Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Estudante brasileira é semifinalista em olimpíada de engenharia nuclear

por Clara Ribeiro | 10/07/2015
Copiado!

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal


A estudante Alice Cunha da Silva, de 25 anos é a única semifinalista das Américas na Nuclear Olympiad, competição internacional de engenharia nuclear promovida pela World Nuclear University (WNU). Ela está no último ano do curso na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e ingressou na olimpíada abordando a área de medicina nuclear, utilizada em tratamentos oncológicos.
O concurso premia alunos de graduação e pós-graduação com projetos inovadores, que não se limitem à geração de energia ou combustível. Desta forma a jovem escolheu o tema, por achar que tem o objetivo maior de salvar vidas. Ao se inscrever, Alice produziu um vídeo apresentando o assunto escolhido, e após passar por uma triagem com os juízes da World Nuclear University e ter sido divulgado no YouTube – foi avaliado o número de curtidas -, ela conseguiu chegar à semifinal.
A área de engenharia conta com pouca presença feminina, e exemplos como o de Alice ajudam a fazer a diferença. Além desta competição, a estudante já apresentou seu trabalho em um congresso organizado pelo MIT, estudou por um ano nos Estados Unidos pelo Programa Ciência sem Fronteiras e em 2012, teve o projeto escolhido como o melhor do Centro de Tecnologia durante a Jornada de Iniciação Científica em sua universidade.
A etapa final da Nuclear Olympiad acontecerá dia 17 de setembro na Agência Internacional de Energia Atômica em Viena, na Áustria. Estamos torcendo por ela!

Copiado!
Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.

Comentários