Engenharia 360

Saiba quais são os aditivos para concreto que podem economizar água na construção civil

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 11/11/2022 | Atualizado em 23/11/2022 3 min

Saiba quais são os aditivos para concreto que podem economizar água na construção civil

por Simone Tagliani | 11/11/2022 | Atualizado em 23/11/2022
Engenharia 360

A mistura que forma concreto leva cimento, água, areia e brita. A dose de cada material é que vai determinar as características finais da massa. Mas os processos adotados na produção não são sustentáveis. Considerando que vivemos um momento de grandes crises ambientais, com enorme escassez de água em várias regiões do mundo, é preciso buscar formas de economia desse recurso nos canteiros de obras. A saber, conforme a U.S. Green Building Council, a construção civil é responsável hoje por cerca de 21% do consumo de água tratada em todo o mundo.

aditivos para concreto
Imagem reproduzida de Debate

O uso de aditivos na construção civil

Pensando na economia de água, muitos profissionais passaram a indicar o uso de aditivos na mistura da massa do concreto. Essa parece ser, por hora, a solução mais sustentável para a construção civil! E mais, além disso, pode-se melhorar o desempenho do material e aumentar sua durabilidade. De verdade, não tem como comparar essa nova mistura com as misturas tradicionais, que proporciona diferenciais para a concretagem!

Vantagens e benefícios

Os aditivos são fabricados hoje, portanto, para economizar água e melhorar a eficiência do concreto na construção civil. Por exemplo:

  • boa trabalhabilidade durante o processo de aplicação nas fôrmas,
  • aumento de resistência,
  • durabilidade,
  • impermeabilidade,
  • aceleração do tempo de pega,
  • redução da retração,
  • e aumento da plasticidade do concreto.
aditivos para concreto
Imagem reproduzida de Blog Regional Telhas

Formas de aplicação

Não se pode usar aditivos na massa de concreto indiscriminadamente, sem controle. Veja, é como preparar a receita de um bolo. Ao colocar qualquer item em demasiado, podemos deixar a massa muito mole ou seca, abatumando ou deixando o alimento esfarelento. Por isso, para alcançar o objetivo esperado, é necessário que a mistura fique homogênea.

Se o aditivo é acrescentado corretamente na massa, as chances da construção dar certo são maiores. Mas isso não será possível se o calculista não entender completamente as especificidades da obra. Ao mesmo tempo, também é importante conhecer os diferentes tipos de aditivos. A seguir, apresentamos alguns!

aditivos para concreto
Imagem reproduzida de Tecnomor

Tipos de aditivos para concreto

  1. Incorporadores de ar: permitem que o concreto fique mais homogêneo e melhora a trabalhabilidade, diminuindo a tensão da água durante o amassamento do concreto. Aliás, esse tipo de aditivo permite incorporar uniformemente microbolhas de ar na mistura que permanecem no material no estado endurecido, contribuindo para economia de cimento, e mais.
  2. Plastificantes: permitem reduzir o consumo de água, sem modificar a consistência do concreto no estado fresco, potencializando o preparo e aplicação do concreto na obra, como aumento do abatimento e a fluidez, entre outros efeitos, tipo retardo de pega.
  3. Superplastificantes: usam policarboxilatos, moléculas poliméricas e partículas positivas carregadas do cimento. Também é uma solução que proporciona muita fluidez para a massa, além de menor quantidade de água.
  4. Impermeabilizantes: capazes de impedir que a água chegue até a parte interna das estruturas de concreto, causando infiltrações. Geralmente esse tipo de aditivo é misturado com plastificantes, para reduzir a relação água-cimento.
  5. Polifuncionais: melhoram o processo de concretagem, aumentando a trabalhabilidade, adequando o aspecto superficial, aumentando a resistência à compressão e uniformidade, prolongando a impermeabilidade, e durabilidade do material.
  6. Aceleradores de pega: faz diminuir o tempo entre o estado plástico e endurecido do concreto. Também auxilia na mistura do cal e da sílica nos silicatos e da alumina nos aluminatos. Com tudo isso, o concreto pode apresentar, no fim, mais resistência desde o início da secagem.
  7. Retardadores de pega: diferente do tipo anterior, faz aumentar esse tempo de transição, melhorando a aderência da massa, algo que é bastante válido em dias mais quentes, por exemplo, evitando possíveis fissuras e outras patologias no futuro.
  8. Aceleradores de resistência: aumentam a taxa de desenvolvimento de resistência inicial do concreto.
  9. Hiperplastificantes: esse tipo de aditivo permite uma alta redução de água, criando uma versão de concreto com resistência inicial maior, tornando mais fácil o manuseio e garantindo a mínima migração de água da composição para a superfície das peças moldadas.

O Engenharia 360 tem muito mais a compartilhar com você! Confira ao webstories a seguir!

Veja Também: Como fazer o controle tecnológico do concreto usinado?

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; estudante de Marketing; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo