Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Engenheiro brasileiro cria cabine de inativação de Covid-19

por Clara Ribeiro | 30/11/2020

Conheça a invenção que consegue neutralizar a ação o coronavírus da pele e de roupas

Por conta do falecimento da avó de sua esposa durante a pandemia de Covid-19, o engenheiro civil Alaor Ferreira da Cruz Junior, de Goiânia, foi tomado por uma profunda tristeza.

Contudo, o luto também o motivou a desenvolver a Asepsis Machine, cabine projetada para desinfetar corpo e roupas de uma pessoa em 15 segundos. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A partir do momento em que teve a ideia, Alaor executou o projeto em apenas 20 dias. Contando também com a ajuda de seu irmão (que é engenheiro mecatrônico) para criar o software do equipamento, o investimento inicial foi de R$ 128 mil.

Depois da fabricação veio a fase de testes, primeiramente pela Santa Casa da Misericórdia e pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do estado de Goiás (CREA-GO), em Goiânia. O engenheiro relata: 

“Fiz uma série de testes em laboratórios de Goiânia e fui até Campinas com a máquina para o teste no Laboratório de Virologia do Instituto de Biologia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que é referência no país”. 

Os testes mostraram uma eficácia de 99,99% na desinfecção de Covid-19, que é feita com hipoclorito de sódio e água, solução indicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Também é possível utilizar outros desinfetantes. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

cabine de desinfecção criada pelo engenheiro civil Alaor Ferreira da Cruz Junior invenção covid

Como age contra a Covid-19

Asepsis funciona da seguinte maneira: primeiro é identificado, por meio de um detector, quando um indivíduo entra.

Ao fechar das portas se inicia o lançamento dos jatos, que vêm de 60 micropontos distribuídos por toda a parte interna do equipamento, de modo a cobrir a maior área possível do corpo de uma pessoa. Logo após 15 segundos ela é liberada para sair do outro lado. 

Depois de mais de 2 mil testes, e de acordo com as especificações da Norma Regulamentadora número 12 (que garante a segurança de máquinas e equipamentos), a Asepsis Machine passou a ser comercializada.

Características

A máquina pesa 120 quilos e não exige uma instalação complexa: apenas liga-se na tomada, semelhante a uma geladeira. Outra vantagem é o baixo custo de energia: calcula-se menos de R$ 00,02 (dois centavos) por pessoa que entrar na cabine. 

O equipamento está sendo vendido para todo o Brasil e pode ser usado principalmente em hospitais, indústrias, terminais de ônibus, centros comerciais e eventos artísticos.

Tendo em vista que o padrão mundial de higiene está mudando devido à pandemia, o produto continuará tendo validade mesmo para desinfecção de outros microrganismos nocivos, além do Sars-CoV-2.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fontes: O Hoje, Canal Tech, Crea-GO

O que você achou da invenção? Comente!

Comentários

Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.