Engenharia 360

Copa do Mundo FIFA 2022: trabalhadores do Catar usam capacete especial que ventila ar gelado

Engenharia 360
por Redação 360
| 30/06/2022 3 min

Copa do Mundo FIFA 2022: trabalhadores do Catar usam capacete especial que ventila ar gelado

por Redação 360 | 30/06/2022
Engenharia 360

A Copa do Mundo de Futebol é geralmente realizada no meio do ano. Mas especialmente a edição deste ano de 2022 será diferente. É que o evento ocorreu no Catar, uma cidade que costuma apresentar temperaturas de até 50ºC. Então, para amenizar as coisas para atletas, comissões, espectadores e outros turistas, os organizadores resolveram adiar a programação para o final do ano, entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

Agora, não podemos esquecer que, até lá, muitas pessoas estarão envolvidas com as preparações dos estádios, hotéis e mais. Muitos desses locais precisaram passar por reformas ou serem construídos do zero. Claro que o cronograma de obras não pode ser interrompido em cada dia de calor. Pensando nisso, pesquisadores desenvolveram um capacete capaz de reduzir a temperatura corporal dos operários. Veja a seguir!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

construção civil copa mundo 2022
Imagem reproduzida de The Times

O revolucionário capacete dos operários do Catar

Esse capacete dos operários do Catar não é uma tecnologia que só poderá ser empregada na construção civil às vésperas da Copa de 2022, mas além. Afinal, existem muitas outras regiões quentes ao redor do planeta, como o nosso próprio país, sobretudo em suas regiões Norte e Nordeste. E foi pensando em tudo isso que cientistas da Universidade do Catar, liderados pelo professor da Faculdade de Engenharia, Saud Abdul Ghani, resolveram desenvolver esse protótipo, que depois passou a ser produzido em conjunto com os organizadores do Mundial e a Fundação Aspire Zone.

construção civil copa mundo 2022
Imagem reproduzida de ME Construction News
construção civil copa mundo 2022
Imagem reproduzida de Qatar 2022™

Explicando o funcionamento da tecnologia

O objetivo é, portanto, melhorar as condições de trabalho dos operários da construção que trabalham, sobretudo no verão. A intenção é conseguir diminuir até uns 10 graus Celsius a temperatura corporal. Claro que a peça não poderia ser muito pesada, para não comprometer a saúde e o serviço dos operários; contudo, não poderia ser igual a um capacete convencional. O novo capacete tem, enfim, 300 gramas a mais; mas, por conseguir refrigerar, vale a pena o seu uso.

construção civil copa mundo 2022
Imagem reproduzida de Cooling Post
construção civil copa mundo 2022
Imagem reproduzida de Qatar 2022™

De onde vem a energia para o funcionamento do capacete? De um painel solar colocado na parte de cima. O mesmo é capaz de gerar energia que alimenta um pequeno ventilador. Primeiro o topo da peça é resfriada, depois também é direcionado um vento para o rosto do trabalhador, criando o que os especialistas chamam de “micro-clima” adequado.

construção civil copa mundo 2022
Imagem reproduzida de Blog Biel
construção civil copa mundo 2022
Imagem reproduzida de Globo Esporte

“Com a redução de temperatura na cabeça e no rosto, o resto do corpo naturalmente irá garantir que os trabalhadores tenham um fluxo de ar mais frio para se refrescar durante o dia.” – professor Saud Abdul-Aziz Abdul-Ghani, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Catar, em reportagem de Globo esporte.

Veja Também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Fontes: Globo Esporte, Esporte Fera, Terra.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.

Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos: