na principal subestação de energia do estado do Amapá afetou o fornecimento de eletricidade em grande parte do estado, deixando quase 800 mil pessoas sem energia por cerca de dez dias.
  • Brasil (2018): Em março de 2018, um apagão afetou todas as regiões do país, especialmente o Norte e o Nordeste, devido a uma falha na linha de transmissão ligada à usina hidrelétrica de Belo Monte. Cerca de 70 milhões de pessoas foram afetadas.
  • Nordeste (2011): Uma falha em uma subestação localizada entre Pernambuco e Bahia deixou quase 47 milhões de pessoas sem energia em todo o Nordeste por várias horas.
  • Brasil e Paraguai (2009): Falhas em linhas de transmissão de energia da usina hidrelétrica de Itaipu causaram um apagão que afetou quase 90 milhões de pessoas no Brasil e no Paraguai.
  • Brasil (1999): Um grande blecaute ocorreu em 1999, afetando dez estados e o Distrito Federal. Cerca de 76 milhões de pessoas foram afetadas. Inicialmente, um raio foi considerado a causa, mas posteriormente a sobrecarga do sistema foi apontada como motivo.

As consequências dos apagões anteriores no Brasil foram amplas, incluindo interrupções no fornecimento de energia para residências, empresas e serviços públicos, causando transtornos, prejuízos econômicos e impactos na qualidade de vida. Além disso, os apagões também geraram preocupações quanto à confiabilidade do sistema elétrico e à necessidade de investimentos em infraestrutura e diversificação da matriz energética para evitar recorrências no futuro.

Veja Também:


Fontes: O Globo, O Globo - 2, Poder 360, CNN Brasil, Itatiaia.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo