Engenharia 360

Parques eólicos no oceano: saiba mais sobre a tecnologia offshore

Engenharia 360
por Beatriz Zanut Barros
| 14/10/2019 | Atualizado em 29/11/2023 3 min
Imagem de Freepik

Parques eólicos no oceano: saiba mais sobre a tecnologia offshore

por Beatriz Zanut Barros | 14/10/2019 | Atualizado em 29/11/2023
Imagem de Freepik
Engenharia 360

Nota: No final de novembro de 2023, data de atualização deste texto, a Câmara dos Deputados aprovou urgência para um projeto que estabelece um novo conjunto de regras para parques eólicos de usinas no mar (usinas eólicas offshores), que aproveitam o vento em alto-mar para gerar energia limpa e renovável, e o projeto visa a criar um marco legal para essa modalidade.

O relator enfatizou a importância da estabilidade jurídica para esse setor, enquanto críticos apontam que as emendas propostas podem gerar altos custos para os consumidores de energia, incluindo a ampliação de subsídios para diferentes fontes e mudanças na contratação de usinas térmicas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Os parques eólicos offshore são uma forma eficiente de produzir energia limpa no meio dos oceanos, sem consumir água e com potencial para impulsionar a economia regional. Essa tecnologia aproveita a força dos ventos em alto mar, onde há máxima intensidade e constância dos ventos. Saiba mais no texto a seguir, do Engenharia 360!

Parques eólicos no oceano: saiba mais sobre a tecnologia offshore
Imagem explicativa de uma usina Offshore

Veja Também:

Como a Energia Renovável ajuda no desenvolvimento de um país

Alerta energético: o fenômeno El Niño trará mudanças no valor da sua conta de energia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Qual é a vantagem de uma usina offshore?

Uma das principais vantagens das usinas offshore é a produção de energia limpa e ilimitada, sem causar poluição. Além disso, essas usinas têm uma capacidade de geração de energia duas vezes maior em comparação com as usinas tradicionais.

O impacto sonoro e visual é um fator crucial a ser considerado. As usinas tradicionais geralmente enfrentam resistência da população local devido ao seu impacto em áreas residenciais ou turísticas, como praias. As usinas offshore resolvem esse problema, pois são instaladas em alto mar, reduzindo significativamente o impacto sonoro e ambiental.

Parques eólicos
Imagem de Freepik

Qual é a desvantagem de parques eólicos no mar?

Entretanto, apesar de suas vantagens, as usinas offshore também têm desvantagens importantes a serem consideradas. Atualmente, essa tecnologia só pode ser instalada em águas rasas, longe da costa, o que limita sua viabilidade em muitas regiões. Isso explica a predominância dessas usinas no Norte da Europa, onde as águas são menos profundas e a aceitação é maior.

Outro ponto negativo é o alto custo associado à instalação e operação das usinas offshore. Essa tecnologia é cerca de 90% mais cara do que as usinas térmicas e até 50% mais cara do que as usinas nucleares. Esses custos elevados decorrem das dificuldades técnicas na instalação em alto mar e da integração do sistema à rede de transmissão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Parques eólicos
Imagem de wirestock em Freepik

Embora seja possível que, com o tempo, os custos das usinas offshore possam ser reduzidos à medida que a tecnologia avança e se torna mais acessível, a manutenção desses sistemas ainda continuará a ser um desafio significativo. Os altos custos de manutenção, devido à localização remota, podem levar as empresas a evitar pequenos reparos, afetando a eficiência e a vida útil das usinas.

Em resumo, as usinas eólicas offshore oferecem uma forma promissora de gerar energia limpa em alto mar, mas enfrentam desafios como custos elevados e restrições de localização. À medida que a tecnologia avança e as barreiras são superadas, espera-se que essas usinas desempenhem um papel crucial na transição para uma matriz energética mais sustentável.

Veja Também:


Fontes Iberdrola, Telegraph.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Beatriz Zanut Barros

Engenheira de Energia; formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie; com Mestrado em Energia Renovável pela Universitat Politècnica de Catalunya, em Barcelona; profissional no setor de armazenamento de energia com vasta experiência em expansão de sistemas de transmissão e análise de mercado de energia em países latino-americanos.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo