Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Utilidade pública: 10 mitos e verdades sobre a bateria do celular

por Jennifer Evaristo | 02/02/2017
Copiado!

Quando falamos sobre a bateria do celular, ficamos com algumas dúvidas diante de tantos mitos que a internet traz. Com a evolução da tecnologia, os materiais e seus funcionamentos mudaram muito com o passar dos anos, mas ainda não inventaram uma bateria que dure para sempre, não é mesmo? Pensando nisso, o Blog da Engenharia preparou algumas dicas e respostas para não prejudicar a bateria do celular e prolongar a sua duração.
 

Fonte: Shutterstock.

1- Posso deixar o celular carregando durante a noite?

Pode sim, carregar o celular a noite inteira não estraga a bateria, pois eles deixam de receber energia quando chegam em 100% de carga.
Para prolongar a sua útil, mantenha a bateria sempre entre 40% e 80%. Isso porque o lítio, usado em larga escala nos celulares atuais, desgasta-se ao chegar nos extremos. Ou seja, o problema não é completar a carga, mas oscilar de zero a 100%. 

2- Carregadores genéricos podem estragar o celular?

Não, os carregadores não oficiais cumprem seu papel de transferir energia à bateria, porém a maioria tem um desempenho inferior, demorando mais tempo para completar o carregamento.
Já os carregadores falsificados devem ser evitados. É possível identificar esses carregadores, já que eles não completam a carga da bateria e descumprem normas de segurança.

3- Posso usar o celular enquanto carrega? Corro risco de levar choque?

A resposta é a mesma da pergunta anterior: sim, pode. Já o risco de levar choque ao falar enquanto o celular carrega acontece quando o carregador é falso. Quando o fabricante respeita as regulamentações, é praticamente impossível que cause acidentes.

4- Colocar o telefone em modo avião deixa o carregamento mais rápido?

É verdade. Como o modo avião desconecta as redes 3G, 4G e a conexão Wi-Fi, a necessidade de processamento é menor. Mudando para o modo avião já faz com que o celular carregue mais rápido, porém a diferença não é tão grande: para cada 10% de carga, a economia com o telefone em modo off é de um minuto.

5- É preciso dar uma carga longa na primeira vez que usar o celular?

Atualmente não. Era necessário antigamente, quando as baterias eram feitas de níquel-cádmio.

Fonte: Shutterstock.

6- Carregar o celular no PC (via USB) é mais demorado?

Normalmente sim, porque o tempo de carga depende da potência de sua fonte de energia. Enquanto uma tomada fornece uma corrente de 1000 mA, as portas USB entregam 500 mA. Com a metade da potência, acaba demorando o dobro de tempo.
Essa contagem é para o USB 2.0, já que o USB 3.0 oferece 900 mA, quase o mesmo da tomada, então se você precisar carregar o celular no PC opte por ela.

7- Precisar esperar a bateria chegar a 0% para carregar?

Não, o ideal como já mencionado é que isso não aconteça. Procure carregar antes que fiquem abaixo de 40% de energia. Outra recomendação é desligar o celular enquanto carrega pelo menos uma vez por semana.

8- Colocar a bateria na geladeira aumenta a potência da carga?

Não, a carga não vai aumentar e nem ficar mais potente dessa forma. De acordo com a Apple, a temperatura ideal é entre 16 a 22ºC.

9- A temperatura interfere no tempo de duração da bateria?

Sim, as baterias que estão sendo usadas em ambientes frios possuem uma queda no tempo de duração. Já o calor traz danos irreversíveis: a partir dos 35ºC, cada acréscimo de 8ºC diminui a vida útil da bateria pela metade.

10- Quais apps dão mais autonomia de uso ao telefone?

Há diversos aplicativos disponíveis para gerenciar melhor a bateria do celular. O aplicativo “Snapdragon Battery Guru” e o “Battery Doctor” são exemplos de soluções para o seu celular, disponíveis para Android e iOS, e ajudam no desempenho dos aparelhos.

Copiado!

Comentários