Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Introdução Básica ao Arduíno | 360 Explica

por Engenharia 360 | 11/09/2014
Copiado!

No post passado, falei sobre o boom da eletrônica open source, e agora vou falar mais sobre o Arduino, o que fazer com ele, alguns projetos e conceitos importantes de serem estudados para conseguir mexer e executar na prática.

Esses conceitos são:

  • Eletrônica Analógica básica (corrente contínua e alternada, tensão, resistência, circuitos elétricos);
  • Eletrônica Digital básica (números binários, adição e subtração dos mesmos, lógica booleana e circuitos integrados);
  • Lógica de Programação (lembrando que o Arduino é programado em C++).

Lembrando que os itens acima são de conhecimento obrigatório para quem quer realizar projetos com Arduino.

Outro item essencial é a Protoboard, uma placa que nos permitirá fazer testes de circuitos antes de imprimirmos numa placa de circuito impresso (PCB), o que será tema de uma outra publicação mais pra frente.
Abaixo você consegue ver uma protoboard:

Protoboard arduino
Protoboard


 
Para um projeto básico inicial, escolhi um circuito para acender um LED. Parece ser um circuito simples, e de fato é, mas com o Arduino podemos fazer coisas legais, como fazer o LED piscar em função de um tempo.
Primeiramente, precisamos de um LED, um resistor ordinário (1k) e dois fios adequados para o pad da protoboard. Montamos a protoboard da seguinte maneira:
 

Podemos montar desses dois jeitos. Note onde estão os pólos positivos e negativos.
Podemos montar desses dois jeitos. Note onde estão os pólos positivos e negativos.

Conectamos o cabo que está na coluna do pólo positivo (+) na entrada digital do Arduino e o que está na coluna negativa (-), no GND do Arduino, que pode ser encontrado no conjunto dos POWER Pins.

Arduino Board e suas Entradas
Arduino Board

Montado o circuito, conectamos o cabo de dados do Arduino no computador, abrimos a IDE, que está disponível para download aqui, e adicionamos o seguinte

int led = 13;
void setup() {
pinMode(led, OUTPUT);
}
void loop() {
digitalWrite(led, HIGH);
delay(1000);
digitalWrite(led, LOW);
delay(1000);
}

Definimos em qual entrada digital o led está conectado (int led = 13), no caso, a entrada 13.

Em void setup(), declaramos o pino que o LED está conectado como OUTPUT.

Em void loop(), forçamos o LED a acender (HIGH) e apagar (LOW), com um delay de 1000 ms, ou 1 segundo. Na estrutura loop, os comandos são repetidos por um infinito espaço de tempo, até que você resete o Arduino.
Ok pessoal? O básico é isso. Quem entender bem esses fundamentos estará preparado para o próximo projeto, que será mais complexo. Espero que tenha ficado claro para todos e, em caso de dúvidas ou sugestões, deixe um comentário aqui.
 


+ Texto por Matheus Correia dos Reis. Estudante de Engenharia Eletrônica no Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, com experiência em projetos científicos dentro e fora da universidade, Green Belt Six Sigma Certificado, estagiário em Engenharia de Produto na HP. Apaixonado por Matemática, Automação e novas tecnologias e nas horas vagas luta Kung Fu!


Quer ter seu texto publicado aqui? Nos envie por email para [email protected] e se o conteúdo for aprovado nós publicamos!

Copiado!
Engenharia 360

Engenharia 360

Engenharia para todos.

Comentários