Engenharia 360

Vai reformar a casa? Saiba como diagnosticar condições de paredes e pisos

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 18/05/2022 | Atualizado em 23/11/2022 4 min

Vai reformar a casa? Saiba como diagnosticar condições de paredes e pisos

por Simone Tagliani | 18/05/2022 | Atualizado em 23/11/2022
Engenharia 360

Imagine que você está reformando um ambiente de casa e precisa aplicar novos revestimentos em paredes e pisos. Bem, precisa saber que o assentamento dessas peças só pode acontecer diretamente sobre alvenarias – seja em áreas internas ou externas da edificação – que estejam dentro dos quesitos mínimos. Por exemplo, bem planas, dentro do prumo, e mais. Podemos fazer um diagnóstico, claro! Mas se constatado que a situação não está adequada, pode ser preciso passar uma camada de emboço para a regularização das superfícies. Veja como é esse passo a passo no texto a seguir!

Como fazer o diagnóstico de paredes?

1. Planeza

Essa verificação deve ser feita com uma régua retilínea com cerca de 2 metros de comprimento. No teste, você precisa ver primeiro se os desvios excedem 3 mm e se isso passa de 20% da parede. Se sim, será considerado como um problema mais grave, necessitando refazer o emboço. Se não, será considerado como um problema menos grave, necessitando apenas a correção pontual do desvio.

2. Prumo

Essa verificação deve ser feita com um nível de prumo. E só será um problema grave se o desvio apontado for maior que a altura da alvenaria (em metro)/900.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Hometeka

3. Dureza

Já para testar a dureza de uma parede é simples, basta passar um prego em diferentes pontos. Essa base é boa quando o risco fica superficial, o que pode representar que ela é resistente aos esforços que será submetida. Contudo, na dúvida, pode ser preciso calcular isso.

4. Presença de Umidade

As paredes de casa também não podem apresentar umidade por capilaridade – por exemplo, descascado. Caso isso ocorra, será preciso um tratamento adequado antes da execução da aplicação do revestimento.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Casa Abril

5. Porosidade

Uma parede é considerada de baixa absorção quando jogamos água nela e o líquido escorre facilmente em direção ao chão. Mas se a água é absorvida muito rapidamente, será necessário molhar bem essa base antes da aplicação do revestimento.

6. Limpeza

As paredes de casa também não podem apresentar resquícios de óleo ou tinta e mesmo acúmulos de pó que impeça a boa aderência das massas de acabamento.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de JALICO

7. Correções

Se a massa de acabamento dessas superfícies não parece resistente, deve ser retirada e refeita antes da aplicação da própria camada de argamassa colante para os revestimentos.

8. Aderência do emboço

Um dos testes mais importantes é esse do emboço. Basta bater de leve com um martelo de borracha ou mesmo com a ponta dos dedos.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Viva Decora

Como fazer o diagnóstico de pisos?

1. Planeza

Assim como é feito para paredes, o teste de planeza para pisos deve ser feito com uma régua retilínea. E os desvios não devem ser maiores que 3mm em relação à régua.

2. Caimento

Pisos de áreas externas ou áreas molhadas, como varandas e box de chuveiro, precisam de caimento direcionado para portas de saída ou ralos – o quanto vai depender do caso. Lajes de cobertura, por exemplo, devem ter pelo menos 1,5% de caimento mínimo.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de CONSTRUINDO COM DETALHES

3. Dureza

Mais uma vez, a técnica da verificação adotada para as paredes deve ser repetida, ou seja, usando um prego. A base precisa apresentar condições compatíveis com os esforços ao qual será submetida.

4. Porosidade

Jogando um balde de água sobre o piso, se o líquido demorar a ser absorvido pela base, é porque é de baixa absorção. Mas se a água for absorvida rapidamente, será preciso molhar a base antes de iniciar o assentamento do piso. Só, atenção: lembre-se de não saturar, ou melhor, não exagerar na quantidade de água derramada!

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de a saga do apartamento

5. Limpeza

Claro que a base para o novo piso precisa ter zero resquícios de óleo, tinta, poeira, cimento hidrofungo e qualquer outra substância que impeça a boa aderência da argamassa colante. Pode ser preciso usar lavagem de alta pressão para a devida limpeza!

6. Aderência do contrapiso

Som de ‘oco’ repercutido após bater com os dedos ou martelo de borracha pode indicar que a há áreas soltas na base que precisarão ser refeitas. Aliás, aqui vai uma dica importante: revise como estão as retrações próprias do cimento e as juntas de dilatação, e se possíveis fissuras estão estabilizadas.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Mapa da Obra

Bônus | Normas que falam sobre os Tipos de Bases

Paredes

  • Para Áreas Externas – NBR 13-755: para emboço
  • Para Áreas Internas – NBR 13-754: para…
    • emboço sarrafeado ou desempenado:
    • concreto,
    • bloco vazados de concreto,
    • blocos de concreto celular,
    • e blocos sílico-calcários.

Pisos

  • Para Áreas Externas e Internas – NBR 13.753: concreto e contrapiso.

Veja Também:


O Engenharia 360 tem muito mais a compartilhar com você! Confira ao webstories a seguir!

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; estudante de Marketing; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo