Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Arqueólogos anunciam descoberta de templo budista liderado por mulher há mais de mil anos

por Redação 360 | 16/01/2021

Uma equipe de arqueólogos fez uma descoberta que mostra que, possivelmente, a divisão de gênero de nossa sociedade já foi algo muito mais equilibrado do que vemos hoje. Durante algumas escavações em Bihar, ao leste da Índia, a equipe encontrou resquícios de um templo budista Mahayana datado do século 11 ou 12, liderado por uma mulher. Repleto de singularidades, acredita-se que ele tenha sido liderado pela monja Vijayashree Bhadra.

homem de pé ao lado de templo budista
Imagem: Reprodução Facebook/Excavation at Lal Pahari

Dois selos de argila queimada com escrita sânscrita do século 8 ou 9 indicam que o nome do mosteiro era “O Conselho dos Monges de Śrīmaddhama vihāra”. Ademais, ao contrário da maioria dos templos budistas, todas as celas tinham portas, o que sugere que os monges eram todos do sexo feminino ou que homens e mulheres viviam ali juntos, como afirma o jornal Times of India.

pessoas observando objetos escavados no local
Imagem: Reprodução Facebook/Excavation at Lal Pahari

Especialistas também chamam atenção para a arquitetura, inédita para um local de alta atitude como Bihar. “Monastérios foram descobertos em muitos locais dessa área, mas essa é a primeira construção no topo de uma colina”, disse à publicação o arqueólogo Anil Kumar, líder do estudo e pesquisador da Universidade Visva Bharati. Acredita-se que a escolha do local do templo budista tinha a intenção de se afastar das atividades humanas para praticar os rituais Mahayana em tranquilidade.

escavações do templo budista liderado por mulher
Imagem: Reprodução Facebook/Excavation at Lal Pahari

Na entrada da câmara principal do templo, foram encontrados dois bodhisattvas, figuras do budismo que representam a sabedoria suprema e personificam a compaixão. De acordo com Kumar, a região onde o templo se localiza funcionava como centro administrativo do Império Pala, cuja rainha era Mallika Devi. Mencionada na literatura budista, a dinastia Pala governou Bihar e Bengala entre os séculos 8 e 12.

Fonte: Revista Galileu

O que você achou da descoberta? Comente!

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.