Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Por que a água das piscinas olímpicas está verde?

por Fabio Doom | 12/08/2016
Copiado!

A atual polêmica dos Jogos do Rio de Janeiro é o ‘mistério’ da água verde em algumas piscinas olímpicas do Centro Aquático Maria Lenk. O fato intrigou muita gente, mas especialistas realizaram testes para assegurar que a coloração não oferece risco à saúde dos atletas. 

Depois de alguns problemas estruturais na vila dos competidores, suspeita de incêndio e poluição na Baía de Guanabara, um fato que chamou atenção do #Rio2016 foi a água verde das piscinas olímpicas. Tanto a imprensa brasileira quanto a mídia internacional repercutiram o caso e cobraram uma providência da organização dos jogos. Mas, afinal, o que aconteceu?

água verde piscinas olímpicas

A aparência estranha deixa qualquer um desconfiado

Água verde das piscinas olímpicas: eis a explicação!

Segundo a FINA (Federação Internacional de Natação), a explicação é o vazamento de produtos químicos usados para tratamento de água no reservatório que enche as piscinas. Com isso, o nível do pH mudou e causou a descoloração do azul para verde.
Mário Andrada, porta-voz do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, complementou a informação dizendo que uma proliferação inesperada de algas também contribuiu para o fato. Contudo, a comissão assegura que a água voltará ao tom normal nos próximos dias.
piscinas olímpicas com água verde
A explicação não deixou mergulhadores e profissionais seguros e, claro, rendeu críticas. Em entrevista ao Marshable, Ralph Riley, especialista do Grupo de Tratamento de Água de Piscinas (PWTAG), disse que ‘se a água está verde, é porque os produtos desinfetantes não tem sido suficientes para limpá-la’. Além disso, ele desaconselha o uso das piscinas olímpicas nessas condições.
Depois de vários testes, os responsáveis garantem que não há risco nenhum para a saúde dos atletas e que as modalidades podem ser realizadas sem problemas. Vale lembrar que nas piscinas afetadas são realizadas as provas de saltos ornamentais, nado sincronizado e pólo aquático, esportes com pouco espaço na transmissão televisiva.

Mesmo com testes feitos pelo Comitê de Medicina da FINA, muitos atletas ainda estão resistentes em competir em meio à água verde. Se apenas olhando já é estranho, imagina entrar nessas piscinas olímpicas, não é? Veja a aparência da água no vídeo feito por um jornalista italiano:


Atletas de todo o mundo disseram nunca terem visto algo assim antes. O assunto, claro, rendeu algumas piadas pela internet. Usuários do Twitter chegaram a especular se o personagem Shrek havia passado por ali.
Especialistas ainda levantaram outras hipóteses: a reação do cloro com um metal como o ferro, o que explicaria a mudança de cor de um dia para o outro (e pode ser resolvido com o tratamento químico adequado), a reação da urina (!) com o cloro ou problemas nos filtros. O diagnóstico definitivo deve surgir nos próximos dias, mas, de todo modo, o comitê olímpico assegurou que não existe risco e realizou testes de pH antes das provas. O local tem competições confirmadas até o dia 20.

Copiado!

Comentários