Engenharia 360

A Engenharia Ambiental cuidando do Pálido Ponto Azul chamado Terra

Imagem padrão usuário
por Antonio Targino
| 05/03/2015 | Atualizado em 04/12/2022 2 min

A Engenharia Ambiental cuidando do Pálido Ponto Azul chamado Terra

por Antonio Targino | 05/03/2015 | Atualizado em 04/12/2022
Engenharia 360

Em 1990 a Voyager 1 recebeu um comando da NASA para fotografar os planetas que esta sonda havia visitado. Uma das imagens enviadas é uma fotografia da Terra a 6,4 bilhões de quilômetros de distância. A imagem não está com uma resolução muito boa, mostrando este planeta apenas como um “pálido ponto azul na granulada imagem”.

Em 1996, em uma conferência, Carl Sagan falou de os seus sentimentos sobre esta foto histórica:

“Olhem de novo esse ponto. É aqui, é a nossa casa, somos nós… A Terra é um cenário muito pequeno numa vasta arena cósmica. (…) O nosso planeta é um grão solitário na imensa escuridão cósmica que nos cerca…

A Terra é o único mundo conhecido, até hoje, que abriga vida. Não há outro lugar, pelo menos no futuro próximo, para onde a nossa espécie possa emigrar. Visitar, sim. Assentar-se, ainda não. Gostemos ou não, a Terra é onde temos de ficar por enquanto.

(…) Para mim, destaca a nossa responsabilidade de sermos mais amáveis uns com os outros, e para preservarmos e protegermos o “pálido ponto azul”, o único lar que conhecemos até hoje”.

ponto-palido-azul-terra-blog-da-engenharia

Veja Também: NASA planeja cultivar uma horta na Lua

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Estas fotografias, tiradas e milhares e bilhões de quilômetros da Terra, inspiraram Carl Sagan a escrever o livro Pálido Ponto Azul em 1994. Em um trecho do seu livro lemos:

“Não imagino que justamente nós, com nossos presentes costumes e convenções sociais, povoaremos o espaço. Se continuarmos a acumular apenas poder e nenhuma sabedoria, sem dúvida, nos destruiremos. A nossa existência nesses tempos distantes requer que modifiquemos as nossas instituições e a nós mesmos. Como ouso adivinhar o destino dos humanos no futuro longínquo? Acho que é apenas uma questão de seleção natural. Se nos tornamos apenas um pouquinho mais violentos, ignorantes e egoístas do que já somos, é que certo que não teremos futuro”.

É hora de cuidar de nossa casa, este pequeno “pixel cósmico”. As várias áreas do conhecimento estão unidas para preservar o meio ambiente. Todos os cursos universitários, técnicos e todas as profissões devem voltar seus trabalhos para um pensamento sustentável: satisfazer as necessidades atuais sem prejudicar as gerações futuras.

Engenharia Ambiental entra com mais força nesta luta de preservar o planeta de nós mesmos. Seja desenvolvendo meios de consumir menos recursos não renováveis e ter uma eficiência aumentada gastando menos, ou integrando várias outras engenharias para desenvolver meios de corrigir o que nós mesmos estamos destruindo: rios, mares, solo, florestas, ar…

O vídeo abaixo é trecho do discurso do próprio Carl Sagan sobre O PÁLIDO PONTO AZUL, confira:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo