Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Bitucas de cigarro: o que fazer com elas? [Veja exemplos de reciclagem!]

por Simone Tagliani | 12/08/2021

As bitucas de cigarros poderiam deixar de ser lixo poluente e virar matéria-prima na construção civil e mais. Veja exemplos de casos!

O hábito de fumar é péssimo para a saúde humana, mas também para o meio ambiente – e de um jeito que você talvez nem imagine! A lista de malefícios é quase interminável! As bitucas jogadas no chão vão para onde, já imaginou? Já te dizemos: elas vão parar em bueiros, nascentes, rios e oceanos. Terrível isso!

A saber, mais de 6 trilhões de cigarros são produzidos a cada ano em todo o mundo. O resultado disso são 1,2 milhão de toneladas de lixo tóxico despejado no meio ambiente. São 4,5 trilhões de bitucas que não vão para o lixo e acabam poluindo lindas ruas e parques das cidades, além dos lençóis freáticos presentes em seu subsolo. Mas, daí? Veja, a seguir, os problemas causados por esses “toquinhos” na natureza e ideias para o destino desses resíduos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que as bitucas de cigarro provocam na natureza?

As bitucas de cigarro contém em sua composição cerca de 7 mil substâncias químicas. Na lista, nicotina, metais pesados ​​e outras toxinas – antes de se transformarem em microplásticos. Ou seja, um toquinho só pode poluir dezenas de litros de água! Então, é óbvio que devemos pensar em como dar um tratamento melhor e um novo destino para esse poluente!

reciclagem de resíduos
Imagem extraída de Pixabay

O que se pode fazer com bitucas de cigarro?

Sim, as bitucas de cigarro sempre serão um problema. Melhor mesmo seria se as pessoas parassem de fumar, é claro! Mas, como parece que isso não irá acontecer tão cedo, o que fazer? Bem, uma ideia é reciclar as bitucas. Isso pode ser uma boa opção para economizar energia e ainda resolver um problema global de lixo.

Exemplo de caso 1

Uma startup mexicana chamada Ecofilter encontrou na própria natureza uma solução. A ideia da empresa é utilizar um fungo chamado Pleurotus ostreatus (ou cogumelo ostra) para tratar as bitucas e conseguir reciclá-las. Nesse caso, as toxinas podem ser eliminadas em cerca de 30 dias. E a sobra desse processo é a polpa de celulose que pode ser transformada em produtos de papel. Inclusive, conforme a Ecofilter, a primeira estação de tratamento já foi inaugurada em Tlajomulco, no estado de Jalisco (México). A ideia é utilizar o material tratado na fabricação de celulose!

reciclagem de resíduos
Imagem extraída de Razões para Acreditar

Exemplo de caso 2

Outra iniciativa, agora do Dr. Abbas Mohajerani, da Universidade RMIT, da Austrália, considera reciclar as bitucas de cigarro como matéria-prima para a fabricação de tijolos em grande escala para a Indústria da Construção Civil. E o pesquisador garante que a fabricação não apresenta riscos de contaminação para o meio ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esses tijolos são considerados ecológicos. No visual, são absolutamente iguais aos tradicionais; a diferença está mesmo na produção e na composição das peças, além dos resultados de resistência. Os tijolos de bitucas levam 1% de conteúdo de bituca de cigarro reciclada – pontas inteiras, pontas pré-trituradas ou uma pré-mistura onde as pontas já foram incorporadas a outros materiais. Veja outras vantagens:

  • usam menos energia para serem fabricados;
  • são bem fortes;
  • mais leves;
  • e fornecem melhor isolamento, o que significa custos reduzidos de aquecimento e refrigeração.
reciclagem de resíduos
Imagem extraída de Gazeta do Povo

Quais os benefícios da reciclagem das bitucas de cigarro?

Imagina se apenas 2,5% da produção anual global de tijolos incorporasse 1% de bitucas de cigarro. Como seria? Bem, isso compensaria a produção total de cigarros a cada ano. Não seria perfeito?

 “A queima de bitucas em tijolos é uma maneira confiável e prática de lidar com este terrível problema ambiental, ao mesmo tempo em que reduz os custos de produção de tijolos.”, – professor Abbas Mohajerani – ecycle

Podemos ainda utilizar as bitucas de cigarro como agregado em massas de concreto asfáltico. Mas tanto essa tecnologia quanto a dos tijolos de bitucas sofrem com o mesmo problema, que é a falta de unidades de reciclagem da matéria para fabricação. Contudo, iniciativas como estas nos enchem de esperança. Algo assim é extremamente necessário para a manutenção de uma vida sustentável e um planeta mais saudável!

reciclagem de resíduos
Imagem extraída de ArchDaily Brasil

Veja Também: Conheça 3 novas estratégias de construção com materiais alternativos


Fontes: Razões para Acreditar, CicloVivo, Instituto da Construção, Ecycle.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.