Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Você sabe para que serve cada tipo de extintor?

por Eduardo Mikail | 26/04/2014
Copiado!

Você sabia que existem vários tipos de extintores? E que cada um deles tem uma aplicação correta de acordo com as classes de incêndio? Até pouco tempo eu não sabia para que servia cada um. Nisso, fazendo um projeto de um canteiro de obras, tive que dimensionar diversos itens de Segurança do Trabalho, exigidos pela NR18 – que regulamenta as condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção civil – inclusive os extintores.

extintor

Então listei aqui os tipos de extintores e as aplicações para cada classes de incêndio:

Tipos de extintores:

  • PÓ QUÍMICO – Indicado para incêndios de classe B (líquidos inflamáveis). Age por abafamento quebrando a reação em cadeia e interrompendo o processo de combustão. Pode ser utilizado também em incêndios de classe A e C.
  • GÁS CARBÔNICO (CO2) – Indicado para incêndios de classe C (equipamentos elétricos). Por nao ser condutor de eletricidade, pode ser utilizado também em incêndios de classes A e B. Age por abafamento e por resfriamento em ação secundária. É asfixiante, devendo assim, se evitar o uso em ambientes pequenos/reclusos.
  • ÁGUA (H20) à Indicado para incêndios de classe A (madeira, tecido, papel e materiais sólidos em geral). Age por resfriamento, e dependendo do caso, por abafamento.
  • ESPUMA MECÂNICA – Indicado paa incêndios classe B, e também é eficiente para o tipo A. Age por abafamento, e por resfriamento em segundo momento. A espuma (tipo AFFF) forma um filme aquoso na superfície do combustível, dificultando a reignição do foco de fogo.

Classes de incêndio:

  • A – Incêndios que ocorrem em materiais sólidos combustíveis, que deixam resíduos, como: papel, madeira, tecido e borracha.
  • B – Incêndios que geralmente ocorrem em superfícies, não deixam resíduos e acontecem quando da queima em líquidos inflamáveis, graxas e gases combustíveis.
  • C – Incêndios que ocorrem em equipamentos elétricos energizados, tais como: quadros de força, transformadores e qualquer outro equipamento de uso em aplicações de energia elétrica.
  • D – Incêndios que se propagam de forma diferente dos demais, através de uma reação em cadeia durante a combustão. Classe na qual possui como principais combustíveis metais pirofóricos: magnésio, selênio, antimônio, lítio, potássio, alumínio fragmentado, zinco, titânio, sódio, urânio e zircônio.

*Lembre sempre de colocar placas de identificação nos locais onde os extintores são localizados, ok?

imagem com três tipos de extintores: água, espuma e CO2

Leia também: Projeto de Incêndio e Pânico: saiba mais sobre o AVCB e o CLCB

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

Comentários