Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Entenda o funcionamento de um câmbio manual

por Felipe Junqueira | 29/10/2015
Copiado!

O carro com câmbio manual é ainda o mais popular no Brasil, apesar de os carros com câmbio automático terem ganhado terreno nos últimos anos. Mas, afinal, como funciona o câmbio de um carro manual? Qual é a diferença entre a primeira e a quinta marcha? E qual é o mecanismo da ré?
O funcionamento é mais simples do que você pode imaginar. Tudo gira por meio de engrenagens (ou, para quem lembra dos Jetsons, “rodas dentadas”), que fazem outras engrenagens girarem e, por fim, leva ao giro das rodas. O encaixe de uma engrenagem na outra faz com que cada uma gire em sentido oposto.
cambio-blog-da-engenharia
Funciona assim: O motor está conectado a uma engrenagem que gira o eixo primário, ou eixo piloto. Este eixo transmite o giro do motor (virabrequim) para o eixo das rodas, passando pelo diferencial. Assim, o motor gira sempre no mesmo sentido que as rodas, pois são três engrenagens no total para realizar o giro. Para compreender melhor, assista ao vídeo abaixo:
[youtube //www.youtube.com/watch?v=UnkOE8Tm_tI]
Então, como funcionam as marchas, o que as diferencia? São diferentes tamanhos de engrenagens. A 1ª marcha tem a engrenagem do eixo piloto menor e a da roda maior, pois é necessário maior giro do motor para menor giro das rodas, para a força inicial que põe o carro em movimento. Conforme as marchas vão aumentando, a relação se inverte, até que a 5ª marcha, quando o carro está em velocidade, e as rodas giram mais com menor giro do motor.
transmission-model-blog-da-engenharia
Já a marcha e ré é possível graças a uma engrenagem extra, que faz com que as rodas girem no sentido inverso do motor – e, consequentemente, no mesmo sentido do eixo piloto. Para maiores detalhes, confira o vídeo acima e compreenda todo o funcionamento do câmbio manual de seu veículo.

Copiado!

Comentários