Engenharia 360

Redução de tributos na conta de luz incentiva produção de energia

Imagem padrão usuário
por Luciana Reis
| 26/10/2015 2 min

Redução de tributos na conta de luz incentiva produção de energia

por Luciana Reis | 26/10/2015
Engenharia 360

O governo federal anunciou no início deste mês a não incidência de PIS-Cofins na conta de luz para os usuários que produzem a sua própria energia elétrica através de painéis solares ou aerogeradores. Esta medida é um incentivo à energia solar no Brasil, país com grande capacidade de produção deste tipo de energia devido à forte incidência da luz do sol.

Imagem: Ambiente e Energia

Imagem: Ambiente e Energia



O PIS e Cofins são tributos federais, o primeiro é destinado ao financiamento do programa de seguro-desemprego e o segundo é voltado às despesas em áreas como saúde e previdência social. A medida foi anunciada após a redução do ICMS, o Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços, tributo estadual também incidente sobre a conta de luz. Em abril deste ano, o Conselho Nacional de Política Fazendária (ConFaz) determinou alteração no convênio deste tributo, e a partir de então os Estados podem optar pela isenção do mesmo.
O ICMS já era isento desde 2012 em Minas Gerais, o que é apontado como um dos motivos para o crescimento dos projetos de geração de energia solar na localidade. São Paulo, Pernambuco e Goiás também adotaram a isenção do tributo estadual, o que indica uma predisposição ao incentivo de energias renováveis.
A isenção do PIS-Cofins é mais um estímulo à produção de energia solar e uma economia para quem já produz a própria energia elétrica, uma vez que, com os tributos o usuário perdia para o governo valores equivalentes a 30% do que era produzido em energia elétrica.
Imagem: CBN Santos

Imagem: CBN Santos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Em abril de 2012, a Agência Nacional de Energia Elétrica, a ANEEL, já havia publicado a resolução normativa 482, que estabelece as condições gerais de micro e minigeração de energia elétrica pelos usuários.
A produção de energia elétrica através do aproveitamento da luz solar é uma alternativa tanto de preservação dos recursos naturais, como de redução dos gastos em tempos de crise econômica. Esperam-se também medidas que tornem mais viável a compra de painéis solares, com a desoneração de tributos dos equipamentos utilizados.
Referências: Catraca Livre, Diário de Pernambuco, EnerSolar Brasil, Greenpeace

Comentários

Imagem padrão usuário

Luciana Reis

Formada em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, com experiência como jornalista freelancer na produção de conteúdo para revistas e blogs.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo