Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

5 motivos para escolher a carreira de engenheiro eletricista

por Marcos Vitor | 01/09/2021

Escolher uma carreira nem sempre é uma tarefa fácil, por isso leia esse artigo para entender melhor por que se tornar um engenheiro eletricista.

Qual a importância do trabalho do engenheiro eletricista?

Vamos começar com um exemplo de como a falta de energia pode ser “irritante”. No dia 17 de fevereiro de 2021, durante um jogo entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jogo teve que ser paralisado graças a falta de energia no estádio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A energia elétrica influencia em todos os segmentos da nossa sociedade, sejam os jogos de futebol ou construções na grande São Paulo. Enfim, a eletricidade tornou-se um ator-chave no desenvolvimento econômico mundial.

Logo, entramos num ciclo virtuoso, a demanda por energia cresce e a necessidade por profissionais qualificados acompanha esse crescimento.

Por isso, leia este post até o último parágrafo para entender os cinco motivos para você escolher Engenharia Elétrica.

1.Salário de engenheiro eletricista

Elétrica
Imagem reproduzida de Medium

Conforme a pesquisa ‘Universidades e Estudos de Engenharia: Relação Salarial por Escola’, o rendimento médio mensal dos formados em Engenharia Elétrica é de R$ 7.834. Um dos maiores salários entre os profissionais de engenharia. No entanto, em empresas de grande porte o salário do profissional pode chegar a R$ 14.917,50.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

2.Potencial de emprego

Elétrica
Imagem reproduzida de Rutherford Solutions

Durante sua graduação, o universitário do curso de Engenharia Elétrica será exposto às diversas áreas que um engenheiro pode atuar, entre elas estão: controle e automação, telecomunicações, sistemas de fornecimento de energia elétrica e circuitos eletrônicos.

Nesse sentido, por ter acesso a esse leque de opções, o engenheiro eletricista pode trabalhar em todos os setores da indústria brasileira e mundial. Ainda vale ressaltar a carreira acadêmica, um ramo que ainda é pouco explorado pelos profissionais de engenharia.

3.Crescimento do setor de energias renováveis

Elétrica
Imagem reproduzida de IPBES

Nos últimos anos, o mercado de energias renováveis tem crescido bastante. No Brasil, o mercado de energia solar cresceu 212% em 2019, alcançando a marca de 2,4GW (gigawatts) instalados.

No entanto, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica, o setor de energia solar corresponde a apenas 1,94% da matriz energética do Brasil. Esses dados nos mostram que ainda existe um grande caminho pela frente.

Além disso, quando falamos de energia eólica, o Ministério de Minas e Energia destacou o índice registrado em 22 de julho, que apontou, pela primeira vez, que as usinas eólicas geraram energia capaz de abastecer 102% da região Nordeste durante um dia inteiro.

4.Possibilidade de atuar em qualquer país do mundo

Elétrica
Imagem reproduzida de Medium

Atualmente, já é possível fazer parte da graduação em muitos países da Europa e o mercado de trabalho internacional também oferece várias possibilidades.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar de o ótimo salário ser a parte mais atrativa dessa jornada, profissionais que escolhem atuar fora do Brasil podem desfrutar de uma vida repleta de novidades como conhecer novas culturas, lugares e pessoas, além de ainda poder aprender outra língua.

5.Setor de pesquisa

Elétrica
Imagem reproduzida de Daily Advent

No ano 2000, o Nokia 3310 atingiu a marca de 216 milhões de unidades vendidas, um verdadeiro sucesso. Você, provavelmente, está lendo este artigo através de um smartphone, certo?

À primeira vista, a mudança que aconteceu nos últimos anos é incrível. Por exemplo, os dispositivos que eram usados apenas para ligações e mensagens de texto, hoje, nos permitem gravar vídeos, tirar fotos, escanear documentos, acessar dados bancários e até mesmo pedir um sanduba sem sair de casa.

Em síntese, toda essa evolução só se tornou possível graças ao setor de pesquisa eletrônica, um ramo da engenharia essencial para otimizar tarefas simples e complexas que realizamos no nosso cotidiano.

Estes são alguns dos motivos para você seguir a carreira de engenheiro eletricista e poder escolher entre milhares de possibilidades. Se gostou dessa opção, escreva para nós nos comentários!


Fontes: UOL, TechTudo, Agência Brasil, Empresa de Pesquisa Energética, Unsplash

Comentários

Engenharia 360

Marcos Vitor Feitosa

Aluno de engenharia elétrica pela Universidade Federal do Pará, fascinado por inovação, gestão e tecnologia.