Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Sistema de blocos automontável reduz gastos e tempo de construção

por Clara Ribeiro | 28/10/2016
Copiado!

O mexicanos estão colocando a mão na massa para solucionar problemas de habitação nas regiões mais pobres do país. Eles têm criado novos meios para otimizar as construções e, claro, barateá-las. Um dos casos são as casas feitas como resíduos plásticos, desenvolvidas por dois empreendedores do país.
Agora, surgiu um novo sistema de blocos de concreto, como uma maneira de adaptar materiais inteligentes a qualquer tipo de construção e necessidade do setor. Os responsáveis são Juan Manuel Reyes da Armados Omega e o arquiteto Jorge Capistrán.
sistema de blocos méxico blog da engenharia
Eles elaboraram um produto de baixo custo e com capacidade de reduzir em 50% o tempo de construção. Trata-se de um simples módulo de blocos que não necessita do uso de misturas aglutinantes ou mão de obra especializada.
Esse módulo ganhou o nome de Block ARMO e teve sua produção anunciada no fim de 2015, quando Juan Manuel Reyes contou que o objetivo da empresa era “conceber novos sistemas construtivos para ajudar a sociedade mexicana, atendendo a demanda existente por habitações dignas.”
sistema de blocos simples blog da engenharia
O processo de fabricação dos blocos também ganha a presença de itens de reciclagem. São utilizados métodos de produção à base de madeira reciclada e o consumo de água é bem baixo se comparado a outros sistemas. A equipe tem interesse em continuar esse projeto em si, mas criar e comercializar outros para facilitar a autoconstrução, atendendo diferentes necessidades.
A sustentação das peças, que são automontáveis, acontece ao passar uma haste a cada 80 centímetros, sem precisar colocar argamassa especial. É formada assim, uma estrutura que pode receber as instalações sem nenhum problema.
sistema de blocos blog da engenharia
Além de ser mais barato e com um tempo reduzido de execução, esse tipo de construção não exige uma capacitação muito específica. A ideia é que seja muito simples e descomplicado, para fazer valer todos os seus diferenciais.
O que você achou da novidade? Acha que daria certo nos projetos habitacionais do Brasil?
Fonte: ArchDaily | Fotos: Divulgação

Copiado!
Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.

Comentários