Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Por que é tão difícil conseguir o primeiro estágio?

por Matheus Felipe | 10/09/2020
Copiado!

O primeiro estágio é uma barreira para muitos estudantes e os motivos vão além do mercado.

Realizar um estágio é de extrema relevância para os estudantes de engenharia. Em sua futura profissão, o conhecimento adquirido em sala de aula é apenas uma parte de um todo que define o engenheiro, também é primordial que o profissional saiba aplicar tudo que foi estudado na faculdade. Dessa forma, os estágios são uma ótima alternativa para os alunos desenvolverem melhor a relação entre teoria e prática.

No entanto, conseguir o primeiro estágio pode ser uma tarefa bem complicada. Os motivos mais conhecidos que levam a esse problema são a baixa oferta de oportunidades dadas pelas empresas, a grande concorrência por essas vagas e a exigência de experiência na área. Mas nem sempre o problema está apenas no mercado, muitas vezes são os próprios estudantes que criam as barreiras entre o estágio.

Pensando nisso, analisei 3 fatores que dificultam a entrada dos estudantes de engenharia no seu primeiro estágio e dei algumas dicas para que você consiga superá-los. Então se liga aí!

Insegurança

Engenheiro na obra sentado em escada estressado
Imagem: freepik.com

É intrínseco do ser humano o medo de começar algo novo. Aquela insegurança de não saber se vai dar certo, se realmente é a melhor escolha e o melhor momento. São sentimentos normais em qualquer pessoa e para os estudantes de engenharia não é diferente.

Iniciar um estágio acarreta mudanças significativas no cotidiano, principalmente, em relação ao tempo. Os dias ficarão muito mais corridos, talvez seus horários de estudo tenham que ser realocados para os finais de semana ou até as madrugadas. Com isso, surge o grande medo de não conseguir se dedicar o suficiente nas matérias da faculdade, tirar notas baixas e acabar reprovando.

Além disso, o sentimento de incapacidade também pode te bloquear de alcançar o estágio. A maioria dos estudantes, quando entram na faculdade, ainda não tiveram contato direto com a engenharia na prática. Essa distância traz a insegurança de não ser capaz de realizar as atividades solicitadas no estágio, o medo de errar e de sofrer consequências pelos erros.

O importante neste caso é sempre ter em mente que o principal papel do estagiário na empresa é aprender. E, durante qualquer aprendizado, erros são comuns e serão fundamentais no crescimento do estagiário dentro da empresa. Só assim o aluno conseguirá ser útil para a empresa. Afinal, o estágio é uma via de mão dupla, onde a empresa ajuda o estagiário e, por sua vez, o estagiário ajuda a empresa.

Falta de formação complementar

Jovem negra de óculos estudando na biblioteca usando um notebook branco, representando aluna estudando para conseguir estágio
Imagem: freepik.com

Um erro muito comum entre os estudantes é se limitar ao que é ensinado dentro de sala de aula. Independente se a faculdade é pública ou particular, se tem 3 ou 8 horas de aula por dia, os conteúdos repassados pelos professores não são suficientes para a formação.

Aliado a isso, temos um mercado de trabalho e de estágio na engenharia cada vez mais competitivo. As grandes oportunidades são escassas e a concorrência é enorme, por isso, se destacar em meio aos demais é fundamental. Um dos requisitos que as empresas sempre levam em consideração é a experiência de atuação na área, mas para quem está em busca do primeiro estágio, experiência pode não ser o ponto forte.

Diante disso, uma das melhores maneiras de se sobressair é buscando formações complementares, como a realização de cursos, pesquisas científicas, apresentação de trabalhos em congressos, publicações de artigos, monitorias, entre outros. A participação em cargos dos centros acadêmicos, empresas júnior e ligas acadêmicas também podem contar pontos a favor.

A regra é clara: se as oportunidades não são tão frequentes e a concorrência é grande, se faz necessário estar preparado para aproveitar quando uma vaga surgir.

Pouco networking

É comum vermos pessoas conquistando vagas pelo famoso “QI” (Quem Indica). No entanto, isso às vezes gera grande revolta, principalmente daqueles que não possuem indicação. Mas a verdade é que o “QI” pode ser muito bom, tanto para empresa quanto para o candidato. E um erro dos estudantes é não tentar ser esse candidato indicado.

Por mais que os processos de seleção têm sido cada vez mais criteriosos e eficientes, com entrevistas, testes de personalidade e de conhecimento, é impossível para a empresa contratante concluir, com 100% de certeza, quem é o candidato ideal para ocupar a vaga de estagiário. Sendo assim, receber a indicação vinda de alguém de confiança da empresa vale muito na seleção.

mãos juntas em cima de uma estação de trabalho
Imagem: freepik.com

E para o estudante que quer ser o candidato com indicação, o grande segredo é o networking. Uma frase bem conhecida dos negócios diz que “só é lembrado quem é visto”, ou seja, é preciso estar em contato de alguma forma com as empresas para ser lembrado no momento das seleções.

Há muitas maneiras de manter esse contato através do networking. Como, por exemplo, participar de eventos dentro e fora da faculdade, marcar presença nas redes sociais das empresas e, também, manter sempre um diálogo com seus professores, pois eles podem te ajudar muito nessa parte.

Conclusão

O estágio é uma das melhores oportunidades de aprendizado dos estudantes de engenharia. É por meio deles que se coloca em prática os conteúdos vistos em sala de aula, servindo como preparo para o mercado de trabalho, além de ajudar o estudante a definir em qual área da engenharia irá atuar como profissional.

Mas conseguir o estágio, especialmente o primeiro, pode demorar um pouco e demandar um grande esforço. Os motivos vão desde o mercado saturado, com poucas oportunidades e grande concorrência, até os bloqueios citados acima, que os próprios estudantes criam e que os atrapalham na conquista da vaga.

No entanto, todos esses fatores podem ser superados pelos estudantes. Seguindo as dicas dadas no texto é possível driblar as dificuldades do mercado, se destacar em meio aos demais e conseguir o tão esperado primeiro estágio na engenharia.

Quer mais dicas sobre estágio? Se liga nessas outras matérias:

Fontes: AltoQi, Blog da Engenharia Civil

Você já conseguiu seu primeiro estágio? Conte sua experiência aqui nos comentários.

Copiado!
Engenharia 360

Matheus Felipe

Engenheiro Civil em formação na UFMT. Criador do Gama Engenheiros (@gama.engenheiros), produtora de conteúdo digital. Pesquisador, redator, sonhador, apaixonado por futebol e engenharia. Seu propósito de vida é ajudar pessoas.

Comentários