Engenharia 360

Vai reformar a casa? Saiba como diagnosticar condições de paredes e pisos

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 18/05/2022 4 min

Vai reformar a casa? Saiba como diagnosticar condições de paredes e pisos

por Simone Tagliani | 18/05/2022

Imagine que você está reformando um ambiente de casa e precisa aplicar novos revestimentos em paredes e pisos. Bem, precisa saber que o assentamento dessas peças só pode acontecer diretamente sobre alvenarias – seja em áreas internas ou externas da edificação – que estejam dentro dos quesitos mínimos. Por exemplo, bem planas, dentro do prumo, e mais. Podemos fazer um diagnóstico, claro! Mas se constatado que a situação não está adequada, pode ser preciso passar uma camada de emboço para a regularização das superfícies. Veja como é esse passo a passo no texto a seguir!

Como fazer o diagnóstico de paredes?

1. Planeza

Essa verificação deve ser feita com uma régua retilínea com cerca de 2 metros de comprimento. No teste, você precisa ver primeiro se os desvios excedem 3 mm e se isso passa de 20% da parede. Se sim, será considerado como um problema mais grave, necessitando refazer o emboço. Se não, será considerado como um problema menos grave, necessitando apenas a correção pontual do desvio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

2. Prumo

Essa verificação deve ser feita com um nível de prumo. E só será um problema grave se o desvio apontado for maior que a altura da alvenaria (em metro)/900.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Hometeka

3. Dureza

Já para testar a dureza de uma parede é simples, basta passar um prego em diferentes pontos. Essa base é boa quando o risco fica superficial, o que pode representar que ela é resistente aos esforços que será submetida. Contudo, na dúvida, pode ser preciso calcular isso.

4. Presença de Umidade

As paredes de casa também não podem apresentar umidade por capilaridade – por exemplo, descascado. Caso isso ocorra, será preciso um tratamento adequado antes da execução da aplicação do revestimento.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Casa Abril

5. Porosidade

Uma parede é considerada de baixa absorção quando jogamos água nela e o líquido escorre facilmente em direção ao chão. Mas se a água é absorvida muito rapidamente, será necessário molhar bem essa base antes da aplicação do revestimento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

6. Limpeza

As paredes de casa também não podem apresentar resquícios de óleo ou tinta e mesmo acúmulos de pó que impeça a boa aderência das massas de acabamento.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de JALICO

7. Correções

Se a massa de acabamento dessas superfícies não parece resistente, deve ser retirada e refeita antes da aplicação da própria camada de argamassa colante para os revestimentos.

8. Aderência do emboço

Um dos testes mais importantes é esse do emboço. Basta bater de leve com um martelo de borracha ou mesmo com a ponta dos dedos.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Viva Decora

Como fazer o diagnóstico de pisos?

1. Planeza

Assim como é feito para paredes, o teste de planeza para pisos deve ser feito com uma régua retilínea. E os desvios não devem ser maiores que 3mm em relação à régua.

2. Caimento

Pisos de áreas externas ou áreas molhadas, como varandas e box de chuveiro, precisam de caimento direcionado para portas de saída ou ralos – o quanto vai depender do caso. Lajes de cobertura, por exemplo, devem ter pelo menos 1,5% de caimento mínimo.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de CONSTRUINDO COM DETALHES

3. Dureza

Mais uma vez, a técnica da verificação adotada para as paredes deve ser repetida, ou seja, usando um prego. A base precisa apresentar condições compatíveis com os esforços ao qual será submetida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

4. Porosidade

Jogando um balde de água sobre o piso, se o líquido demorar a ser absorvido pela base, é porque é de baixa absorção. Mas se a água for absorvida rapidamente, será preciso molhar a base antes de iniciar o assentamento do piso. Só, atenção: lembre-se de não saturar, ou melhor, não exagerar na quantidade de água derramada!

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de a saga do apartamento

5. Limpeza

Claro que a base para o novo piso precisa ter zero resquícios de óleo, tinta, poeira, cimento hidrofungo e qualquer outra substância que impeça a boa aderência da argamassa colante. Pode ser preciso usar lavagem de alta pressão para a devida limpeza!

6. Aderência do contrapiso

Som de ‘oco’ repercutido após bater com os dedos ou martelo de borracha pode indicar que a há áreas soltas na base que precisarão ser refeitas. Aliás, aqui vai uma dica importante: revise como estão as retrações próprias do cimento e as juntas de dilatação, e se possíveis fissuras estão estabilizadas.

revestimentos pisos e paredes da casa
Imagem reproduzida de Mapa da Obra

Bônus | Normas que falam sobre os Tipos de Bases

Paredes

  • Para Áreas Externas – NBR 13-755: para emboço
  • Para Áreas Internas – NBR 13-754: para…
    • emboço sarrafeado ou desempenado:
    • concreto,
    • bloco vazados de concreto,
    • blocos de concreto celular,
    • e blocos sílico-calcários.

Pisos

  • Para Áreas Externas e Internas – NBR 13.753: concreto e contrapiso.

Veja Também:

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; e proprietária da empresa Visual Ideias.