Engenharia 360

Copa do Mundo 2022: como funciona a tecnologia de ar-condicionado dos estádios?

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 01/09/2022 | Atualizado à 15 horas 3 min

Copa do Mundo 2022: como funciona a tecnologia de ar-condicionado dos estádios?

por Simone Tagliani | 01/09/2022 | Atualizado à 15 horas
Engenharia 360

O Catar é uma das regiões mais quentes do nosso planeta. As cidades do país registram facilmente temperaturas de 50 graus. Imagina fazer qualquer atividade num calor sufocante desses. Por isso que os jogadores, lá em 2010, temeram quando ouviram da FIFA que o Mundial de 2022 seria no país. Bom, ainda bem que, pelo menos, transferiram as partidas para os meses de novembro e dezembro. E, para melhorar a situação, os organizadores do evento prometeram uma Copa do Mundo em estádios muito bem climatizados, super bem equipados de sistemas de última geração. Saiba mais neste texto!

copa do mundo 2022
Imagem reproduzida de TODA HORA
copa do mundo 2022
Imagem reproduzida de Esportes R7

Veja Também: Como é tratada a grama dos estádios no Catar? – Copa do Mundo FIFA 2022

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tecnologia escolhida para os estádios da Copa do Mundo 2022

Os organizadores da Copa do Mundo buscavam uma solução eficaz para proteger os jogadores, manter a qualidade do gramado e, acredite, reduzir odores nas arquibancadas. E justamente eles encontraram no trabalho de Abdulaziz Abdul Ghani. Ele trabalhou 13 anos para desenvolver uma ideia incrivelmente sustentável. O seu plano prevê um sistema de entrada de vento na construção que permite a formação de uma espécie de bolha de ar refrigerado, desumidificado e purificado por meio de pequenas aberturas de ventilação localizadas sob os assentos, assim como outras maiores colocadas junto ao campo de jogo. O vídeo a seguir explica bem!

A saber, cada estádio do Catar é ligado a uma usina instalada a quilômetros de distância. Então, o sistema de refrigeração recebe água fria que, por sua vez, é bombeada para dentro do prédio até os tubos nas arquibancadas e campos. Essa lógica faz com que a tecnologia seja extremamente eficiente em termos energéticos, algo afirmado pelo comitê organizador da Copa do Mundo de 2022.

copa do mundo 2022
Imagem reproduzida de Medio Tiempo
copa do mundo 2022
Imagem reproduzida de Esportes R7

Veja Também: Copa do Mundo FIFA 2022: trabalhadores do Catar usam capacete especial que ventila ar gelado

As maiores vantagens desse modelo de ar-condicionado

Que fique bem claro que ar condicionado em estádios de futebol não é novidade. Mas, de fato, pelo que podemos ver nas imagens, o sistema idealizado por Abdulaziz Abdul Ghani é mesmo diferente. De acordo com especialistas, poderia ser 40% mais sustentável que as técnicas já existentes. E caso alguém tenha dúvida disso, a tecnologia foi antes testada em um shopping a céu aberto de Doha. O que se sabe agora, depois dos testes, é que tal modelo de climatização pode ser programado para manter a temperatura constante de 26 graus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“(…) você joga e não sente calor. Na verdade, quem está do lado de fora, se tiver no banco ou na arquibancada, sente frio. Eles colocam para gelar, de verdade. Não é um arzinho ou uma água geladinha. É um ar-condicionado, como se você tivesse numa sala fechada. É o estádio aberto, e o ar condicionado sai do chão, do lado do campo e de todos os lados possíveis do estádio. É uma estrutura surreal.” – comentou Kayke, ex-jogador do Qatar SC, em reportagem de Jovem Pan.

copa do mundo 2022
Imagem reproduzida de DUBAI news
copa do mundo 2022
Imagem reproduzida de Esportes R7
copa do mundo 2022
Imagem reproduzida de Revista do Frio

Fontes: R7, Jovem Pan, Goal.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais, Jornalismo Digital e Marketing Digital; estudante de Gestão de Projetos; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo