Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Inspiração para você! Descubra quais as grandes empresas que nasceram em meio a crises financeiras

por Redação 360 | 14/10/2021

Se você pensa que não pode empreender em um projeto em meio à crise financeira, pode estar enganado. Conheça 14 empresas que deram a volta por cima!

Vivemos momentos difíceis, sem dúvidas. Os desafios são tantos que às vezes até nos desanimamos ou passamos a desacreditar da nossa própria capacidade. E justamente pensando que você também possa se sentir desse mesmo jeito, resolvemos trazer uma lista especial. Trata-se dos nomes de algumas das maiores empresas do mercado global que nasceram ou cresceram justamente nos períodos financeiros menos favoráveis da história. Elas superaram crises e hoje são grandes inspirações de empreendedorismo! Veja no texto a seguir!

Histórias de sucesso de empresas do mercado global

O que você faz em um momento de recessão financeira? Cancela os seus planos? Sim, entendemos você! Com tantas incertezas fica difícil ser alegre e otimista! E qual a dica dos especialistas no assunto? Manter o foco, ser ágil e não deixar nenhuma boa oportunidade passar! Abra os seus horizontes, expanda seu leque de possibilidades e olhe para direções que não se permitia antes – vai saber o que pode encontrar. Digamos que todo grande empreendedor precisou, um dia, também dar alguns passos para trás e recomeçar ou se adaptar a uma nova realidade. No fim das contas, muitos deles conseguiram até ultrapassar a concorrência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagem extraída de Pixabay

General Eletric (1892)

Durante a sua existência, sobreviveu a várias recessões. Por exemplo, já perto do seu lançamento, com o “Pânico de 1880”, houve uma queda de 40% da sua produção. Contudo, mais de um século depois, a empresa permanece em funcionamento.

Disney (1929)

Em meio à Grande Depressão, os irmãos Walt e Roy Disney deram um pontapé inicial em seus planos, apresentaram o Mickey Mouse, criaram a Walt Disney Productions e fizeram os seus negócios crescerem. A saber, seu primeiro longa-metragem de animação – Branca de Neve e os Sete Anões – foi lançado logo após a crise econômica amenizar.

General Motors (1908)

Entre 1904 e 1908, o fundador da Marca, William Durante, fez significativos experimentos nos negócios. Ele decidiu lançar a GM como uma holding para adquirir ainda mais fabricantes de automóveis. Essa estratégia serviria bem à empresa, pois ela se tornaria uma das maiores corporações automobilísticas da história do mundo.

IBM (1911)

Criada por Charles Flint, nesta época, era conhecida como ‘Computing-Tabulating-Recording Company’. A empresa começou a vender máquinas comerciais e de negócios bem no meio de um longo pânico de dois anos, e prosperou. Logo virou IBM, se tornando a líder em tecnologia, sendo suporte a uma revolução digital.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

HP (1939)

Esta foi uma fase de grande recessão, com o declínio do PIB. Mas William Hewlett e David Packard, fundadores da HP, traçaram um novo plano de negócios, construindo, assim, uma das maiores potências mundiais em computadores.

Apple e Microsoft (1975)

Mais uma vez, os Estados Unidos entravam em recessão. Steve Jobs dava os primeiros passos com a Apple. E foi também nesta época que Bill Gates e Paul Allen, que abandonaram a faculdade, desenvolveram o conceito de computação fácil de usar para residências e escritórios. Isso eliminaria alguns dos mais altos limites para que as empresas aproveitem a tecnologia e abriria um novo caminho para que a Microsoft se tornasse uma das empresas mais valiosas do mundo. E em 2000, outra fase de economia desfavorável, Jobs retornou à Apple, lançando o icônico iPod.

Netflix (1997)

Isso foi muito antes da bolha das pontocom, que levou de arrasto várias transações comerciais. A Netflix foi capaz de resistir à tempestade e aproveitar sua capacidade de inovação e criatividade para se tornar uma pioneira em streaming de vídeo sob demanda para o consumidor.

Airbnb (2008)

Os donos do Airbnb, Brian Chesky e Joe Gebbia, estavam dormindo em um colchão de ar em sua sala de casa. De repente, se viram abrindo uma empresa e renovando o mercado de alojamentos de curto prazo. Tudo foi graças a um financiamento de VCs aprovado que, posteriormente, teve um excelente crescimento.

WhatsApp (2009)

Neste mesmo ano, o aplicativo de mensagens criptografadas foi criado por dois ex-funcionários do Yahoo. Mais tarde, o Facebook comprou o aplicativo, que agora tem mais de 2 bilhões de usuários globais.

Slack (2009)

Já o aplicativo de mensagens de trabalho, Slack, foi criado pelo cofundador do Flickr, Stewart Butterfield. E, durante a Pandemia do Covid-19, aumentou expressivamente o seu número de usuários devido a diversas empresas que mandaram seus funcionários para casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uber (2009)

Os empresários do Uber também fundaram sua empresa neste período. Desde então, a gigante do compartilhamento de viagens se expandiu internacionalmente em várias plataformas, incluindo serviço de entrega de comida, serviço de compartilhamento de bicicletas e scooters, além de serviço de equipe de trabalho temporário.

Instagram e Pinterest (2010)

Este aplicativo de mídia social foi idealizado por Kevin Systrom e Mike Krieger. Agora, tem mais de 400 funcionários e mais de 120 milhões de usuários. E neste mesmo, no mesmo ano, ainda tivemos a criação do Pinterest, um site e aplicativo que lembra uma página de recados digital.


Então, o que achou desta relação de empresas que sobreviveram à crise? Concorda que “a necessidade é a mãe de todas as inovações”? E mesmo diante do aumento do desemprego e de pedidos de falência, mantenha-se atento às oportunidades empreendedoras, com ideias de ferramentas e serviços que podem te ajudar a se adaptar às novas tendências.


Fontes: On Deck, Medium, INC, Forbes, Fox Business.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.