Engenharia 360

Ainda indeciso sobre instalar sistema fotovoltaico em casa? Tire suas dúvidas!

Engenharia 360
por Luan Rodrigues
| 15/12/2021 | Atualizado em 12/05/2022 4 min

Ainda indeciso sobre instalar sistema fotovoltaico em casa? Tire suas dúvidas!

por Luan Rodrigues | 15/12/2021 | Atualizado em 12/05/2022

Ainda tem dúvidas de como ter um sistema fotovoltaico em sua casa ou não sabe nada sobre o assunto? Sem problemas! Aproveite as dicas deste artigo!

Que a energia elétrica está cara isso não é novidade, não é mesmo? Só em junho deste ano tivemos um aumento de 52% na bandeira vermelha patamar 2 e em 2022 pode passar dos 20% devido aos problemas de crise hídrica.

Todo esse aumento no nosso bolso, fez com que aumentasse bastante também a busca por formas de economizar. Uma delas, por exemplo, é a geração de energia através de placas fotovoltaicas. Com a conta mais cara e as pessoas trabalhando em casa, a busca pelos painéis aumentou. Segundo a Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o período de janeiro a agosto de 2021 teve 41% mais projetos instalados de geração distribuída que o mesmo período do ano anterior, totalizando 180 mil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Instalação de painéis
Imagem: Terra

Mas o que é preciso para ter em casa?

Para entender, o primeiro passo é reunir suas contas de energia dos últimos 12 meses e realizar uma média mensal dos custos. Com base nesse valor e a sua localização, você mesmo pode calcular através de sites, planilhas e outras formas, a quantidade necessária de painéis, a geração que será possível e o custo aproximado do material. Uma ideia é você utilizar o simulador do Portal Solar.

O próximo passo é encontrar uma empresa para orçar a instalação, realizar o projeto do sistema e acompanhar o desenvolvimento, e é aí que entra também o financiamento dos custos se precisar – falaremos sobre isso mais adiante.

Depois disso, é enviado, então, o projeto para a sua concessionária de energia para ser aprovado. É importante saber que é necessária a emissão de ART sobre o projeto e instalação assinada por um engenheiro eletricista ou eletrotécnico. Feito isso, a instalação do seu kit de energia solar é iniciada pelos técnicos, ele é composto basicamente pelos painéis fotovoltaicos, cabos e conectores, o inversor, os trilhos e estruturas de fixação.

Por último, é solicitada uma vistoria técnica da concessionária e, caso tudo esteja conforme, é agendada a troca do seu medidor por um bidirecional e, enfim, dado o aval para iniciar sua geração de energia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Engenharia 360 tem um artigo explicando detalhadamente os passos para instalar um sistema fotovoltaico em sua casa.

Entendendo os prazos

Anteriormente, vimos que até que seu sistema fotovoltaico esteja gerando energia, algumas etapas devem ser respeitadas e tem um prazo definido pela Aneel.

Uma vez realizada a solicitação para a concessionária avaliar o projeto, ela tem até 15 dias para emitir uma aprovação de microgeração.

Após a aprovação, o tempo de instalação depende muito da empresa contratada. Apesar de a instalação de todo o kit em uma residência ser relativamente rápida, ela pode ocorrer em até 120 dias.

Depois do sistema instalado, é necessário solicitar a vistoria técnica da concessionária, esse passo leva até 7 dias. Por fim, ela tem mais 7 dias para a aprovar o ponto de acesso e trocar o medidor.

Essas etapas são importantes para garantir a segurança em todos os processos de implantação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paineis solares
Imagem: Aldo Solar

Conhecendo os custos

Preços de kits fotovoltaicos são facilmente encontrados na internet, de várias marcas e em vários sites. Para termos uma noção, em uma casa que gasta R$300,00 de energia elétrica por mês, segundo o simulador, seria necessário um kit com 10 placas solares de 345W. No mesmo site, o custo da instalação completa sairia em torno de R$18.000,00 – logicamente pode variar para cada empresa. Vale a pena fazer uma simulação própria para o seu caso.

E compensa?

Para você que está mais inteirado nos investimentos, a pergunta é: vale a pena esse valor investido quando comparado com outros investimentos?

Segundo o Portal Solar é mais vantajoso sim, quando comparado com investimentos mais conservadores, ou seja, de menor risco, como também é o caso de um sistema fotovoltaico. Dependendo da tarifa da concessionária e do tamanho da instalação, o rendimento anual pode variar de 16,9% a 50%. Mesmo com a taxa Selic em 9,25% a.a., o investimento em energia solar ainda compensa e o aumento na conta de energia a torna ainda mais vantajosa. Além disso, o retorno do investimento se dá de 3,5 a 5 anos.

Inversores de frequência
Inversores | Imagem: Banco BV

Financiamento

Hoje é possível financiar seu projeto de energia solar através de vários bancos e com várias modalidades, um exemplo é igualar as parcelas do financiamento com o valor economizado na energia. Existem bancos que parcelam o investimento total, alguns com prazos maiores que os outros, variam bastante. Lembre-se que com os juros, o retorno do seu investimento demora um pouco mais, por isso, analise bem as opções para que isso não atrapalhe seu investimento. Converse com a empresa instaladora para escolher a melhor opção para você.

Espero ter tirado algumas de suas dúvidas. Deixe nos comentários se tem alguma sugestão!


Fontes: Portal Solar, Blue Sol, Ecom Energia, Folha

Comentários

Engenharia 360

Luan Rodrigues

Engenheiro eletricista e MBA em engenharia e gestão de energias renováveis. Fanático por filmes, música e tecnologia.