Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Como assim? Dispositivo propõe que usuário sonhe acordado (e ainda consiga controlar o sonho)

por Bernardo Lopes Frizero | 15/08/2017
Copiado!

Primeiro você está voando em um dragão por cima de uma floresta. Depois, você está frente a frente com sua celebridade favorita. Em seguida, você está falando com um parente que já se foi há muito tempo. E então você acorda!
O que o dispositivo LucidCatcher propõe para o usuário é bastante inusitado: sonhar acordado e ainda poder controlar absolutamente tudo o que acontece dentro deste sonho. Imagine que você possa se sentir em um sonho como você se sente em sua vida diária, mas de uma maneira muito mais prazerosa”, diz Maryna Vermishian, diretora de operações da Luciding, a empresa por trás do LucidCatcher. “Você pode viajar, você pode voar, você pode fazer qualquer coisa!”

+Como funciona

O LucidCatcher usa pulsos elétricos de baixa potência, ou estimulação elétrica transcraniana, para provocar sonhos lúcidos enquanto o usuário está em sono REM profundo.
A tecnologia foi desenvolvida em conjunto com pesquisadores de Rússia e a empresa tem atualmente investidores de Kiev, Moscou, São Francisco e Montevidéu.

Crédito: Hypeness

Comparado a um sonho normal, o sonho lúcido dá ao usuário a oportunidade de “acordar” ou tornar-se consciente dentro de um sonho. 

Em alguns casos, esta consciência dá ao sonhador a capacidade de influenciar no enredo, personagens ou eventos do sonho. Esse poder faz do sonho lúcido algo impressionante, como um jogo de vídeo sem regras, um filme onde o sonhador é ator e diretor de efeitos especiais.
É por isso, inclusive, que inúmeras empresas de tecnologia wearable querem fazer do sonho lúcido o próximo passo na evolução humana e tecnológica e já investem nesse novo ramo tecnológico.
Em um de seus próprios sonhos, Vermishian diz que ela estava na lua patinando sobre chamas. “Quando eu acordei eu estava tão animada que minhas mãos estavam tremendo“, diz ela.

Crédito: Hypeness

+Saiba mais

Ao longo de sua carreira, Hobson, um dos desenvolvedores do LucidCatcher, diz que viu reclamações de inúmeros dispositivos reivindicando para aproveitar o poder do sonho lúcido. Para se ter uma ideia, a Aurora, uma empresa do ramo, levantou quase US$ 240.000 na plataforma de crowdfunding Kickstarter – US$150.000 a mais do que seu objetivo, enquanto uma rápida pesquisa online traz dezenas dispositivos semelhantes.
Hobson ainda sugere uma analogia igualmente eficaz a uma pessoa cutucando seu parceiro durante o sono e como isso pode interfere diretamente no desencadear do seu sonho.
Médicos e pesquisadores já se inscreveram para comprar a tecnologia, juntamente com hotéis e companhias aéreas que querem oferecer a experiência de sonhos lúcidos como um privilégio. “As pessoas parecem esquecer que estamos a falar de sonhos aqui, um processo totalmente natural”, completou Hobson defendendo o prosseguimento do desenvolvimento do dispositivo.
Fonte: Good

Copiado!

Comentários