Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

3 coisas que um engenheiro deveria olhar ao comprar um fone de ouvido

Engenharia 360

2 min

POR Beatriz Zanut Barros 05/08/2019

Hoje em dia, quando o assunto é fone de ouvido normalmente focamos em olhar o design e a compatibilidade. Porém, olhando como engenheiro, como eu deveria escolher meu produto?

Impedância

Em um fone de ouvido, a impedância serve para melhorar a definição do som. Ela pode ser definida como aquela resistência que tem em todos os equipamentos eletrônicos. Porém, o objetivo dela é eliminar os ruídos internos do equipamento. Portanto quando maior a impedância, mais livre de ruídos será o fone de ouvido.

Um exemplo de fones para uso profissional, é o fone de ouvido da marca Koss, modelo Porta Pro. Este normalmente é usado por DJs, e possui impedância de 60 Ohms.

Por outro lado o fone de ouvido JBL T450BT possui impedância de 32 Ohms, e tem uma qualidade excelente, principalmente para quem não é profissional.

Sensibilidade

A sensibilidade nos diz até onde o volume do som vai chegar. É uma característica medida em dB SPL/W (Níveis de pressão sonora por Watt). Por isto, quanto maior esta característica, maior o volume do som.

Os fones de ouvido da KZ ED12 chegam a 120 dB SPL/W, enquanto os da marca Skullcandy chegam a 94 dB.

Resposta em Frequência

Por incrível que pareça, esta é a informação que menos influencia no quesito qualidade de um fone de ouvido.

O porque disto é simples, o ouvido humano é capaz de escutar sons de 20Hz a 20KHz, mas dificilmente os sons alcançarão esta amplitude. Por isto, comprar um fone de ouvido com uma amplitude menor não significa que você comprou um modelo de qualidade inferior.

Porém, quanto maior a resposta em frequência, melhor vai ser a percepção do fone de ouvido com relação a certos tipos de som.

No Brasil existem modelos com a amplitude de 20Hz a 20KHz, são eles: JBL Duet BT, Knup Kp-350, e o Razer Adero.

Fiquei devendo falar sobre as características do fone da apple ou da beats. Acontece que o fabricante não disponibiliza as informações técnicas de nenhum destes produtos. Sabemos que a qualidade é boa apenas porque já utilizamos, sem nenhuma informação técnica por trás.

Devemos ponderar que a escolha do fone adequado depende de qual vai ser o seu uso. Um músico vai olhar de forma mais assídua a estas características, e um hobbista pode não ter condições de investir na melhor das qualidades técnicas. Porém, ainda assim, possuir um produto que o atende perfeitamente.

Referências:

TechTudo, Koss, JBL

Leia também: A Importância do Mindset de crescimento na engenharia

fone de ouvido
fone de ouvido como escolher
fone de ouvido qual comprar
fone de ouvido qual esolher

Beatriz Zanut Barros

Engenheira de Energia formada em 2018 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestranda em Energia Renovável pela Universitat Politècnica de Catalunya em Barcelona. Acredito que o conhecimento é tudo que possuímos, e sou apaixonada pelas novas tecnologias que além de melhorar a qualidade de vida da população, não prejudicam o meio ambiente.

mais
Engenharia 360 Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
Sensor instalado em veículo em movimento consegue detectar objetos enterrados
Supercongelamento permite preservar tecido humano por mais tempo e pode facilitar a doação de órgãos
Pesquisadores estudam novas formas de carbono tão resistentes quanto diamante
Parques eólicos no oceano: saiba mais sobre a tecnologia offshore
Cientistas desenvolvem dispositivo que pode manipular células cerebrais pelo celular
Embalagem eco-friendly de games reduz uso de plástico
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

6 Resultados