Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Educação pós COVID-19: por que o ensino à distância continuará presente mesmo depois da pandemia

por Simone Tagliani | 30/10/2020
Copiado!

Educação é o bem mais precioso que podemos acumular. E, graças a internet e dos aparelhos smart, podemos realizar cursos a todo momento, onde quer que estejamos.

A pandemia do coronavírus, em 2020, mudou toda a nossa perspectiva de vida! Com certeza, agora sabemos que as coisas não podem continuar do modo como estavam antes, incluindo o ensino e aprendizado profissional. As pessoas notaram que podem aproveitar mais e com mais qualidade o tempo que passam dentro de casa, com a família; e aceitaram bem a ideia de seguir um regime de home office, onde não só exercem algumas de suas atividades de trabalho como buscam educação, visando uma melhor preparação para a retomada da economia em breve!

Educação em casa - Pessoa trabalhando em regime de Home office.
Pessoa trabalhando em regime de Home office. (imagem Pixabay)

O futuro da educação brasileira

Sabemos que a educação em nosso país é muito deficiente. Existem várias barreiras que precisamos enfrentar – sobretudo orçamentárias. A internet ajudou bastante durante o período da quarentena, sem dúvidas. Mas é preciso salientar de que ela não deve ser a resposta para tudo sempre. Em algum momento, os alunos precisarão voltar para as salas de aula, trocar ideias, aprender uns com os outros e investigar suas questões fora da web, conversando com outras pessoas, acessando livros, e investigando, em campo, diversas questões.

Educação em casa - Pessoa trabalhando em regime de Home office
Pessoa trabalhando em regime de Home office. (imagem Pixabay)

Resumindo, a internet é uma ferramenta bastante válida para a busca e troca de informações e que deve ser bem explorada pela rede de ensino brasileira. Contudo, não se pode esconder, sob esta boa perspectiva, os graves problemas ignorados por anos e anos de má gestão pública. Para que o ensino EAD seja, de fato, uma realidade, é necessário aprontar toda uma “bagagem” de coisas. Para começar, oferecer mais facilidade ao acesso às tecnologias para aqueles que ainda não as possuem, adaptar o currículo das escolas e preparar para esta nova realidade não só os alunos, mas os professores também. E isto tudo exige planejamento!

Sucesso
É importante traçar metas para sucesso da educação em casa! (imagem Pixabay)

Como estudar dentro de casa

O regime de home office tem conquistado muitos adeptos durante o período de 2020. Vários profissionais descobriram que podem desenvolver diversas atividades de escritório em casa, bastando apenas ter acesso à internet e telefonia. Do mesmo modo, vários projetos de ensino presencial foram adaptados a um novo formato para que as pessoas pudessem acessar materiais didáticos de onde fosse possível, através de aparelhos smart. E as possibilidades aumentam a cada dia, de acordo com o tempo em que as instituições conseguem melhorar os seus sistemas, inclusive para a aplicação de provas online.

homem negro de terno usando computador em casa para home office
Imagem: Cytonn Photography | via Unsplash

Agora, para que o aluno possa ter um bom rendimento escolar, ele deverá manter disciplina. Ou seja, ele precisará levar o seu estudo em casa tão a sério quanto levaria se precisasse sair de casa e pegar uma condução até o polo de ensino onde estuda. Sendo assim, ele deve estabelecer uma rotina de estudo, com horários fixos em vários dias da semana e seguindo um cronograma para cumprir a carga horária adequada prevista para o curso como um todo. Isto inclui levantar cedo, tirar o pijama, se arrumar, e ir para um lugar livre de distrações!

Se na pandemia foi preciso adaptar um cantinho de trabalho em casa, também deve-se adaptar um cantinho de estudo! Até pode-se fazer as lições sobre a mesa de jantar da sala, por exemplo. Contudo, é melhor reservar um lugar mais sossegado e devidamente ventilado e iluminado. Sempre é bom ter uma escrivaninha para apoiar os cadernos, livros, porta lápis, luminária e talvez um notebook.  Tal móvel pode ter a medida de 90 x 45 x 75 cm, e ser colocado no quarto ou varanda do imóvel.

Cantinho da casa preparado para home office. Mulher em pé próximo a sua escrivaninha.
Cantinho da casa preparado para home office. (imagem Pixabay)

Formas de unir educação presencial e ensino à distância

O segredo do sucesso dos novos modelos de educação é a flexibilidade! O aluno deve poder acessar a plataforma de um jeito simples e no maior número de aparelhos ligados à internet possível. Cabe à escola oferecer o seu material em diversos formatos – imagem, texto, vídeo, gráficos e outros. Pode-se marcar conferências, aulas ao vivo, fóruns e chats para que todos interajam e troquem ideias! Além disso, é interessante manter encontros presenciais para debater os assuntos mais importantes tratados – só depois da pandemia, claro.

Exemplo de aula online. Aulas online ajudam os alunos que estudam através da internet, ilustrando educação.
Aulas online ajudam os alunos que estudam através da internet. (imagem Pixabay)

Alguns autores defendem que sejam colocados em prática modelos diferentes de avaliação do aprendizado dos alunos, questionando as velhas práticas. Contudo, a maioria das escolas – sobretudo as de ensino EAD – preferem seguir o jeito convencional, mantendo avaliações dissertativas online e testes presenciais realizados nos polos credenciados mais próximos da residência dos alunos. E certos cursos de ensino superior ainda exigem a apresentação de um trabalho de conclusão e defesa, assim como é feito nos cursos presenciais. Mas, no futuro, estes métodos podem ser revistos. Por isto, devemos manter a mente aberta para as possibilidades!

Agora é a sua vez de avaliar se o sistema de ensino à distância serve para você, se é a forma de educação que procura para complementar o seu aprendizado em busca de sucesso profissional! Pesquise as opções de mercado e bons estudos!

Fontes: Eleva Plataforma.

Você se inscreveu em algum curso à distância durante a pandemia? Comente!

Copiado!
Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquiteta & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.

Comentários