Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Como o origami está ajudando a desenvolver estruturas mais resistentes

por Simone Tagliani | 30/12/2020

Essa técnica usada para fazer brinquedos também aparece como solução de projetos de design, de prédios e mais.

Certamente, você já deve ter ouvido falar da famosa técnica oriental para dobraduras em papel, o origami. Mas sabia que há um jeito diferente de utilizar esta tradição, não apenas para a confecção de brinquedos ou ornamentos, mas servindo às artes plásticas e à moda? Há também a utilização do origami em Engenharia e Arquitetura, como possibilidade para criação de estruturas mais resistentes.

Clínica Majima, de DIG Architects
Clínica Majima, de DIG Architects (imagem de ArchDaily)

Um pouco de história: a origem da técnica do origami

Estima-se que a técnica do origami ou orikami tenha aproximadamente mil e quatrocentos anos, quando o papel passou a ser produzido no território japonês. Contudo, ela só chegou à América a partir do século XIX. Mesmo assim, só se pôde ver origami em Engenharia e Arquitetura de obras artísticas mais recentes. O termo significa justamente “dobrar” (“ori”), e “papel” (“kami”). Se no início era apenas uma dobradura para representar elementos cotidianos, hoje é uma dobradura para simular soluções mais avançadas para estruturas de móveis, edificações, pontes e muito mais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Interior edifício com cobertura origami
Interior edifício com cobertura origami (imagem de ArchDaily)
Interior edifício com design origami
Interior edifício com design origami (imagem de Flooxia)

Desde que a técnica atingiu seu auge de popularidade, com a publicação de um manual de instruções, em 1797, percebeu-se que não há limites para o tamanho e complexidade dos origamis. Tanto isto é verdade que muitos anos depois, em 1981, o designer Masahiro Chatani publicou uma tese chamada de “Arquitetura do Papel Dobrado”. Em seu trabalho, ele tenta incentivar outros profissionais da área a ilustrar os seus projetos com origamis – uma ideia que, bem ou mal, também era considerada na educação aplicada pela escola alemã Bauhaus, no início do mesmo século.

Modelo Arquitetura Origami
Modelo Arquitetura Origami (imagem de AAS Architecture)
Modelo Arquitetura Origami
Modelo Arquitetura Origami (imagem de ArchDaily)

A aplicação do origami na Engenharia e Arquitetura

A qualidade tridimensional alcançada nas simulações com origamis de papel realmente tem transformado o mundo da Engenharia e da Arquitetura. O mais legal deste sistema é poder testar, na prática, a teoria de estruturas transformáveis; ou testar como deixar alguns modelos de estruturas mais rígidas ou flexíveis capazes de suportar cargas de magnitude considerável, dependo do uso proposto.

Talvez uma das maiores possibilidades alcançadas com o origami na Engenharia e Arquitetura esteja mais bem expresso em projetos de estruturas realmente simples. Por exemplo, as pontes e abrigos para situações emergenciais, ajudado centenas ou até milhares de pessoas pelo mundo, principalmente moradores de rua. Claro que este universo geométrico ainda pode ser muito mais bem explorado pelos projetistas. Por hora, confira no tópico a seguir algumas das obras mais notáveis inspiradas nesta técnica do origami!

Os melhores exemplos de projetos arquitetônicos inspirados no origami

Os projetos arquitetônicos inspirados no origami costumam parecer simples. Porém, na verdade, eles são bastante sofisticados – algo que talvez só possa ser entendido em sua complexidade máxima através de uma análise bem detalhada de planificação. Podemos citar bons exemplos de obras que seguiram este sistema. Veja:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na Engenharia

Um trabalho na área de Engenharia que não podemos deixar de citar neste texto é o chamado “Zippered Tube” ou “Tubo de Zíper”, desenvolvido em parceria entre as universidades de Tóquio, Illinois e Geórgia. Trata-se de um modelo de estrutura formado por um conjunto de tubos que se comportam como um zíper. Na simulação, folhas de papel são dobradas até reduzirem seus tamanhos. A mini estrutura gerada é altamente resistente e se curva para qualquer lado quando recebe uma força aplicada – o mesmo que aconteceria com cargas de ventos e forças sísmicas sobre edifícios.

Projeto Zippered Tube modelo
Projeto Zippered Tube (imagem de PET Civil)

Veja Também: Conheça a ponte japonesa inspirada em um origami

Na Arquitetura

Na Arquitetura também encontramos exemplos de projetos inspirados em origami. Podemos listar, para começar, casos menos famosos – como a Clínica Majima, de DIG Architects, onde paredes e cobertura se integram e se dobram em diferentes direções, mas também casos mais famosos. Nesta lista, podemos colocar a D*Haus, de David Bem Grünberg e Daniel Woolfson, com seu inovador conceito de casa dobrável baseado na matemática e nas mudanças de estações, como um triângulo equilátero dividido em partes diferentes.

D*Haus, de David Bem Grünberg e Daniel Woolfson, inspirada em origami
D*Haus, de David Bem Grünberg e Daniel Woolfson (imagem de AAS Architecture)

Por fim, devemos falar também da casa 18.36.54, de Daniel Libeskind, com uma estrutura formada por um grande origami de aço inoxidável contendo 18 planos. E da casa Garrafa de Klein, de McBride Charles Ryan, com desenho de planta lembrando uma concha ou espiral.

Estas são estruturas bastante inovadoras e resistentes, como nada parecido. Elas oferecem melhores condições climáticas, assim como de atividades e usos em seus interiores. Com certeza, são exemplos maravilhosos de Arquitetura Contemporânea.

Casa 18.36.54, de Daniel Libeskind, inspirada em origami
Casa 18.36.54, de Daniel Libeskind (imagem de Arquitete suas Ideias)
Garrafa de Klein, de McBride Charles Ryan
Garrafa de Klein, de McBride Charles Ryan (imagem de MC Bride Charles Ryan)

Veja Também: Materiais inspirados em origami podem reduzir impacto em peças de foguetes

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Fontes: PET Civil, Arquitete suas Ideias, Flooxia, ArchDaily, Educação Gráfica, Blog da Arquitetura.

Conhece mais algum projeto inspirado em origami? Deixe nos comentários!

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.