Engenharia 360

Confira Imagens do Primeiro Avião do Metaverso do Mundo: Um Projeto Turístico Controverso

Engenharia 360
por Redação 360
| 08/08/2023 4 min
Imagem reproduzida de Jorge Filho, TV Globo, via G1

Confira Imagens do Primeiro Avião do Metaverso do Mundo: Um Projeto Turístico Controverso

por Redação 360 | 08/08/2023
Imagem reproduzida de Jorge Filho, TV Globo, via G1
Engenharia 360

O "primeiro avião do metaverso do mundo" é brasileiro, sim! Trata-se de um projeto da prefeitura de Barra do Piraí, no Sul do Rio de Janeiro, e que envolve a instalação de um Boeing 727-200, de 52 metros de comprimento, no distrito de Ipiabas. O avião seria utilizado como um local de contato com ferramentas de realidade virtual, onde turistas poderiam experimentar experiências imersivas em um ambiente virtual.

No entanto, a iniciativa tem sido alvo de polêmica. Até o momento, foram gastos mais de R$ 1 milhão no projeto, incluindo a pintura do avião, transporte e montagem da aeronave.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto do circuito turístico de Ipiabas, do qual o avião do metaverso faz parte, inclui outras atrações, como um vagão de trem transformado em bar de gelo. Estima-se que as obras para o circuito turístico custem R$ 10 milhões aos cofres públicos. Mas talvez os planos não se concretizem. Entenda o porquê neste texto do Engenharia 360!

Quais foram os impactos ambientais da instalação do avião do metaverso?

Os impactos ambientais da instalação do avião na praça de Barra do Piraí foram o corte de 40 árvores e o fim de uma quadra esportiva, o que causou insatisfação nos moradores da região.

Os moradores estão também insatisfeitos com o projeto do avião do metaverso porque ele tem consumido muito dinheiro público. Além disso, a iniciativa não foi discutida com a população local, que se sente desrespeitada por não ter sido ouvida sobre as mudanças que estão ocorrendo em sua própria cidade. Inclusive, a construção do circuito turístico está sendo feita sem se quer levar em conta a identidade, história e vocação turística da região.

Primeiro Avião do Metaverso do Mundo
Imagem reproduzida de Jorge Filho, TV Globo, via G1
Primeiro Avião do Metaverso do Mundo
Imagem reproduzida de Jorge Filho, TV Globo, via G1

Agora, o projeto está sendo questionado pelo Ministério Público e pelo Tribunal de Contas do Estado, que alegam que ele vai contra as características históricas da região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também:

TouchDIVER: conheça o dispositivo capaz de ampliar o sentido do tato no Metaverso

Metaverso fracassou? É o que dizem os funcionários do Facebook

Metaverso no mundo dos Games é coisa do passado [Entenda]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quais são outros exemplos de atrações turísticas imersivas no mundo de realidade virtual ao metaverso?

Museus e Exposições

Não podemos deixar de citar os vários museus e instituições culturais que já incorporaram elementos de VR e AR em suas exposições para oferecer experiências interativas e imersivas aos visitantes. Por exemplo, o Museu Britânico em Londres e o Louvre em Paris experimentaram com experiências de VR relacionadas a artefatos históricos.

realidade virtual e metaverso
Imagem de DCStudio em Freepik

Cidades virtuais

Seul, na Coreia do Sul, está criando neste momento o "Metaverse Seoul", uma cidade virtual dentro do metaverso, com o objetivo de fornecer serviços e experiências virtuais até 2026. A cidade planeja utilizar gêmeos digitais, realidade virtual e inteligência artificial para melhorar os serviços e turismo. A iniciativa busca envolver os cidadãos como avatares, embora enfrente desafios com a proibição de criptoativos no país.

Perto do país, o mercado de turismo na China quer inovar e também está buscando a digitalização da indústria cultural e turística, incluindo o uso do metaverso para enriquecer a experiência dos turistas. Diferente da Coreia, o metaverso tem recebido apoio do governo chinês e pode integrar o virtual e o real nas viagens culturais.

realidade virtual e metaverso
Imagem de shayne_ch13 em Freepik

Novos postos de trabalho

Uma cidade dos Emirados Árabes lançou recentemente o Sharajahverse, um metaverso que apoia o turismo virtual e criação de empregos. Com 2.590 km², é descrito como fotorrealista e tem apoio da Autoridade de Desenvolvimento de Comércio e Turismo de Sharjah. A empresa Multiverse Labs é responsável por construí-lo, utilizando inteligência artificial e avatares de pessoas reais. O objetivo é transformar o turismo com novas tecnologias e práticas sustentáveis.

realidade virtual e metaverso
Imagem de pressfoto em Freepik

Multiverso para viajantes

Companhias aéreas Qatar Airways e Emirates lançaram experiências de realidade virtual no metaverso. E empresas hoteleiras, como CitizenM e Millennium Hotels & Resorts, também aderem à tecnologia para oferecer novas experiências aos clientes.

realidade virtual e metaverso
Imagem de @wavebreakmedia_micro em Freepik

Mais exemplos

  • Visitar o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, ou a Torre Eiffel, em Paris, por meio de simulações virtuais.
  • Visualizar destinos como Paris ou Nova York através de óculos VR para tomar decisões mais precisas.
  • Ver o interior do hotel que se pretende ficar antes da viagem, reduzindo a chance de insatisfação com a acomodação.
  • Passear virtualmente pelas ruas de cidades turísticas para conhecer o destino desejado antes da viagem.
  • Acessar o metaverso através de celular e internet ou com óculos VR e um dispositivo, como o Kat Walk, para uma experiência mais imersiva.

Lembre-se de que a tecnologia e as atrações turísticas evoluem rapidamente, e novas experiências semelhantes e até mais surpreendentes ao metaverso devem surgir em breve. Acompenhe as nossas notícias para obter informações atualizadas sobre atrações similares em todo o mundo!

Veja Também:


Fontes: G1.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo