Engenharia 360

Do café sem grãos ao álcool que não dá ressaca: a evolução da Engenharia Molecular nos alimentos

Engenharia 360
por Paulo Moura
| 30/04/2021 | Atualizado em 28/01/2023 2 min

Café e álcool podem ter o mesmo sabor que conhecemos, mas agredindo menos o nosso organismo. Acredita? Confira estes casos incríveis de pesquisa agtech!

Do café sem grãos ao álcool que não dá ressaca: a evolução da Engenharia Molecular nos alimentos

por Paulo Moura | 30/04/2021 | Atualizado em 28/01/2023

Café e álcool podem ter o mesmo sabor que conhecemos, mas agredindo menos o nosso organismo. Acredita? Confira estes casos incríveis de pesquisa agtech!

Engenharia 360

Ovos sem galinhas, leite sem vacas, carne sem animais, cafés sem grãos, bebidas alcoólicas que não dão ressaca! A lista de iniciativas que procuram reduzir o impacto ambiental com o uso de Engenharia Molecular não para de crescer. O alvo não é só a sustentabilidade, mas combater a incidência de enfermidades como hipertensão, diabetes, problemas hepáticos e cardiovasculares, obesidade e até câncer. Saiba mais no texto a seguir!

agtech
Imagem extraída de rheinpfalz.de

Casos de avanço em Engenharia Molecular

Café perfeito

E como tudo isso funciona? Veja o caso do café, por exemplo. A empresa americana Atomo Coffee, referência em agtech – traduzido como tecnologia agrícola -, contou com o apoio da Universidade Técnica de Munique e da Universidade de Ciências Aplicadas de Zurique para fazer a engenharia reversa de dezenas de compostos que compõem o sabor de um café “perfeito”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A técnica desenvolvida consistiu em  introduzir combinações específicas de aminoácidos e açúcares no substrato de raízes e sementes de várias plantas e, em seguida, conduzir reações moleculares por meio de tostagem e torrefação.

Assim, a equipe priorizou a engenharia reversa do aroma, sabor, cor, teor de cafeína e sensação na boca do café usando ingredientes “reciclados”, ou seja, com ingredientes que não iriam para o consumo humano”. Se deu certo? Bem, os investidores pelo visto pensam que sim. Inclusive, no final do ano passado, a empresa recebeu um aporte de R$48,6 milhões!

agtech
Imagem extraída de AtomoCoffee

Veja Também: A engenharia e o terceiro setor no agronegócio brasileiro

Álcool sintético

Se essa história do café sem grãos é surpreendente, imagine o quão incrível seria tomar todas e não ter a sensação de que a cabeça vai explodir no dia seguinte?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pois bem, o cientista britânico David Nutt, diretor do centro de neuropsicofarmacologia do Imperial College London, tem divulgado na imprensa a criação do “álcool sintético” e, consequentemente, o fim da ressaca. Essa substância milagrosa possui os mesmo efeitos do álcool comum, mas não dá ressaca, não lesiona fígado e — de acordo com expectativas otimistas de seu autor — pode substituir todas as bebidas convencionais até 2050.

A partir da molécula alcosynth, a iniciativa da empresa Gaba Labs propõe a imitar os elementos encontrados no álcool – sociabilidade, relaxamento e diversão – menos os efeitos prejudiciais à saúde, já que estaria livre de elementos tóxicos, que são prejudiciais ao fígado. A expectativa é que ela chegue ao mercado no prazo de cinco anos.

Então, o que achou destes curiosos experimentos de tecnologia agro? Acredita que estas duas bebidas teriam a mesma qualidade de sabor que tanto apreciamos nas versões “tradicionais”? Deixe a sua opinião nos comentários!


Fonte: Globo Rural.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Engenharia 360

Paulo Moura

Jornalista. Sócio Diretor da Agência VIRTA.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo