Engenharia 360

Smart City Expo 2022: confira os avanços inteligentes previstos na feira de Curitiba

Engenharia 360
por Redação 360
| 01/04/2022 | Atualizado em 07/04/2022 4 min

Smart City Expo 2022: confira os avanços inteligentes previstos na feira de Curitiba

por Redação 360 | 01/04/2022 | Atualizado em 07/04/2022
Engenharia 360

Nos dias 24 e 25 deste mês de março de 2022, Curitiba foi exemplo para o mundo! No Centro de Eventos Expo Barigui, no Parque Barigui, aconteceu a terceira edição da feira Smart City Expo, com o foco no compartilhamento de soluções da cidade para a melhoria do dia a dia da população. Foram mais de 10 mil visitantes presenciais, de 30 nacionalidades diferentes, que puderam aproveitar toda a programação presencialmente – um número 46% maior em relação ao público presente em 2019. A programação reuniu especialistas representantes de grandes empresas e startups, universidades, hubs de inovação, entidades de fomento, movimento sociais, profissionais de vários setores de economia criativa, além de governistas, tendo o apoio da prefeitura, da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e do Vale do Pinhão. Saiba mais no texto a seguir!

Smart City Expo
Imagem reproduzida de Gazeta do Povo

O objetivo da Smart City Expo Curitiba

Dizem que os curitibanos querem fazer a cidade virar um símbolo mundial da inovação! Inclusive, o objetivo da realização da Smart City Expo Curitiba seria abrir o debate e expor soluções para o desenvolvimento sustentável e ecológico dos municípios brasileiros – sobretudo agora neste momento de tentativa de retomada da economia nacional. E, nesse sentido, a capital tem dado muitos passos adiante como cidade inteligente, com a adoção de inovações que tem chegado cada vez mais aos cidadãos, assegurando a justiça social.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Smart City Expo
Imagem reproduzida de Jornale
Smart City Expo
Imagem reproduzida de Anderson Laus Netto

Veja Também: As cidades inteligentes podem ser a solução para os atuais problemas urbanos?

As pautas abordadas na feira

O foco sempre foi chamar atenção de outras prefeituras de diversos estados para as novas possibilidades – inclusive de Engenharia, Finanças e Saúde. O que se deseja é que as ideias passem de promessas para Cidades Inteligentes tangíveis para os cidadãos do país!

Levando tudo isso em conta, durante a Smart City Expo Curitiba 2022, foram debatidas as seguintes pautas:

  • Mudanças para os novos modelos de transporte;
  • Modelos para cidades inteligentes e sustentáveis;
  • Emprego da tecnologia e informação;
  • Futuro dos centros urbanos;
  • Apoio ao empreendedorismo;
  • E outros programas.

E isso dentro de tais áreas de estudo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Tecnologia e Inovação;
  • Negócios Disruptivos;
  • Governança e Desenvolvimento de Ecossistemas;
  • E Cidades Inteligentes e Sustentáveis.
Smart City Expo
Imagem reproduzida de Massa News
Smart City Expo
Imagem reproduzida de SC Inova

As melhores novidades de 2022

  • Telão multitouch para serviço de telemedicina;
  • Fazenda urbana;
  • Sistema de compostagem que transforma cascas de legumes, frutas, ovos e até filtros de café em um potente adubo orgânico usado nas hortas da comunidade;
  • Irrigação inteligente inovadora e barata para plantio de alimentos;
  • Calhas plásticas modulares;
  • Hortas para apartamentos sem necessidade de luz natural;
  • Muralha Digital;
  • Wi-Fi Curitiba;
  • Tecnoparque;
  • Óculos de RV para aprendizado de inglês;
  • Óculos especiais que permitem enxergar além da própria visão, produzindo uma realidade mista;
  • Sensores para bueiros inteligentes, que usa a tecnologia da internet das coisas para monitorar as condições das “bocas de lobo”, mais um filtro acoplado e sensor volumétrico, reduzindo a chance de enchentes;
  • Tecnologia B1K3Lab para ser instalado em bicicletas, coletando informações em tempo real das ruas da cidade, ajudando no monitoramento ambiental e do trânsito;
  • Tecnologia Check UFPR, para rastreio do covid-19;
  • Sistema de produção de eletricidade com uso de lixo e microalgas;
  • Kit para carros elétricos carregarem usando resíduos;
  • Sistema Wifi Wiz para customização de redes WiFi, com possibilidade de venda de espaços publicitários por meio de vídeos, fotos ou textos;
  • Sistemas de alerta e monitoramento de riscos como inundações e outros desastres naturais alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS);
  • Laboratório “de bolso” que faz exames remotos – como de glicose e gravidez – por meio de um dispositivo eletrônico;
  • Quadro da bicicleta Boobike, inteiramente de bambu – material menos poluente, resistente e leve;
  • Técnica de aspersão nanométrica de agente descontaminante para eliminar microorganismos;
  • Sistema para desinfecção em ambientes através da luz UV-C (ultravioleta C), capaz de dissociar moléculas e as informações genéticas do coronavírus, impedindo que ele se reproduza;
  • Aplicativo que ajuda deficientes visuais a se localizarem dentro da cidade;
  • Kits “Yellow Box” para montagem de protótipos de robôs e pontes produzidos em impressora 3D;
  • Kit de programação e robótica para escolas municipais, composto por módulos, sensores e mecanismos;
  • Etc.

A saber, a Smart City Expo Curitiba abriu a programação dos mais importantes fóruns internacionais sobre cidades inteligentes. Depois da edição curitibana, já estão confirmados os Smart City Expo de Doha (Catar), Mérida (México), Miami (EUA), Xangai (China) e Barcelona (Espanha). Vamos aguardar as novidades!

Veja Também: O que deve acontecer com o urbanismo das grandes cidades pós Covid-19?


Fontes: CGN, UOL, SOT, Bem Paraná.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.

Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos: