Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

O que é Síndrome de Burnout na Engenharia? | 360 Explica

por Redação 360 | 19/11/2021

A OMS faz um alerta! Muitos trabalhadores não sabem que estão com esta doença. Conheça as características da Síndrome de Burnout!

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou, há algum tempo, uma nova e perigosa síndrome crônica e a incluiu na Classificação Internacional de Doenças (CID- 11), que está prevista para entrar em vigor no próximo ano – 2022. Esta é a Síndrome de Burnout. Conheça suas causas, características e males no texto a seguir!

O surgimento da Síndrome de Burnout

Burnout é uma síndrome que se manifesta em trabalhadores e pode resultar do estresse crônico justamente do trabalho por conta de traumas relacionados ao contexto ocupacional. Depois disso, ir até empresa, clientes fornecedores e mais passam a ser tarefas muito difíceis, dolorosas e deprimentes. O sentimento negativista e os pensamentos negativos começam a comprometer ações e interações sociais; então, sua vida pessoal começa a desabar. É uma reação em cadeia! As consequências podem chegar até a sua família!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Vale lembrar que querer mostrar produtividade e eficiência trabalhando mais que a jornada de trabalho, inclusive nos finais de semana e feriados excedendo os limites físicos e mentais sem o descanso necessário, não são o melhor caminho para um sucesso profissional pleno.”

– trecho reportagem de Engenharia Explicada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

síndrome de Burnout
Imagem reproduzida de When the road to success leads to stress

As características da Síndrome de Burnout

Muitos profissionais simplesmente não conseguem identificar que sofrem da Síndrome de Burnout. Aliás, é raro que as pessoas até tenham ouvido falar desta doença. Por isso, muitos jamais vão chegar a receber um diagnóstico e ter a oportunidade de procurar um médico especialista e se tratar! Por hora, o 360 apresenta as principais características da Burnout, visando ajudar o máximo de pessoas possível! São elas:

  • Insônia, dores de cabeça frequentes, nervosismo, insegurança, isolamento, alterações no apetite, sentimento de fracasso, problemas gastrointestinais, exaustão mental, esgotamento de energia, dificuldade de ser proativo, dificuldade de resolver problemas simples e ser criativo, falta de foco, mau-humor, ações por impulso, desprezo pelo próprio trabalho, diminuição da eficiência do profissional, dentro outras.
síndrome de Burnout
Imagem reproduzida de ICB

O tratamento para a Síndrome de Burnout

Quem sofre da Síndrome de Burnout pode procurar tratamentos como psicoterapias e atividades físicas regulares para o alívio do estresse e controle da doença. Os médicos também podem receitar, neste caso, medicamentos antidepressivos ou ansiolíticos, para combater a ansiedade. E em casos mais sérios, é necessário afastar temporariamente o profissional de seu trabalho para que o mesmo possa se recuperar mediante os tratamentos necessários. O tempo de cura vai depender de cada paciente! Claro que a permanência no trabalho, somada a influências externas, pode afetar isso.

síndrome de Burnout
Imagem reproduzida de Hospital Santa Mônica

Admitir que está com problema é o primeiro passo para quem sofre de Burnout. Se isso acontecer com você, procure ajuda! Coloque a sua saúde em primeiro lugar! Cuide do seu corpo e de sua mente e obterá resultados ainda melhores com sentimento de felicidade e bem-estar! Pessoas são o ativo mais importante de uma organização! Por isso, valorize-se!

Veja Também: Arquitetura saudável: saiba o que é preciso para tornar os ambientes dos prédios livres de contaminantes


Fontes: Engenharia Explicada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.