Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Pesquisadores desenvolvem refrigerador quântico que pode atingir o zero absoluto

Engenharia 360

2 min

POR Larissa Fereguetti 11/06/2019

Recentemente, nós falamos sobre os cientistas que quebraram o recorde de temperatura de supercondutor. Agora, os pesquisadores foram além e planejaram um refrigerador quântico que é capaz de resfriar átomos a temperaturas que são praticamente o zero absoluto, permitindo obter a supercondutividade.

Entenda a pesquisa do refrigerador quântico

Basicamente, os pesquisadores conseguiram idealizar uma super geladeira que é tão potente, mas tão potente, que pode resfriar átomos até o zero absoluto, de modo que eles atinjam o estado quântico, no qual possuem propriedades que rompem a barreira da física clássica. Nesse sentido, paramos de ver tudo com as fórmulas de Newton (e outros da mecânica clássica) e devemos enxergar com uma visão do que foi proposto por Einstein (e outros).

Eles acreditam que todos os metais podem ser supercondutores se forem resfriados o suficiente (até a sua temperatura crítica). O fenômeno da transição de fase é quando essa temperatura é atingida e ele ocorre de forma mais abrupta.

refrigerador quântico
Imagem: techexplorist.com

O princípio do refrigerador quântico é o mesmo de um refrigerador qualquer: ele permite o resfriamento. No convencional, quando um líquido refrigerante passa por uma válvula de expansão, a pressão e temperatura diminuem. Esse líquido retira calor do que está dentro da geladeira e, no final do processo, irradia calor para o ambiente (por isso que é quente atrás da geladeira”).

No refrigerador supercondutor, por outro lado, o processo é semelhante ao convencional. No entanto, no lugar do refrigerante, os elétrons em um metal é que mudam so estado supercondutor emparelhado para um estado normal não pareado.

refrigerador quântico
Imagem: sciencephoto.com

Será possível, com esse refrigerador, facilitar e melhorar o desempenho de sensores e circuitos de computadores quânticos e armazenar qubits, por exemplo. Tal fato representa um grande passo para a computação quântica. Além disso, ele pode ser usado para a melhora nas imagens de tecidos profundos por meio de ressonância magnética.

Referências: Science Daily; Interesting Engineering.

VEJA TAMBÉM

9 Resultados
Engenharia 360 no 2019 Lisbon Investment Summit
E se uma máquina falasse por você? Tecnologia traduz sinais cerebrais em fala
O futuro com VR e AR: o que esperar dessas tecnologias?
Cataki: “Tinder de reciclagem” faz sucesso e muda a vida de vários brasileiros
Cientistas desenvolvem liga de ferro com eficiência energética
Depressão na Engenharia: é hora de falar sobre o assunto!
Quanto agrotóxico tem na sua água? Os números são assustadores!
Pesquisadores realizam a impressão 3D de coração a partir de tecido biológico
Como um jogo pode ajudar a reconstruir Notre Dame?
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

9 Resultados
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post