Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

O que aprendi com o trabalho voluntário?

por Nathalia Brogiatto | 22/06/2016
Copiado!

Não há quem duvide que a prática e a vivência para além da experiência acadêmica e dos conhecimentos teóricos são imprescindíveis durante o processo de formação de um profissional. E não faltam opções para exercer os conhecimentos, inclusive além dos estágios. Por exemplo, já pensou em iniciar um trabalho voluntário? O voluntariado é uma forma de contribuir com a sociedade e, ao mesmo tempo, representa uma experiência fundamental na carreira dos futuros profissionais, inclusive aqueles que se graduaram em Engenharia. A experiência de Helena Paixão, 26 anos, engenheira civil com pós graduação em infraestrutura de rodovias e transporte, é um exemplo bem claro.
voluntariado6-engenharia-da-depressao
Tudo começou há aproximadamente um ano, com a participação de Helena em trabalhos voluntários e intercâmbio através de uma organização reconhecida em âmbito global, a AIESEC. O objetivo da organização é promover o espírito de liderança entre os estudantes. As atividades da engenheira foram iniciadas na cidade de Córdoba, na Argentina, onde Helena vive atualmente. No último mês de maio, aconteceu a construção de casas em massa no assentamento Bajada San José.
A construção faz parte do trabalho desenvolvido por outra organização, a TECHO, que atua na América Latina e no Caribe em ações voltadas ao combate à pobreza e que unem moradores locais e voluntários.
voluntariado9-engenharia-da-depressao
A participação de Helena consiste em auxiliar na construção de casas pré-fabricadas de madeira, e com uma durabilidade esperada de 5 anos, prazo em que se prevê uma resolução e mudança das famílias para novas casas, de forma definitiva. A casa construída tem 18 m² e se localiza em comunidades em que são reunidas 8 ou mais famílias que vivem em um mesmo terreno, sem água encanada, saneamento básico ou condições de sobrevivência adequadas.
Para o processo de construção, os participantes são divididos em grupos, cada um responsável pela construção de uma casa. Sobre a experiência, Helena conta o que mais a marcou. “Toda a família, os futuros moradores, pessoas muito humildes, compartilhavam com abundância da sua melhor comida e nos ajudaram do começo até o final da construção”, relembra.
voluntariado5-blog-da-engenharia
 
Este é apenas um exemplo de como é possível unir o voluntariado às experiências relacionadas à formação universitária. O estímulo a atividades como essa leva a um desenvolvimento das experiências pessoais e das relações sociais, além de aprimorar o espírito colaborativo, essencial inclusive quando pensamos no desenvolvimento da carreira.
voluntariado8-engenharia-da-depressao
Sobre a participação, Helena não tem dúvidas do quanto foi fundamental ser voluntária. “Participar do TECHO foi a melhor experiência da minha vida, aprendi muito, não só com técnicas da construção, aprendi a compartilhar o meu melhor e buscar a excelência sempre. E claro, a melhor parte foi a inauguração da casa, quando os futuros moradores cortaram a fita”.
voluntariado7-engenharia-da-deprressao
voluntariado4-engenharia-da-depressao
voluntariado2-engenharia-da-depressao
voluntariado2-blog-da-engenharia
voluntariado1-blog-da-engenharia
Imagens: Arquivo Pessoal Helena Paixão
 

Copiado!

Comentários