Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Luvas de realidade virtual permitem que usuário sinta o formato dos objetos

por Kamila Jessie | 16/08/2019

Estamos mergulhando cada vez mais em realidade virtual. Um novo avanço na área foi publicado na revista Scientific Reports (da Nature) e descreveu uma luva que interage com realidade virtual para fornecer feedback tátil, e permite que o usuário sinta e manipule objetos virtuais.

Imagem: nature.com

Luvas de realidade virtual:

Luvas que permitem que os usuários sintam objetos em
realidade virtual funcionam por meio de sensores e autuadores. No caso, esses
sensores detectam os movimentos do usuário, enquanto os atuadores fornecem um
feedback físico por meio de estímulos mecânicos que o usuário possa sentir (por
exemplo, a vibração). Embora os atuadores já desenvolvidos pudessem reproduzir
com precisão a textura dos objetos virtuais, eles não podiam fornecer
informações sobre sua forma.

A novidade:

Youngsu Cha, profissional do Centro de Robótica Inteligente
e Interativa do Instituto Coreano de Ciência e Tecnologia, junto com
colaboradores, desenvolveu um sistema de luvas que permite ao usuário manipular
uma mão virtual, pegar um objeto em realidade virtual e sentir sua forma.

Quando o usuário da luva move a mão para pegar o objeto – neste caso, um cavalo de xadrez virtual – os movimentos dos dedos são detectados por sensores na luva. Os dados dos sensores são transferidos via Bluetooth para um programa que recria movimentos correspondentes da mão virtual em uma tela.

Os autores do estudo, por meio do canal da revista no youtube, divulgaram um vídeo do sistema, que você pode conferir abaixo:

Segurar o objeto virtual ativa um conjunto de atuadores de
silicone macio desenvolvidos pelos pesquisadores. Os atuadores recebem um sinal
do ambiente de realidade virtual, que faz com que o ar dentro deles se mova e
expanda o silicone em seu centro. As pontas dos dedos do usuário sentem a
pressão do silicone expandido como se estivessem tocando o objeto virtual,
permitindo que ele sinta sua forma, pegue-o e segure-o em realidade virtual.

O sistema de luvas dos autores pode ser operado sem
compressores de ar externos volumosos que eram necessários para os atuadores
anteriores. Os autores sugerem que ele pode ser usado em diferentes ambientes
de realidade virtual, desde que conectado a diferentes softwares.

A luva ainda não tem um design legal, considerando a fase de pesquisa, mas a gente aposta que vocês já querem incorporar isso a games. A verdade é que a gente também.

luva
Imagem: nature.com

Fonte: Techxplore.
Nature Asia.

Comentários

Engenharia 360

Kamila Jessie

Engenheira ambiental e sanitarista, MSc. e atualmente doutoranda em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo. http://orcid.org/0000-0002-6881-4217