Engenharia 360

Turbinas eólicas sem pás conseguiriam gerar energia?

Engenharia 360
por Redação 360
| 30/09/2022 | Atualizado em 03/10/2022 3 min

Turbinas eólicas sem pás conseguiriam gerar energia?

por Redação 360 | 30/09/2022 | Atualizado em 03/10/2022
Engenharia 360

Soluções para geração de energia limpa são cada vez mais requisitadas. É que as pessoas já entenderam as suas vantagens. Inclusive, por conta disso, os cientistas estão aprofundando as suas pesquisas e lançando novas propostas, por exemplo, para turbinas eólicas – até mesmo fora do convencional. O que você pensaria de turbinas sem pás, engrenagens, freios, rolamentos ou eixos? Será que estas novas tecnologias funcionam mesmo para a geração de energia?

Turbina Vortex Bladeless

Este é o primeiro exemplo de turbina eólica sem pá que o Engenharia 360 trouxe para este texto, capaz de gerar energia 30% mais barata do que as turbinas com “cata-ventos”. Esse protótipo estudado por engenheiros espanhóis, financiado pela União Europeia e batizado de Vortex Bladeless, tem 85 cm de altura, sendo composto por cilindros oscilantes que, ao invés de “coletarem” vento, vibram quando expostos.

turbinas eólicas sem pás
Imagem reproduzida de Portal Ekko Green

Esta turbina foi pensada para aplicação em cidades e residências comuns. Ou seja, as pessoas poderiam colher vento facilmente sobre seus telhados ou através de jardins e parques. A instalação do aparato é fácil; por ser leve e ter o centro de gravidade mais próximo do solo, os requisitos de ancoragem ou fundação foram reduzidos significativamente em comparação com as turbinas comuns. E a melhor parte é que o design da sua engenharia, com menos partes móveis, possuiria um menor desgaste pelo atrito, diminuindo a necessidade de manutenções.

turbinas eólicas sem pás
Imagem reproduzida de vortexbladeless
turbinas eólicas sem pás
Imagem reproduzida de hydrogenfuelnews

Nesse caso, quando o ar passa ao redor da estrutura, não há geração de ruídos e não há comprometimento da sua estabilidade, fora a redução do impacto visual e sobre a vida natural. Toda oscilação do cilindro – que é feito de fibra de vidro e de carbono – é convertida em eletricidade por um alternador localizado na base do poste. E é aí que cai por terra a teoria de que só as turbinas eólicas convencionais é que podem ter um desempenho aerodinâmico positivo.

turbinas eólicas sem pás
Imagem reproduzida de Twitter Vortex Bladeless Wind Power

Turbina PowerPod

Mais outro exemplo de design de turbina eólica sem pás para geração de energia renovável para telhados e muros de residências no mundo. A PowerPod foi projetada pela startup americana Halcium, de Salt Lake City. Ela é portátil, tem custo relativamente baixo, alta eficiência e pode ser usada em áreas com menos de 300 dias de sol por ano, com potencial de três vezes mais energia do que uma turbina convencional – mesmo o modelo de 1 kW -, e ainda pode ser ligada a sistemas solares.

turbinas eólicas sem pás
Imagem reproduzida de Portal Ekko Green

A tecnologia funciona assim: o fluxo de ar, passado na parte externa da bainha – seja em qualquer direção que for, já que o equipamento não tem pás -, é concentrado em uma lâmina circular dentro do equipamento. Por conta do seu design, tente girar mais veloz, reduzindo a necessidade de ser instalado em postes altos, por exemplo, que são estruturas caras. E por conta de seu sistema, diminui a dependência de rede elétrica comercial.

turbinas eólicas sem pás
Imagem reproduzida de Intelligent Living

Veja Também: Conheça a matriz de turbinas eólicas flutuantes mais potente do mundo


Fontes: TecMundo, Click Petróleo e Gás.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo