Engenharia 360

Construção sustentável com tubos de papelão: mito ou realidade?

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 01/03/2024 5 min
Catedral de Papelão de Shigeru Ban na Nova Zelândia | Imagem de Bridgit Anderson reproduzida de ArchDaily

Construção sustentável com tubos de papelão: mito ou realidade?

por Simone Tagliani | 01/03/2024
Catedral de Papelão de Shigeru Ban na Nova Zelândia | Imagem de Bridgit Anderson reproduzida de ArchDaily
Engenharia 360

O papelão é comumente encontrado em embalagens. Mas quem diria que ele vem ganhando espaço em outras indústrias, inclusive da construção civil. De fato, seu uso evoluiu, chegando a se tornar uma opção de material viável e sustentável para estruturas de Engenharia, Arquitetura e Design. Atualmente, já é mais fácil encontrar exemplos práticos de uso de papelão em moldes para colunas de concreto, por exemplo.

papelão na construção civil
Tuboformas de papelão | Imagem reproduzida de PentaPack

O artigo a seguir, do Engenharia 360, explora como o papelão está redefinindo a forma como construímos. Confira!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O uso do papelão na construção civil

A Engenharia está sempre em busca de soluções inovadoras que combinem eficiência, economia e sustentabilidade. Nesse cenário, surgiu a ideia de usar papelão em obras modernas, desafiando concepções tradicionais e abrindo caminho para um futuro mais verde.

O papelão é visto por muitos designers como uma boa alternativa à alvenaria tradicional e situações de desastres naturais e déficit habitacional. Sua acessibilidade e simplicidade facilitam a montagem de estruturas para atender comunidades.

papelão na construção civil
Casa experimental, projeto de Gerusa Salado em EESC-USP | Imagem reproduzida de O Globo
papelão na construção civil
Exemplo de mobiliário ou divisória de papelão | Imagem reproduzida de Bibliotecários Sem Fronteiras

Bem, meio que isso nem é novidade para os brasileiros. Infelizmente, já enxergamos muitas vezes o uso de papelão em obras improvisadas construídas pela população mais carente.

Agora, é claro que as construções em papelão não precisam ser precárias. E com conhecimento técnico e muita criatividade, os designers têm à frente um leque de possibilidades. Prova disso é o trabalho executado pelo arquiteto Shigeru Ban. Veja a seguir!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Móveis de papelão são uma alternativa sustentável e barata para sua casa

A inovação de Shigeru Ban

Em 2014, o japonês Shigeru Ban ganhou mais notoriedade na imprensa por ganhar o Prêmio Pritzker - conhecido como o Oscar da Arquitetura. Na época, foi dito que ele se destacou por sua "alma verde", seguindo uma abordagem mais sustentável e humanitária em seus projetos.

Dentre as suas obras mais notórias estão o abrigo para refugiados em Ruanda, de 1994, e a Igreja de Papelão em Christchurch, Nova Zelândia. Esta última, erguida após um terremoto com tubos de papelão para estruturas. Sua estética é muito impressionante!

papelão na construção civil
Catedral de Papelão de Shigeru Ban na Nova Zelândia | Imagem de Bridgit Anderson reproduzida de ArchDaily

Sim, Shigeru Ban é um dos pioneiros no uso do papelão na Arquitetura. Aliás, desde a década de 1980 ele já vem explorando as possibilidades estruturais desse material. E agora, em seu portfólio, há muitos outros projetos feitos com tubos de papelão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde a década de 1980, ele vem explorando as possibilidades estruturais desse material. Seus projetos incluem desde abrigos temporários, escolas e até igrejas, todos feitos com tubos de papelão. Ban demonstra a viabilidade e o impacto positivo dessa tecnologia.

papelão na construção civil
Imagem reproduzida de SustentArqui
papelão na construção civil
Imagem de Michael Moran, OTTO, reproduzida de ArchDaily

A engenharia dos tubos de papelão

Olhamos para os frágeis rolos de papel higiênicos e rolos de papel toalha e nem imaginamos que o papelão teria tanto potencial assim para servir de base de estruturas robustas e duráveis. Mas o fato é que o papelão oferece uma série de vantagens para a construção civil tipo eco-friendly.

Especialmente os tubos de papelão, apesar de leve, podem ser reciclados e suportar cargas estruturais significativas. Por isso, devem ser considerado para os projetos mais ambiciosos de Engenharia e Arquitetura.

papelão na construção civil
Tubos de Papelão | Imagem de Arquitetura e Design reproduzida de Civilização Engenheira

Vantagens e desvantagens dos tubos de papelão

São vantagens dos tubos de papelão na construção civil:

  • Fáceis de serem transportados, montados ou desmontados, dispensando mão de obra altamente especializada.
  • Podem ser instalados por meio de encaixes e vínculos, simplificando o processo construtivo e permitindo uma maior eficiência no trabalho.
  • Permitem, a depender do caso, embutir sistemas hidráulicos e elétricos, otimizando o espaço interno das estruturas, garantindo um design funcional e moderno.
  • Podem ser reciclados e renovados com menor impacto ambiental em comparação aos materiais tradicionais, contribuindo para a redução de resíduos.
  • Custam relativamente pouco, reduzindo significativamente os custos de construção.

Embora promissor, o uso do papelão na construção ainda enfrenta desafios técnicos e regulatórios. É necessário mais pesquisa e desenvolvimento para garantir a segurança e a durabilidade dessas estruturas. Mais realização de estudos e testes rigorosos para garantir a segurança e a confiabilidade da técnica. Inclusive porque o papelão é, lembrando bem, um material inflamável, com baixa resistência ao fogo. Ademais, o desempenho do material em relação ao isolamento térmico e acústico ainda precisa ser melhor avaliado.

papelão na construção civil
Pavilhão EXPO 2000 do Japão em Hannover | Imagem reproduzida de Vivagreen

Em resumo, o papelão se destaca como um material versátil e promissor na construção civil moderna. Sob a liderança visionária de projetistas como Shigeru Ban, os tubos de papelão estão redefinindo os padrões da Engenharia e Arquitetura, promovendo projetos mais acessíveis, sustentáveis e visualmente impactantes.

Veja Também:


Fontes: PentaPack, ArchDaily, SustentArqui, VivaGreen.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada nos cursos de Arquitetura & Urbanismo e Letras Português; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais, Jornalismo Digital, Marketing Digital, Gestão de Projetos, Transformação Digital e Negócios; e proprietária da empresa Visual Ideias.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo