Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenheiros hackearam veículos elétricos para demonstrar vulnerabilidades de cibersegurança

por Larissa Fereguetti | 11/11/2020
Copiado!

A ideia é identificar potenciais ameaças enquanto nos preparamos para a adoção de veículos elétricos em larga escala.

Alguns engenheiros da Southwest Research Institute hackearam o carregamento de um veículo elétrico para simular um ataque malicioso. O procedimento é parte de uma iniciativa de pesquisa de segurança cibernética automotiva.

A equipe fez engenharia reversa dos sinais e circuitos de um carregador J1172, a interface mais comum de carregamento de veículos elétricos na América do Norte. Eles conseguiram interromper o processo usando um dispositivo de falsificação desenvolvido em um laboratório usando hardware e software de baixo custo.

Foram realizadas três manipulações: limitando a taxa de carregamento, bloqueando o carregamento da bateria e também sobrecarregando o sistema. Foi usado um dispositivo desenvolvido pelos pesquisadores para falsificar sinais entre o carregador e o veículo.

Durante a sobrecarga, o sistema de gerenciamento da bateria do veículo detectou um nível de energia muito alto e desconectou automaticamente. Para limitar o carregamento, o dispositivo solicitou a menor carga permitida (a qual é de 6 ampères) para reduzir drasticamente a taxa de carregamento. Para fazer o bloqueio, um sinal de detecção de proximidade parou o processo e mostrou o aviso de que era impossível carregar.

imagem ilustrativa de veículo elétrico carregando
Imagem: Waldemar Brandt | Via Unsplash

Austin Dodson, do time de engenheiros, afirmou que: “O projeto efetivamente enganou o veículo de teste fazendo-o pensar que estava totalmente carregado e também impediu que ele carregasse totalmente. Este tipo de ataque malicioso pode causar mais interrupções em grande escala.”

“Esta foi uma iniciativa projetada para identificar ameaças em potencial no hardware de carregamento comum enquanto nos preparamos para a adoção generalizada de veículos elétricos na próxima década”, afirmou Dodson.

Atualmente, eles estão avaliando testes para outros carregadores e dispositivos para frota de scooters elétricos. Victor Murray, engenheiro do Southwest Research Institute, afirmou que a descoberta de vulnerabilidades no processo de carregamento mostra oportunidades para padrões de teste para veículos elétricos e infraestrutura de carregamento.

Leia também: É possível tornar os carros autônomos mais seguros?

Fonte: TechXplore

Qual sua opinião sobre a iniciativa? Comente!

Copiado!
Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Comentários