Engenharia 360

Sólido, líquido, líquido e gasoso: a "nova" quarta fase da água descoberta por cientistas

Engenharia 360
por Redação 360
| 08/09/2022 | Atualizado em 16/09/2022 3 min

Sólido, líquido, líquido e gasoso: a "nova" quarta fase da água descoberta por cientistas

por Redação 360 | 08/09/2022 | Atualizado em 16/09/2022
Engenharia 360

Quando estamos na escola, aprendemos que a água é encontrada em três estados físicos: sólido, líquido e gasoso – correspondendo ao próprio movimento da água na natureza e suas transformações. Acontece que a coisa pode não ser tão simples assim. Novas evidências apresentadas por diferentes pesquisadores apontam que a água pode ter, na verdade, duas fases líquidas diferentes. E essa teoria foi, agora, reforçada por dados coletados em experimentos científicos. Veja a seguir!

fases líquidas da água
Fases da água | Imagem reproduzida de Centro de Innovación Educativa Regional-Sur

As primeiras análises

Em 1992, pesquisadores da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, realizaram alguns experimentos com ajuda de computador para analisar melhor as mudanças de fases da água. Eles trabalhavam com arranjos moleculares distintos sob baixas temperaturas. E o que eles descobriram foi que, antes da solidificação, haveria outra transição de fase, líquido-líquido – um de baixa e outro de alta intensidade. Acontece que, naquele momento, não foi possível afirmar se isso era mesmo verdade devido às condições de temperatura escolhidas para os testes.

fases líquidas da água
Imagem reproduzida de Site Inovação Tecnológica

Veja Também: Sabia que é possível “fabricar” água em casa com gel? Veja como!

A nova pesquisa

Recentemente, pesquisadores da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, e da Universidade Sapienza de Roma, na Itália, experimentaram realizar juntos as simulações outra vez, agora em um nível microscópico mais apurado, em modelo coloidal. Os resultados do estudo foram publicados na Revista Nature Physics. O texto conta que foi descoberto que as moléculas de água no líquido de alta densidade formam arranjos em um desenho tipo trança de cabelo, considerados “topologicamente complexos”. Já as moléculas no líquido de baixa densidade formam principalmente anéis simples e, portanto, as moléculas nesse líquido são “desembaraçadas”.

Os colóides utilizados – como leite, iogurte, tinta, geleia, e mais – ajudaram a entender o movimento das partículas de água e os possíveis fenômenos físicos que ela sofre, mesmo que em escalas de comprimento atômico e molecular muito menores. E esse modelo de experimento, de acordo com os cientistas, poderia ser replicado para outros testes, na tentativa de validar outras teorias físicas sobre os líquidos, como o silício.

fases líquidas da água
Imagem reproduzida de Site Inovação Tecnológica

Lembra do filme Twister, quando os cientistas propõem usar sensores em pequenas cápsulas redondas coloridas para alimentar a base de dados de um softwares com informações sobre o movimento dos tornados? É algo parecido! Seria possível analisar melhor, por exemplo, como a massa de um concreto ou asfalto reagiria no processo de secagem em dias mais quentes, ou frios. Pense bem, as possibilidades podem ser infinitas!

“Sonhe como seria lindo se pudéssemos olhar dentro do líquido e observar a dança das moléculas de água, a forma como elas piscam e como elas trocam de parceiros, reestruturando a rede de ligações de hidrogênio.”, “A realização do modelo coloidal para a água que propomos pode tornar esse sonho realidade.” – Francesco Sciortino, professor da Universidade Sapienza, em reportagem de Globo.

Veja Também: Quais as principais propriedades da matéria e dos materiais?


Fontes: Revista Galileu.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo