Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

MATLAB na Engenharia: conheça seus usos e aplicações

Engenharia 360

4 min

POR Larissa Fereguetti 27/06/2019

Quase todos os engenheiros já ouviram falar no MATLAB. Afinal, esse é um recurso amplamente utilizado na engenharia. Se você nunca escutou falar sobre esse software ou se está aqui em busca das primeiras informações, não se preocupe, nós vamos explicar tudo que você precisa saber sobre o MATLAB na engenharia neste post.

MATLAB na Engenharia

Imagem: osahub.com

+ O que é o MATLAB?

MATLAB é a sigla para MATrix LABoratory. Ele consiste em um software interativo de alta performance e é voltado para o cálculo numérico. Inicialmente, foi desenvolvido para tratar vetores e matrizes.

Uma das grandes vantagens do MATLAB é que, em muitos casos, ele permite usar funções que levariam muito tempo para serem desenvolvidas em outras linguagens, como C e Fortran. Isso porque a base é uma matriz que não precisa de dimensionamento.

MATLAB na Engenharia

Imagem:mathworks.com

Outra vantagem do MATLAB é que ele possuir recursos visuais que são simples em comparação a algumas linguagens de programação. Isso é um diferencial quando você precisa de um resultado imediato e não tem muito tempo para desenvolver algo do início. Atualmente, há várias bibliotecas (toolboxes) que podem ser usadas para diferentes áreas, como equações diferenciais, estatística, processamento de sinais, finanças e outros. Também é possível usar os recursos gráficos para visualizar os resultados em 2D e 3D e na forma de animações/vídeos.

Para usar, não é difícil. Ele está disponível para diferentes sistemas operacionais (Windows, Linux e Mac). Para usar uma função que não conhece, basta jogar o que precisa no Google (exemplo: gráfico 3D no MATLAB). Há vários tutoriais, vídeos, apostilas e próprio site do MATLAB para auxiliar. Se você tiver dificuldade para encontrar em português, não faltam resultados em inglês.

MATLAB na Engenharia

Imagem:commons.wikimedia.com

+ MATLAB na Engenharia

Diferente de muitos softwares voltados para a engenharia, o MATLAB não tem uma engenharia ou uma área específica. Qualquer engenharia (inclusive, qualquer área da ciência) pode usá-lo.

É até difícil falar sobre todas as funções do MATLAB porque, além das funções básicas, você ainda pode desenvolver suas funções e programas. Além de um software, é uma linguagem de programação. É normal escutar alguém (normalmente um(a) engenheiro(a)) dizer que programa em MATLAB. Então, o uso é bem diverso.

O MATLAB costuma ser uma das primeiras opções dos engenheiros que precisam resolver algum problema/função, realizar uma simulação, fazer um teste estatístico ou visualizar um resultado. Outras áreas das ciências, por outro lado, normalmente tentam outros softwares/linguagens primeiro.

Nos cursos de engenharia ou na vida profissional, não é difícil achar alguém que use o MATLAB. A facilidade de uso e a praticidade fazem com que ele seja ensinado em muitas disciplinas da graduação e, mesmo quando isso não acontece, mesmo quem não é bom em programação é capaz de se familiarizar rapidamente com o software. Inclusive, quem está acostumado com algumas linguagens em que é necessário declarar tudo, criar as matrizes da forma básica e escrever as linhas de código que fazem alguma função, pode até estranhar o primeiro contato com o MATLAB.

MATLAB na Engenharia

Imagem: interestingengineer.com

Fazer simulações e análises também é simples. No MATLAB, não é preciso ficar preocupado com declaração de variáveis, ponteiros, alocação de memória e outros itens. A dica é: procure se há uma função que faz o que você precisa antes de tentar escrevê-la no MATLAB. Se as funções já estão implementadas, basta usar.

Ainda, vale destacar que há softwares gratuitos semelhantes ao MATLAB. Algumas alternativas são o Scilab, o Octave e o FreeMat. Dentre todos os softwares semelhantes ao MATLAB (nem todos foram citados aqui), alguns precisam de algumas modificações na hora da execução e, em outros, dependendo do programa ou da função, não é necessário fazer alterações, é só executar.

A última dica é: otimize seu trabalho. Não tenha medo de usar um novo software que pode fazer algo mais rapidamente só porque nunca usou antes ou porque sempre usou um outro ou sempre fez tudo em uma linguagem única que conhece bem. Tente, aprenda coisas novas, use a tecnologia a seu favor e, se conseguir, desenvolva coisas novas. Descobrir novas ferramentas e colocá-las em prática faz parte da função do engenheiro.

Referências: Coppe; IMPA; MathWorks; UFMG.

MATLAB
Matlab na engenharia
programar em matlab
Softwares

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

mais
Engenharia 360 Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
Guia de salários da Engenharia 2019: confira quanto ganha cada profissional
iPhone 11, Watch, Arcade, iPad... Veja todos os lançamentos que a Apple anunciou! [ATUALIZADO]
Pesquisadores desenvolvem ferramenta portátil para detecção de cianotoxinas
Substituição no anodo de grafite pode melhorar as baterias recarregáveis
Bombeamento de água subterrânea interfere na vazão de rios: veja efeitos nos EUA
Curso de especialização na Europa pode ser mais barato que um MBA no Brasil
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

6 Resultados