Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

E agora? Qual Calculadora comprar?

por Engenharia 360 | 01/12/2013
Copiado!

Qual calculadora comprar? É uma grande dúvida entre todos que estão começando o curso de engenharia.

Confesso que eu mesmo me fiz essa pergunta diversas vezes antes de começar o curso, porém decidi esperar os primeiros dias de aula para tomar tal decisão. Sem dúvidas, o mercado de calculadoras é bem extenso porém deve-se notar que para qualquer curso de Engenharia é interessante que se tenha ao menos uma Calculadora científica. Neste artigo vou destacar 3 calculadoras que utilizei durante o meu curso de engenharia, e a sequência que utilizarei para comentar, será a sequência cronológica  

Casio S-V.P.A.M. (Científica)

Casio_FX-82MS_2

Casio SVPAM (FX-82 MS) é uma calculadora clássica e bem acessível para qualquer estudante de engenharia. Pode ser encontrada facilmente em papelarias ou até mesmo na Internet custando de R$40,00 a R$50,00. É uma Calculadora simples porém funcional, mais fácil de nos familiarizarmos e de conseguirmos realizar contas.


Pontos positivos:

  • Fácil manuseio
  • Preço
  • Resistente a quedas (hahaha)

Pontos negativos:

  • Não salva memoria de cálculo
  • Em equações longas, acabamos nos perdendo nos cálculos tendo que começar o mesmo do zero.

Calculadora HP 50G (Gráfica)

HP-50G calculadora


A HP 50G já é uma Calculadora mais cara, porém as suas funções são infinitas. Bem maior do que a Casio, mais grossa e pesada funciona utilizando 4 pilhas AAA e uma bateria simples. Com ela é possível realizar contas das mais simples até as mais complexas possíveis, é possível resolver matrizes, integrais, derivadas, funções, e principalmente esboçar gráficos, só falta acesso a internet, rs.

Essa calculadora pode ser encontrada em algumas papelarias grandes, na internet, e principalmente no Paraguai. Seu preço varia entre R$280,00 até R$800,00. Não vá até lojas de Shopping para comprar, pois o preço será altamente abusivo, a não ser que você esteja com muito dinheiro sobrando.

Se você estiver procurando uma calculadora dessas, sugiro que busque no Mercado Livre ou até em alguma loja na rua Santa Ifigênia (São Paulo), mas, se você não estiver com muita verba disponível, sugiro que você leia este artigo.


Pontos positivos:

  • Salva memórias de cálculo
  • Entrada para cartão SD
  • Plota gráficos
  • Tela grande

Pontos negativos:

  • Preço
  • Não carrega via USB
  • Visor preto e branco, e não é retro-iluminado
  • Dificuldade ao manusear, perdemos muito tempo no youtube procurando por vídeos aprendendo sobre o seu funcionamento
  • Memória interna muito pequena
  • Sincronização com o computador é falha

Texas Instruments TI Nspire CX

Texas Instruments TI Nspire CX calculadora


A TI NSpire CX é a calculadora mais recomendada por professores, nos Estados Unidos, e é claro que provavelmente irá demorar bastante tempo para chegar ao nosso querido Brasil, porém a experiência que tenho tido com ela tem sido excepcional, em um dos meus testes consegui calcular uma série de equações quase 6x mais rápido do que com a HP50G, isso representa um ganho significativo de tempo na realização de provas e testes. É, também, a calculadora que eu mais recomendo, dentre as três citadas. Confira um review detalhado e exclusivo clicando aqui.

Pontos positivos:

  • Interface limpa e intuitiva.
  • Bateria carrega via USB e tem duração longa.
  • Display colorido
  • Velocidade de processamento de dados rápida.
  • Fina e leve. (Cabe no bolso).
  • Conexão fácil e rápida com o computador.
  • Criação de tabelas/spreadsheets.
  • Preço nos Estados Unidos (US$150,00)
  • Trackpad e cursor.
  • Menus em diversos idiomas (Incluindo o Português-BR)
  • Fácil de usar

Pontos negativos:

  • Licença do software incluso apenas por um ano.
  • Preço no Brasil (acima de R$1000,00)
  • Teclado não é QWERTY.
  • Não vende oficialmente no Brasil.
  • Opção de conectividade via wi-fi apenas com acessório extra.

E aí, qual é a sua favorita e/ou a sua próxima compra? Conta pra gente!

Copiado!
Engenharia 360
Artigo Patrocinado

Comentários