Engenharia 360

Conheça a tecnologia para bicicletas elétricas que dispensa o uso de correntes

Engenharia 360
por Luan Rodrigues
| 01/10/2021 | Atualizado à 2 dias 3 min

A Schaeffler e a Heinzmann apresentam a Free Drive, com inovador acionamento para bicicletas elétricas sem a utilização de corrente na transmissão.

Conheça a tecnologia para bicicletas elétricas que dispensa o uso de correntes

por Luan Rodrigues | 01/10/2021 | Atualizado à 2 dias

A Schaeffler e a Heinzmann apresentam a Free Drive, com inovador acionamento para bicicletas elétricas sem a utilização de corrente na transmissão.

Engenharia 360

A empresa alemã Schaeffler, uma das líderes no mercado de movimento e mobilidade nos setores automotivo e industrial, se juntou com a especialista em acionamento elétrico Heinzmann. Juntas, elas apresentaram, esse ano, sua mais nova tecnologia Bike-by-wire. A Free Drive vem como uma solução inovadora de acionamento das bicicletas elétricas sem a utilização de corrente na transmissão!

Pedal elétrico
Pedal gerador | Imagem: Schaeffler.com

Como funciona a Free Drive?

A transmissão da Free Drive é totalmente elétrica. Seu pedal é responsável por acionar um gerador que converte a energia mecânica em elétrica e, que por sua vez, alimenta um motor no cubo da roda. Nesse caso, a energia excedente é armazenada em sua bateria para utilização em cargas mais pesadas – como em subidas, por exemplo. O sistema também possui frenagem regenerativa onde o movimento do motor, quando não é acelerado, é utilizado para auxiliar no carregamento das baterias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa construção permite que a força aplicada nos pedais seja constante. O equilíbrio com a energia armazenada nas baterias dá uma sensação de pedalada mais livre, independente das subidas. Também fica a critério do ciclista variar a força aplicada, gerando mais ou menos energia elétrica. Além disso, a bike pode ser carregada na tomada também!

Ao mesmo tempo, a diminuição de componentes mecânicos também confere ao Free Drive um menor custo de operação e manutenção. Seus componentes sofrem menos desgastes por atrito com os periféricos, como ocorrem em transmissões por corrente e redutores.

Pedal gerador
Gerador | Imagem: electrek.co

Potência e eficiência

O sistema da Free Drive também gera uma saída contínua de 250 W no motor – o limite de potência para bicicletas elétricas na Alemanha. Porém, como uma transmissão de energia nunca é perfeita, a conversão da mesma nesta bike tem uma perda de eficiência que chega a 5% menos que as transmissões à corrente. Mas claro que a eficiência não era o objetivo principal da empresa e sim as possibilidades de layout!

Liberdade no design da e-bike

Tal tecnologia também pode ser aplicada em modelos de três ou até quatro rodas, o que torna o layout da estrutura complicado quando a transmissão é feita através de correntes, reduções mecânicas e engrenagens. Portanto, a tecnologia garante uma liberdade maior para os projetistas serem mais criativos e fornece o máximo de flexibilidade no desenvolvimento da estrutura das bikes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Independente de o sistema ser usado em aplicações de 2, 3 ou 4 rodas, a ausência de uma conexão mecânica entre o gerador e o motor significa que o Free Drive pode fornecer o máximo de flexibilidade na arquitetura da bicicleta e uma sensação de pedalar livremente configurável, feito sob medida para os requisitos da bicicleta e as necessidades do ciclista, garantindo ao mesmo tempo um desgaste mínimo.”

– Dr. Jochen Schröder, presidente da Divisão de E-Mobility.

Conte-nos para nós, nos comentários, se essa tecnologia lhe ajudaria no dia-a-dia!


Fontes: Electrek, Olhar digital, Schaeffler.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Engenharia 360

Luan Rodrigues

Engenheiro eletricista e MBA em engenharia e gestão de energias renováveis. Fanático por filmes, música e tecnologia.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo