Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

7 grandes planejadores que mudaram a história da Arquitetura e Urbanismo mundial | Lista 360

por Simone Tagliani | 24/03/2021

Sempre nos surpreendemos com a boa arquitetura contemporânea, mas sabia que tudo que o mundo se sabe desta arte hoje em dia é fruto da investigação de outros profissionais do passado?!

As primeiras grandes obras da arquitetura que se tem conhecimento são possivelmente do período pré-histórico. Nesta época, as principais construções erguidas eram para abrigos humanos. Este era o modelo de arquitetura predominante nas sociedades primitivas, seguido dos monumentos – muitos deles de propósitos desconhecidos.

As sociedades posteriores a estas aprimoraram ainda mais os projetos urbanos e criaram cidades mais complexas, com grandes e magníficos edifícios. Os trabalhos mais notáveis e que ficaram famosos neste período – da Antiguidade até o início da Idade Média – provocaram uma verdadeira transformação no modo de pensar e de fazer arquitetura. E é exatamente sobre eles que falaremos no texto a seguir!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Saiba quais materiais eram empregados na engenharia da antiguidade

Os maiores arquitetos da Antiguidade

1. Vitrúvio

Marcos Vitrúvio Polião, conhecido somente por Vitrúvio, foi um importante arquiteto romano que viveu no século I a.C.. Seu feito mais importante foi a obra literária ‘Da Arquitetura’, dividida em 10 volumes, escrita toda em latim e que falava basicamente sobre arquitetura.

  • O primeiro volume era dedicado a diversas ciências e artes, como geometria, matemática, história, e mais.
  • O segundo falava sobre materiais de construção.
  • O terceiro e quarto sobre a importância da simetria.
  • O quinto a respeito dos prédios públicos.
  • O sexto sobre os edifícios privados.
  • O sétimo sobre a decoração de interiores das casas.
  • E o último sobre a questão da hidráulica.

Infelizmente, durante muitos anos, a obra de Vitrúvio ficou completamente esquecida. Porém, na Idade Moderna, esses textos foram redescobertos e passaram a ser um guia para o renascimento da arquitetura. Aliás, muita coisa produzida neste período foi influenciada por três princípios da obra ‘Da Arquitetura’. São eles: comodidade e função, solidez, e beleza.

arquitetura da antiguidade vitruvio
De Architectura – Vitruvio

2. Imhotep

Imhotep foi o arquiteto, engenheiro e médico do Egito antigo, ele serviu ao faraó da terceira dinastia Djoser. Trabalhava em Heliópolis, algo que foi confirmado nas inscrições feitas na base das estátuas do próprio faraó, bem como em grafites na pirâmide Tireis. A ele é atribuído o projeto e o acompanhamento da execução da Pirâmide de Saqqara, túmulo de Djoser, de XXVII a C.. Essa obra gigantesca possui aproximadamente 62 m de altura e está localizada no sítio arqueológico da Necrópole de Memphis. Também ficou popularmente conhecida como a Pirâmide de Degraus isso porque ela foi composta por seis mastabas; e é considerada a primeira pirâmide a ser erguida no território.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja também: Objeto exposto no MET de Nova York revela paleta de cores utilizadas no Egito Antigo

arquitetura da antiguidade Pirâmide de Sacara
Pirâmide de Sacara – imagem de Wikipedia

3. Lu Ban

Lu Ban foi um famoso arquiteto da China Antiga, e a ele é atribuída a invenção das pontes em formato de arco sustentados por muitos pilares consecutivos, também em arcos. Um exemplo de suas obras é a Ponte de Zhaozhou, construída entre os anos de 595 e 605 d.C, durante a Dinastia Sui – uma Dinastia Imperial de curta duração, mas de muita importância para a história do país.

Ponte de Zhaozhou
Ponte de Zhaozhou – imagem de Wikipedia

4. Isidoro de Mileto

Isidoro de Mileto foi um arquiteto bizantino do século VI. Obviamente ele nasceu e viveu na cidade de Mileto. A ele é atribuído o projeto – em parceria com o professor de geometria Antemio de Trales – da basílica de Santa Sofia da Constantinopla, atual Istambul, na Turquia.

Este edifício, desde a sua inauguração, entre os anos de 532 e 537, ficou famoso por sua enorme dimensão, comparada a outras igrejas, e grande cúpula ou domo. Entre os anos de 1204 e 1261, foi convertido como catedral católica Romana. E mais tarde, entre 1453 e 1931, virou uma mesquita. Hoje em dia, funciona como um museu, sendo uma das atrações turísticas mais visitadas do mundo.

Basílica de Santa Sofia, Turquia
Basílica de Santa Sofia, Turquia – imagem de UOL

5. Calícrates

Calícrates foi um arquiteto grego que viveu no século V a.C.. Foi ele, juntamente do arquiteto Ictinos, o autor do conjunto do Partenon, em Atenas, na Grécia. Seu colega ainda projetou o templo de Hefesto, uma antiga igreja Cristã, ainda muito bem preservada nos dias de hoje, representante da ordem dórica.

Apesar do templo de Hefesto ser considerado uma obra bastante notável, perde um pouco do seu esplendor estando ao lado do grandioso Partenon. Este último seria um tempo dedicado à deusa grega Atena, representando a sabedoria. Tal construção fica no topo da colina rochosa da Acrópole, a cerca de 150 m acima do nível do mar. Foi construída sobre as ruínas de um antigo templo destruído durante a invasão persa, no ano de 480 a.C.; e até hoje é lembrada pela sua riqueza de esculturas decorativas. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Mesmo na antiguidade, seu refinamento arquitetônico era legendário, especialmente a sutil correspondência entre a curvatura da estilóbata, o estreitamento da nave e os entalhes das colunas.”

– historiador J.J.Norwich.

arquitetura da antiguidade
Partenon – imagem de Info Escola

6. Hipódamo de Mileto

Hipódamo de Mileto também foi um arquiteto grego, com notável conhecimento em planejamento urbano. Ficou famoso pelo seu estudo do planejamento para o Pireu, município vizinho à cidade de Atenas. Todos os seus ensinamentos – inclusive sobre o abastecimento e escoamento hidráulico – inspiraram o projeto de várias outras cidades do país desde a Época Clássica. Como característica, os princípios de ordem e regularidade nos traços das vias públicas – bem largas, com cerca de 5 a 10 m, cruzadas em ângulos retos – e orientação de fachadas das residências.

arquitetura da antiguidade Planejamento de Pireu
Planejamento de Pireu – imagemde Wikiwand

7. Dinocrates

Dinocrates foi um arquiteto romano, da região de Bolonha, Itália; e consultor técnico particular de Alexandre III da Macedônia. Foi o autor do projeto de planejamento urbano da cidade de Alexandria, desenvolvido no ano de 332 a.C.. Também seria o idealizador de um grandioso projeto para esculpir um Monte Athos em uma colossal escultura de Alexandre.

Na Babilônia, Dinocrates projetou o monumento funerário ao general Heféstion. E, por fim, colaborou com a reconstrução do Templo de Artemis, em Hefesto, considerada uma das sete maravilhas do Mundo Antigo,  o maior tempo do mundo antigo e, durante muito tempo, o mais significativo da civilização grega e helenística. – infelizmente destruída no ano de 356 a.C..

arquitetura da antiguidade
Simulação Templo de Artemis – imagem encontrada em Pinterest

Fontes: Wikipedia.

Conhece mais algum? Deixe nos comentários!

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.