Engenharia 360

Preciso cursar faculdade de Engenharia para ser bombeiro?

Engenharia 360
por Redação 360
| 22/04/2022 | Atualizado em 23/11/2022 4 min

Preciso cursar faculdade de Engenharia para ser bombeiro?

por Redação 360 | 22/04/2022 | Atualizado em 23/11/2022
Engenharia 360

De acordo com pesquisas, o Corpo de Bombeiros é a instituição considerada pela população brasileira como a mais confiável do nosso país. E de quem é o mérito? Bem, certamente dos seus prestadores de serviços, os bombeiros! Esse grupo profissional realmente merece muito respeito, pois tem um papel fundamental no auxílio às pessoas em situações de insegurança, como em incêndios, afogamentos, acidentes de carros ou queda de escombros. Ele faz primeiros socorros; se envolve em ações educativas; ações de prevenção em áreas de risco, combates a incêndios florestais e urbanos e no resgate de vidas em desastres naturais, em trânsito ou na água; além de projetos de prevenção social e projetos de acidentes em ambientes para públicos específicos – como de eventos ou shoppings centers.

engenharia bombeiro
Imagem reproduzida de Orientu

O que é preciso para se tornar um bombeiro?

A profissão de bombeiro civil é regulamentada pela Lei Federal nº11.901/2009. Se você é um civil e quer se tornar um oficial, precisará cumprir a formação de profissional. Esse tipo de instrução, com mais de 200 horas de aulas práticas e teóricas, é passada em escolas credenciadas ao Corpo de Bombeiros do seu estado. Passando em todas as etapas do curso, receberá um certificado. E, em menos de 30 dias, será feito o credenciamento oficial para poder atuar na área.

Mas atenção para realizar este treinamento profissional, pois é preciso ter mais de 18 anos, concluído o Ensino Fundamental e apresentar um atestado médico que comprove aptidão para exercer as atividades de um bombeiro. E se o seu interesse for seguir em direção a níveis hierárquicos mais altos, como trabalhar como militar com o Ministério da Defesa, tem que provar que é brasileiro nato ou naturalizado; ter entre 18 e 30 anos de idade; estar quite com o serviço militar; estar em dia com as obrigações eleitorais; não ter antecedentes criminais; e ter diploma de Ensino Superior.

Exato! Para ser um oficial, você precisará de coragem, agilidade, força, versatilidade, persistência, resistência, paciência, idoneidade, ser observador, saber trabalhar em equipe e ter conhecimento técnico. E ainda, para ser um bombeiro militar, ter diploma de Ensino Superior – que pode ser em Engenharia.

engenharia bombeiro
Imagem reproduzida de WR Fire Tech

Processo seletivo para bombeiro militar

Para fazer parte do Corpo de Bombeiros, você precisará passar por um concurso público, divulgado em sites oficiais – como da Polícia Militar -, no Diário Oficial e em portais de imprensa. Na verdade, em certos editais, o candidato precisa inicialmente incorporar o Corpo Policial. Depois disso, o concurso costuma seguir quatro fases. A primeira é uma prova de conhecimentos gerais, específicos e uma redação. Depois, existe um procedimento de avaliação física. Investigação social, com algumas verificações. E, por fim, avaliação médica.

Veja Também: Incêndios: conheça o sistema passivo de revestimento contra fogo para obras

Que tipo de Ensino Superior fazer para trabalhar como bombeiro?

Em um curso básico para bombeiro, são ensinadas técnicas de primeiros socorros, combate a incêndios, entre outras atividades cotidianas dos bombeiros. Se você for assumir um nível básico, deverá saber combater o fogo. Se for ser líder, deverá ser formado como técnico em prevenção e combate a incêndio, ao nível de Ensino Médio, e ainda trabalhar como comandante de guarnição em outros horários. E se for ser um bombeiro mestre, responsável pelo Departamento de Prevenção e Combate a Incêndio, deverá ser formado em Engenharia com especialização em prevenção e combate a incêndio.

Então, pelo que se entende, ter uma formação superior e, na sequência, aprofundar o conhecimento, só ajuda o bombeiro a alcançar novas posições no mercado de trabalho. Mas é nesse momento que você deve estar se perguntando: “Mas que faculdades de Engenharia serviriam para quem quer ser bombeiro, como eu?”. Bem, Engenharia Civil, Elétrica e Segurança do Trabalho, por exemplo!

engenharia bombeiro
Imagem reproduzida de EaDBook

Veja Também: Entenda qual o papel da Engenharia de Combate a Incêndios na Construção Civil

Opções de especialização para fazer na sequência

Após concluir a sua formação superior, o ideal é fazer cursos de especialização. Aliás, em alguns centros de formação de bombeiros civis já é possível encontrar alguns cursos ótimos, como de resgate e segurança. Mas você pode buscar opções na área sanitária, química, hidráulica, florestal, de estruturas, estradas, logística, mecânica, elétrica, resistência dos materiais, segurança, e além.


O Engenharia 360 tem muito mais a compartilhar com você! Confira ao webstories a seguir!


Fontes: Bombeiros – CE, Guia da Carreira, Quero Bolsa.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo