Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Piauí terá maior parque eólico e solar da América do Sul

por Gabriela Glette | 07/01/2021

O objetivo é gerar mais de 1.500 GWh por ano, evitando a emissão anual de mais de 860 mil toneladas de CO2.

O Brasil é um dos países com maior potencial de energia limpa do mundo e, de fato, vem investindo muito no setor. Prova disso é o novo empreendimento da empresa de energia Enel, que irá construir o maior parque eólico e solar da América do Sul no estado do Piauí.

vista aérea do parque eólico no piauí
Imagem: divulgação

Localizado nos municípios de Lagoa do Barro e São Gonçalo do Gurguéia, as usinas vão evitar a emissão de mais de dois milhões de toneladas de CO2 na atmosfera anualmente. A primeira etapa do projeto começou a operar ainda em 2020, quando a Usina São Gonçalo já gerava cerca de 475 MW. Agora, a primeira expansão do parque está sendo finalizada, deixando o Brasil à frente no quesito na América Latina.

vista aérea do parque eólico no piauí
Imagem: divulgação

O objetivo é alcançar 608 MW, que vai fazer com que o parque gere mais de 1.500 GWh por ano, evitando a emissão anual de mais de 860 mil toneladas de CO2. Além da energia eólica, o parque usa módulos solares bifaciais, que capturam energia solar de ambos os lados do painel.

linha de energia
Imagem: divulgação

Batizado de Lagoa dos Ventos, o parque eólico terá a imensa quantidade de 230 aerogeradores que, quando estão em pleno funcionamento, podem gerar mais de 3,3 TWh por ano! Graças a isso, o Brasil evitará a emissão de mais de 1,6 milhão de toneladas de CO2.

placas solares
Imagem: divulgação

Wilson Brandão, secretário de Estado da Mineração, Petróleo e Energias Renováveis, comemora: “Podemos dizer que, no ranking da eólica, o Piauí ocupa o quinto lugar entre os maiores produtores desse tipo de energia no Brasil, ficando atrás apenas da Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará e Rio Grande do Sul; quanto à energia solar, somos o terceiro, mas somos o estado que mais constrói e que tem o futuro mais promissor na potencialidade para geração dessa energia“.

Além de evitar as emissões de gás carbônico, no entanto, não podemos esquecer que as usinas também irão gerar milhares de empregos na região. De acordo com a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), o setor energético renovável pode gerar 29 milhões de empregos até 2030.

Fonte: Ciclo Vivo

Você já ouviu falar dessa usina? Comente!

Comentários

Imagem padrão usuário

Gabriela Glette

Jornalista e escritora, Gabriela já passou por grandes sites, como Hypeness e Razões para Acreditar, até que decidiu criar um que só falasse sobre coisas boas e inspirações - o Quokka Mag. Vive na França há mais de 3 anos e tem um gosto especial em falar sobre inovação e sustentabilidade.