Engenharia 360

Rebites, parafusos e chavetas: como escolher e dimensionar corretamente?

Engenharia 360
por Mauricio da Silva
| 11/01/2023 | Atualizado em 26/03/2023 4 min
Imagem reproduzida de MAGO DE CASA

Rebites, parafusos e chavetas: como escolher e dimensionar corretamente?

por Mauricio da Silva | 11/01/2023 | Atualizado em 26/03/2023
Imagem reproduzida de MAGO DE CASA
Engenharia 360

Uma das tarefas de engenheiros e projetistas durante projetos, é dimensionar os elementos de fixação - que no caso são os rebites, parafusos, chavetas e afins. Mas o que são eles? Bem, falando de um modo simples, os elementos de fixação são componentes que servem para unir peças, garantindo a fixação delas de maneira segura e confiável, possibilitando a montagem.

Imagem de rebites de repuxo
Imagem reproduzida de Loja Brafer
Imagem de parafusos
Imagem reproduzida de Soluções Industriais

Na imagem acima temos um rebite de repuxo, utilizado para unir peças de metal. E embaixo, temos parafusos de cabeça chata, utilizados principalmente em áreas aparentes, que requerem um acabamento mais refinado. Confira!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que são parafusos?

São peças em formato cônico ou cilíndrico, feitas de materiais resistentes como, por exemplo: metais, PVC, plástico, etc. A estrutura do parafuso é feita em uma haste em espiral contínua com vãos ao longo de sua parte externa e uma base superior (cabeça) de fixação (há parafusos sem cabeça).

tipos de parafusos
Imagem de Pixabay

Como dimensionar parafusos?

Primeiro determinamos as forças sobre as quais ele estará sujeito, se ele sofrerá alguma carga, usando a seguinte expressão:

FORÇA = TENSÃO * ÁREA

Tensão é o limite de resistência à tração do parafuso, conforme a norma do fabricante.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Área é o diâmetro interno do parafuso (descontando os filetes de rosca), definida da seguinte forma: 

Cálculo do diâmetro
Imagem reproduzida do canal "Repuxando"

Legenda:

  • d1 = Diâmetro interno
  • D = Diâmetro externo
  • P = Passo da rosca
  • 1,28 = Altura dos filetes

Como dimensionar rebites?

Primeiro vamos à definição: rebites são, basicamente, elementos fixadores utilizados para unir duas ou mais peças permanentemente.

Para se especificar o rebite adequado, é necessário saber qual o material do rebite e da chapa que se pretende unir; se o tipo de cabeça está adequado à função; o diâmetro do corpo e o cumprimento útil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O comprimento útil do rebite corresponde à parte do corpo que formará a união. A parte que fica fora da união é chamada de sobra necessária, sendo utilizada para formar a outra cabeça do rebite.

Na especificação do rebite, é importante saber qual será o comprimento útil e a sobra necessária. Assim leva-se em conta o diâmetro do rebite, o tipo de cabeça a ser formado e o modo de fixação do rebite: a frio ou a quente.

Abaixo, temos um exemplo de como realizar a rebitagem a frio:

A saber, na rebitagem a quente, o rebite é aquecido por meio de fornos até que fique rubro. A rebitagem a quente é indicada para rebites com diâmetro superior a 6,35 mm, sendo aplicada principalmente em rebites de aço. abaixo temos mais um vídeo explicativo onde podemos ver esse tipo de rebitagem:

O que são e como dimensionar chavetas?

São elementos mecânicos que permitem a transmissão do movimento de um eixo para cubos como os de engrenagens e polias. São normalmente constituídas de aço com formas que variam de acordo com as características de trabalho e tipos de esforços.

As chavetas estão disponíveis em vários formatos. Cada uma tem suas características e vantagens próprias. Dependem de qual aplicação terão. Sendo elas: paralelas, de Woodruff, cunha encaixada, plana, meia-cana, tangenciais, embutidas e transversais.

Tipos de chavetas
Imagem reproduzida de Lure Engenharia

Para dimensioná-las, devemos considerar o material do eixo e o da chaveta, podemos fazer isso consultando uma tabela de propriedades dos materiais. Feito isso, também devemos considerar o diâmetro e rotação do eixo, o momento torsor, rendimento, tensão dos materiais e o coeficiente de segurança.

O vídeo do abaixo ajuda a explicar melhor a dimensionar as chavetas:

Veja Também: Quais são os tipos de parafusos que existem e quando usar cada um?

Então, gostou deste texto? Compartilhe a sua opinião conosco, na aba de comentários!


Fontes: Caio Fill

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Mauricio da Silva

Estudante de Engenharia Elétrica; Técnico em Eletrotécnica; além de possuir conhecimentos em Elétrica Industrial e Residencial.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo