Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Arquitetura Bioclimática: o que a ventilação natural faz pela pandemia?

por Marceile Torga | 04/08/2020
Copiado!

Em momentos como esse, é possível diminuir o contágio da doença melhorando a ventilação dos ambientes

Após pressão da comunidade cientifica do mundo todo, a OMS admitiu no início do mês de julho que existe a possibilidade de que o novo coronavírus seja transmitido pelo ar. Isso seria possível se for considerado que micropartículas expelidas pela respiração e a fala fiquem em suspensão durante um tempo. Assim, verifica-se a necessidade de um ventilação com constante renovação de ar. A Arquitetura bioclimática, por meios da ventilação natural dos ambientes, pode ser então um fator mitigador da transmissibilidade do COVID-19.

É muito comum que ambientes comerciais, principalmente escritórios, bares e restaurantes, mantenham-se fechados, com o uso de ventilação mecânica. Segundo dados da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-condicionado, Ventilação e Aquecimento, a maioria das pessoas passam até 85% do tempo em ambientes fechados, respirando aproximadamente 10 mil litros de ar.

Considerando o cenário sanitário atual, estar em locais fechados como esses, segundo estudos publicados recentemente, pode ser bastante perigoso.

Benjamim Cowling, um dos cientistas que assinou a carta direcionada à OMS, afirmou que é necessária uma exposição prolongada a essas partículas microscópicas, então seria pouco provável um contagio dentro de uma loja ou elevador, por exemplo, mas quando se fala de restaurantes, escritórios e transporte público, é necessário ter mais cautela.

A ventilação nesses ambientes

Como já é sabido, o ar condicionado suga o ar mais quente do ambiente e devolve-o resfriado. Sua circulação dentro do cômodo ocorre por convecção: o ar frio, mais denso, desce empurrando o ar quente para cima. Esse fluxo contínuo é capaz de levar essas micropartículas por toda a extensão do ambiente, sendo possível a contaminação dos indivíduos que nele estão.

Mas você deve estar pensando: muitos desses aparelhos hoje em dia possuem filtros antimicrobianos, sendo que alguns no mercado prometem inclusive combater o vírus H1N1. Pois é, mas estudos recentes comprovaram que houve infecções em ambiente fechado com ventilação por ar condicionado.

Entrada e saída de ar no ar-condicionado
Vídeo: lg.com.br

O caso mais conhecido foi de um jantar, em janeiro, em um restaurante na cidade de Guangzhou, na China, onde ocorreu a infecção de 10 pessoas apenas por um indivíduo. Essas pessoas estavam em diferentes grupos e não tiveram contato entre si ou com superfícies contaminadas. A conclusão do estudo realizado pelas autoridades chinesas foi de que o paciente contaminado teria liberado essas partículas microscópicas por meio da respiração e da fala, e a circulação no ar se deu através do sistema de ar-condicionado. Situações como essa são consideradas preocupantes pois possuem um potencial bem maior de contaminação.

Qual a melhor saída?

A OMS tem exaustivamente recomendado o isolamento social com a prática do home office, mas nem sempre isso é possível, então, segundo o órgão, a melhor prática é a utilização das máscaras, a assepsia das mãos e evitar manter-se por muito tempo em locais fechados. Além disso, como no caso dos escritórios, recomenda-se que sejam mantidas todas as janelas do ambiente abertas, permitindo uma maior circulação e renovação de ar.

E no futuro, como será?

Quando se trata do vírus Sars-CoV-2, tudo é muito novo. É possível, inclusive, que a indústria de ar-condicionado seja capaz de desenvolver um filtro que combata esse vírus, assim como foi feito para outros microrganismos. Mas, e se houver outro vírus tão perigoso como esse num futuro não tão distante? O que a engenharia e a arquitetura podem fazer para auxiliar nessas situações?

Além das questões de sustentabilidade, a ventilação natural auxilia em manter o ambiente arejado e diminui riscos de contágio. Esse é um dos preceitos da Arquitetura Bioclimática.

Arquitetura Bioclimática

A Arquitetura Bioclimática é uma concepção de espaços, considerando as condições climáticas, fazendo uso dos recursos naturais disponíveis, minimizando impactos ambientais e o consumo energético. Inicialmente pode se tratar de uma construção cara, mas é possível que os valores sejam revertidos posteriormente.

Apesar do conceito parecer atual, é uma forma de projetar muito antiga. podendo ser observada por exemplo na configuração urbana das cidades romanas, que se dá de acordo com a orientação solar, nas casas do Sul de Portugal com suas fachadas caiadas ou os pátios interiores das edificações árabes. Seu maior preceito é a adaptação à temperatura, utilizando primordialmente o conceito de ventilação natural. É importante lembrar que as questões climáticas variam de acordo com a região, então deverá o projetista estudar bem a sua em questão.

Técnicas de resfriamento e ventilação natural

  • Ventilação cruzada: Essa técnica se vale do aproveitamento da diferença de pressão entre lados opostos da edificação, isso faz com que haja um fluxo de ar dentro da edificação que é insuflado pelas aberturas do lado de maior pressão e puxado pelas aberturas do lado de menor pressão.
  • Ventilação induzida: faz uso de sistemas de indução térmica para o resfriamento do ar. Consiste em colocar uma saída de ar sobre a parte superior das edificações para que o ar quente possa escapar. Pode-se dizer que essa técnica se trata de um ar condicionado natural.
Esquema de ventilação natural no interior de uma edificação
Imagem: ekohaus.com.br

Vale lembrar, que aliado a essa ventilação, poderão ser utilizados outros recursos para auxiliar na diminuição de temperatura das edificações, tais como: jardins próximos aos pontos de tomada de ar, intervenções mínimas na vegetação natural do terreno, antes das construções, telhados verdes, paredes mais espessas, pinturas refletoras de raios solares, fontes com reaproveitamento de água de chuva, dentre tantas outras medidas arrefecedoras.

Referências: OMS; BBC; LG; Revista Habitare; UNB.

Veja também:

E você, já conhecia o conceito da Arquitetura Bioclimática? Quer saber mais? Deixe sua mensagem nos comentários.

Copiado!
Engenharia 360

Marceile Torga

Engenheira Civil, apaixonada por sua profissão, que gosta de aprender de tudo um pouco e de ensinar também.

Comentários