Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenheiro de Produção, seja um líder! E todos os outros engenheiros também

por Jéssica Dias | 02/07/2014
Copiado!

Atualmente, uma das habilidades mais procuradas pela indústria nos Engenheiros de Produção é a liderança, permitindo-os contribuir individualmente ou como líderes de projetos dentro das organizações.
O Engenheiro de Produção deve trabalhar para tornar os sistemas mais produtivos, criar sistemas de alto desempenho e, em ambos os casos, promover a melhoria contínua dos mesmos. Neste contexto, a liderança é exercida de forma que a organização seja transformada, seja criando uma visão e trabalhando para alcançá-la, gerenciando fluxos e eliminando desperdícios e/ou através de influência pessoal, direcionando a equipe para atingir metas.
Um dos resultados do exercício da liderança é convencer as pessoas – através do entendimento dos objetivos, do processo para alcança-las e suas consequências – a implementar comportamentos diferentes dos que têm sido usados.

engenheirodeproducao-blog-da-engenharia

Que tipos de mudanças podem ser promovidas?

As transformações que o Engenheiro de Produção pode oferecer variam em sua forma e intensidade, incluindo, mas não se limitando a:

  • desenvolver novos métodos, sistemas e procedimentos;
  • recomendar diferentes estratégias técnicas, de negócios ou de fabricação;

  • utilizar ferramentas para a solução de problemas que ainda não foram utilizadas;

  • estimular gerentes a ir ao chão de fábrica para checar progressos, oferecer feedback e tratar sobre as consequências;

 

O que se espera dos Engenheiros de Produção como líderes?

“Pensamento sistêmico”

O Engenheiro de Produção lida com sistemas de forma integrada, ou seja, considera pessoas, materiais, energia, informação, etc. como sistemas que fazem parte um todo. É necessário que ele entenda e comunique este significado ao mesmo tempo em que faz com que os trabalhadores se vejam como componentes significativos do sistema em questão. Seu papel é de observar o estado atual do negócio, visualizar um estado futuro e, de acordo com sua posição, fazer sugestões aos gerentes tanto em termos de processo quanto de conteúdo.

Iniciativa

Espera-se do engenheiro que ele identifique e busque oportunidades de melhorias não pensadas ou não executadas previamente; que seja proativo para ajudar seus parceiros mesmo sem ser pedido e mantenha sua proatividade mesmo quando a chance de sucesso é menor; que tenha visão e faça recomendações de onde se possa trabalhar em novos produtos, novos processos ou áreas que possam ser desenvolvidas.

Responsabilidade

Deve ser responsável por suas próprias ações – “minhas ações são minhas escolhas” e pela performance de parte do negócio.
Cooperation

Relacionamento com outros e inclusão

Comportamentos e valores apropriados e servir de exemplo para seus colegas mostrando respeito, credibilidade, sendo autêntico, etc. Ao desenvolver soluções, procurar diferentes pontos de vista, promover debates e incorporar as ideias apropriadamente dentro de suas soluções e recomendações.

Desenvolvimento tecnológico

Misturar ideias abstratas de diferentes fontes e transformá-las em métodos práticos de design e estratégias de melhorias; identificar e implementar o uso de tecnologias não previamente usadas e não óbvias para a maioria.

Implementação

Proatividade ajudando a liderar e avaliar a fase de implementação dos projetos para se certificar de que o trabalho feito atingiu o resultado esperado e para mostrar sua relevância e comprometimento para o sucesso do negócio.

Desenvolvimento de capacidades

Estimular os outros a aprender, crescer e trabalhar em algo nível através do compartilhamento de ideias e sugestões; promover honesto e construtivo feedback aos seus superiores, incluindo também os possíveis obstáculos para o progresso e as oportunidades perdidas.
engenheiros-blog-da-engenharia

Liderança de projetos

O engenheiro de produção influencia a direção futura da organização através de ideias originais e integrando o trabalho de seus colegas. Ele deve ser apto a liderar times multidisciplinares e a planejar e organizar projetos que lidam com grandes, complexos, ambíguos e não-estruturados problemas e a produzir resultados mesmo em casos onde não esteja em posição de “autoridade”.
E você, concorda? O que acrescentaria e/ou mudaria em relação ao papel do Engenheiro de Produção como líder? Deixe sua opinião nos comentários!
 
**Texto baseado no artigo Industrial Engineers as Leaders, por John Kaemmerlan e Robin Burkholder.

Copiado!
Engenharia 360

Jéssica Dias

Engenheira de Produção formada pela UENF com mais de dois anos de experiência em cadeia de suprimentos (supply chain), passando por funções nas áreas de logística, processos e planejamento de materiais. Apaixonada por tecnologia, leitura, ensinar o que sei e ajudar a outras pessoas a serem melhores em suas carreiras.

Comentários