Engenharia 360

James Webb: Transformando Cirurgias Oculares com Tecnologia Espacial

Engenharia 360
por Redação 360
| 23/05/2023 | Atualizado em 02/06/2023 4 min
Imagem de wirestock em Freepik

James Webb: Transformando Cirurgias Oculares com Tecnologia Espacial

por Redação 360 | 23/05/2023 | Atualizado em 02/06/2023
Imagem de wirestock em Freepik
Engenharia 360

A engenharia espacial está transformando a área da medicina, em particular a cirurgia ocular. O Telescópio Espacial James Webb (JWST) e sua tecnologia de medição estão sendo aplicados para aprimorar a precisão da cirurgia ocular a laser (LASIK). Essa interseção entre a ciência espacial e a medicina está melhorando a qualidade de vida das pessoas, demonstrando o valor da pesquisa espacial na saúde humana. Neste texto do Engenharia 360, exploraremos como a tecnologia do JWST está revolucionando as cirurgias oculares.

Veja Também: Não pode ser! Estamos interpretando dados do Telescópio James Webb errado?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Qual o valor da pesquisa espacial além da exploração do universo?

A tecnologia desenvolvida para a exploração espacial pode ser aplicada em várias áreas para beneficiar diretamente os seres humanos. São exemplos:

  • Desenvolvimento de tecnologias de comunicação por satélite que melhoram a conectividade global e possibilitam avanços em telemedicina, educação à distância e previsão meteorológica.
  • Uso de satélites para fornecer informações sobre desastres naturais e auxiliar na navegação.
  • Contribuição para o desenvolvimento de materiais avançados e tecnologias inovadoras, impulsionando avanços na engenharia e em diversos setores como transporte, energia, medicina e segurança.
  • Contribuição para a compreensão do nosso planeta, por meio de satélites de observação terrestre que fornecem informações valiosas sobre mudanças climáticas, monitoramento de recursos naturais, previsão de desastres naturais, mapeamento do terreno e monitoramento da saúde dos ecossistemas.
  • Utilização de dados coletados para tomar decisões informadas em áreas como agricultura, conservação ambiental e planejamento urbano.

Como os espelhos do Telescópio James Webb são construídos e testados?

Os espelhos do Telescópio Espacial James Webb (JWST) são construídos por meio de medições rigorosas, moagem, polimento e testes. O espelho primário do JWST é composto por 18 segmentos separados, que devem ser perfeitamente lisos, planos e sem arranhões para fornecer imagens impecáveis de objetos astronômicos distantes. Cada espelho é medido independentemente e passa por mudanças de forma à medida que esfria e em ambientes de 0-gravidade, levando tudo isso em consideração para garantir o funcionamento adequado dos espelhos em conjunto.

Telescópio James Webb
Imagem reprodução NASA, Chris Gunn, via Olhar Digital

Sensor Scanning Shack Hartmann

O sensor Scanning Shack Hartmann desempenha um papel importante no desenvolvimento dos espelhos do JWST. Esse sistema, desenvolvido pela empresa WaveFront Sciences em colaboração com a NASA, permite a medição de superfícies com alta resolução. Utilizando algoritmos, o sensor Scanning Shack Hartmann detecta desvios nos espelhos do JWST durante o processo de moagem e polimento. Essa tecnologia foi incorporada em um produto comercial capaz de diagnosticar condições oculares específicas mapeando o olho.

Assim, o sensor Scanning Shack Hartmann contribuiu para o desenvolvimento dos espelhos do JWST, garantindo que eles atendessem aos requisitos de precisão necessários para capturar luz de mais de 13 bilhões de anos atrás.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Telescópio James Webb
Instrumento de Infravermelho Médio (MIRI) do James Webb | Imagem reprodução NASA, JPL-Caltech, via Olhar Digital

Como os espelhos do Telescópio James Webb estão ajudando a melhorar as cirurgias oculares?

Recentemente, os cientistas conseguiram utilizar a tecnologia adaptada do sensor Scanning Shack Hartmann para uso na medicina, permitindo diagnósticos mais precisos e contribuindo para o aprimoramento da cirurgia ocular a laser LASIK.

Telescópio James Webb
Imagem reprodução NASA, via Space Today

Explicando melhor, esse sensor permite a medição de superfícies com alta resolução, e seus algoritmos foram incorporados em um produto comercial pela WaveFront Sciences. Esse produto é utilizado na cirurgia LASIK para mapear imperfeições oculares, proporcionando medições precisas do olho e permitindo uma correção ocular mais segura e precisa, com base em mais de 1.200 medições.

Telescópio James Webb
Imagem reprodução NASA, via Olhar Digital

Agora, essa tecnologia será amplamente implementada em cirurgias LASIK em todo o mundo, melhorando a qualidade de vida de milhões de pessoas. Em suma, a tecnologia desenvolvida para a exploração espacial, como os espelhos do JWST e o sensor Scanning Shack Hartmann, está sendo aplicada na medicina, especificamente na cirurgia ocular LASIK, para melhorar a precisão e os resultados desses procedimentos.

Veja Também: Telescópio Espacial James Webb: a Engenharia por trás das imagens capturadas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quantas cirurgias LASIK foram bem-sucedidas graças à tecnologia espacial?

A cirurgia LASIK é um procedimento que pode ser usado por médicos para corrigir imperfeições na visão, como miopia, hipermetropia e astigmatismo.

Telescópio James Webb
Imagem reprodução Johnson & Johnson, via Space Today

Anteriormente, a correção era baseada em testes de prescrição de óculos limitados. No entanto, com a tecnologia derivada dos espelhos do JWST, a cirurgia LASIK agora pode se basear em mais de 1.200 medições do olho de um indivíduo, proporcionando uma correção ocular mais precisa e segura.

Até o momento, mais de 18 milhões de cirurgias LASIK bem-sucedidas foram realizadas em todo o mundo com o auxílio dessa tecnologia. Isso demonstra como a pesquisa espacial pode trazer benefícios tangíveis e impactantes para a medicina.

Veja Também:


Fontes: Space Today.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo