Engenharia 360

Saiba tudo sobre a construção da cidade inteligente que recebe a Copa do Mundo de 2022

Engenharia 360
por Larissa Fereguetti
| 10/11/2018 | Atualizado em 13/09/2023 3 min

Saiba tudo sobre a construção da cidade inteligente que recebe a Copa do Mundo de 2022

por Larissa Fereguetti | 10/11/2018 | Atualizado em 13/09/2023
Engenharia 360

A última Copa do Mundo realizada no Brasil (2014) não deixou boas lembranças. Além do amargo e inesquecível 7x1, o que restou após o evento foram estádios com infraestrutura precária, visto que muitos praticamente não ficaram prontos direito. Enquanto isso, quase do outro lado do mundo, o Catar construiu uma cidade inteligente para receber a Copa de 2022, a Lusail. Mas um problema: por muito tempo ela ficou sem qualquer habitante.

Cidade inteligente que vai receber a Copa de 2022
Imagem: businessinsider.com

A cidade inteligente que vai receber a Copa do Mundo de 2022

O Catar decidiu construir uma cidade inteligente chamada Lusail, que vai sediar a Copa. O que antes era deserto, logo ficou com características de cidades, já que os prédios, ruas, estádios, sistemas de transportes e outros foram super bem planejados. Mas demorou - olha que demorou - para atingir o número de pessoas suficientes para povoar essa cidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cidade inteligente que vai receber a Copa de 2022
Imagem: esporte.ig.com.br

O projeto começou em 2005, mas só foi definido como sede da Copa em 2010. Em 2014, quando Lusail ainda era um projeto, o custo estimado era de 45 bilhões de dólares, com término das obras para 2020, parte do Qatar National Vision 2030, um plano ousado que pretende desenvolver o país nos sentidos econômico, ambiental, social e humano.

Como uma cidade do futuro, ela tem como base a tecnologia, a sustentabilidade e a mobilidade. Na cidade, haverá trens, ônibus, ciclovias, táxis aquáticos, estacionamentos subterrâneos e mais. Ainda, a cidade foi planejada pensando no mínimo deslocamento, de modo que cada região conta com a infraestrutura adequada (escola, comércio, etc.).

Cidade inteligente que vai receber a Copa de 2022
Imagem: esporte.uol.com.br

Em Lusail também há tubulações específicas para os resíduos sólidos, que serão levados para locais de tratamento e reciclagem. Há quatro estações de esgoto e a água que sai do tratamento será usada para resfriamento da cidade, o que permitirá reduzir consideravelmente a emissão de gás carbônico.

Lusail também ostenta: há ilhas artificiais repletas de luxo e prédios inteligentes recheados de tecnologia, a qual torna a vida muito mais confortável. Pelas ruas, o Wi-Fi é gratuito e há pontos de informações espalhados. Para completar, câmeras de segurança e internet de fibra ótica com mais de 1GB de velocidade. Quer mais? 30% da cidade é dedicada a áreas verdes e locais abertos e haverá vários centros esportivos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cidade inteligente que vai receber a Copa de 2022
Imagem: esporte.uol.com.br

Um exemplo a ser seguido

Ficou com inveja? Vale lembrar que o Catar é o primeiro país do Oriente Médio a sediar uma Copa do Mundo. É um país pequeno, mas é um dos mais ricos do mundo. Só por isso, é um pouco injusto comparar a sua situação à do Brasil. Mas, não podemos esquecer que tamanho do território não impede de cumprir prazos, estabelecer o planejamento adequado ou investir em infraestrutura. O Brasil falhou na Copa de 2014 não só no jogo com a Alemanha, mas também na forma como tudo foi planejado e executado.

copa do mundo
Imagem: architecturemagazine.com

Porém, não adianta chorar pelo que aconteceu há alguns anos. Vamos usar o Lusail como exemplo de planejamento urbano de um futuro bem próximo e que, na próxima Copa, o Brasil esteja devidamente preparado, tanto na infraestrutura quanto no futebol.

Veja Também: Confira o design da bola da Copa do Mundo FIFA 2022 (e de todas as outras Copas)


Fontes: Business Insider; Haaretz; UOL.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Cientista e Engenheira de Saúde Pública, com mestrado, também doutorado em Modelagem Matemática e Computacional; com conhecimento em Sistemas Complexos, Redes e Epidemiologia; fascinada por tecnologia.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo