Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Brasil pode demandar até 1,1 milhão de engenheiros até 2020

por Clara Ribeiro | 17/09/2015
Copiado!

engenhariatrabalho-blog-da-engenharia

Um estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que a crise não afetará o setor de engenharia nos próximos anos. O resultado da pesquisa conclui que a demanda brasileira por engenheiros deve criar ao menos 660 mil postos de trabalho até 2020.

Dentre as áreas da engenharia, a de petróleo e gás, que inclui extração e refino, apresentará o maior crescimento relativo de vagas, entre 13% e 19%.

engenharia-gás-blog-da-engenharia

Os pesquisadores Aguinaldo Maciente e Paulo Nascimento, do próprio Ipea, consideraram três cenários de crescimento médio anual da economia no Brasil até 2020.

No primeiro, o número de vagas chegaria a 658 mil, equivalente a 2,5%.  No segundo cenário, alcançaria os 4%, com 930 mil. E no terceiro, 5,5%, e bateria 1 milhão de vagas. Entre os anos de 1996 e 2010 o PIB atingiu a taxa média de 3,1%, indicou o estudo.
engenheiros-blog-da-engenharia
De acordo com a análise, a expansão dos cursos de engenharia é a responsável pela alta demanda. Na realidade, o número de ingressantes na habilitação já vem subindo desde 2000. Até 2012 atingiu 351%.
A atual necessidade do mercado por estes profissionais também ajudou com que aumentasse o número de estudantes. Entretanto, os pesquisadores não descartam a possível falta de peritos em áreas específicas, como os setores de extração mineral e construção, citadas pelo estudo como mais críticas.
Imagens: Shutterstock

Copiado!
Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.

Comentários