Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Sociedade 5.0 e a digitalização industrial: uma reflexão sobre a economia mundial pós-crise

por Simone Tagliani | 15/11/2021

O que devemos esperar para a economia nos próximos anos? Como as empresas podem se preparar para este cenário de "novo normal" que vivemos? Veja!

Certamente, estamos numa fase decisiva para a economia global, onde as empresas coletam dados e apontam perspectivas sobre os aprendizados trazidos pela pandemia. Esta é uma etapa de muita reflexão. E isso não é o que nós dissemos, mas àqueles que vivem este setor do mercado, como o próprio presidente da Toyota do Brasil, Rafael Chang, que disse recentemente, em reportagem de ABDI, que “Estamos vivendo a maior transformação industrial dos últimos cem anos”. Afinal, como será o futuro da indústria nacional e mundial? Quais os desafios que teremos pela frente – em termos de produção, recursos para fabricação, insumos, impostos, automação, digitalização e mais.

Imagem reproduzida de Engetron

O cenário atual da economia mundial

Pense no quadro geral da crise sanitária que vivemos nos últimos dois anos! O impacto da pandemia foi gigantesco – tanto que sentimos ainda as consequências e sentiremos durante muitos anos. Neste novo contexto, de instabilidade e imprevisibilidade, as empresas precisaram adaptar os seus sistemas, tentando reagir o mais rápido possível antes de afundar nesta maré brava. Mas este momento, como de muitos outros de crise já vividos na história humana, são, além de uma provação, uma oportunidade para o desenvolvimento e surgimento de inovações; foram um incentivo para a busca por parcerias em diversos setores, como os de Engenharia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As novas atitudes para a retomada dos serviços

Dizem que, para a retomada e crescimento da produção industrial, serão necessárias duas coisas: muita ‘cooperação’ e ‘resiliência’. E o que venha a ser resiliência? É a capacidade de conseguir voltar ao estado “normal” após alguma situação extraordinária e crítica. Poderíamos acrescentar nesta lista ainda os termos ‘ecologia’, ‘administração’, ‘gestão’, e ‘digitalização’ – elo para conectar e transformar os setores. Tudo isso é essencial para a retomada da produção, projetos e diminuir custos. Também talvez seja preciso antecipar ainda mais os recursos para uma economia digital mundial. E, por fim, mais do que utilizar, disseminar informações e produzir conhecimento nessas tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética.

indústria mundial
Imagem reproduzida de Herrero Consultoria Empresarial

O Brasil neste contexto

Apesar da crise econômica, o Brasil também está acelerando a transformação e digitalização dos seus serviços de modo geral. Isso também foi uma consequência das mudanças exigidas pela pandemia do covid-19. Mas dizem os especialistas que algumas demandas podem ser ainda, por muitos anos, difíceis de serem atendidas em nosso país devido à deficiência de mobilidade relacional. E o que venha a ser isso? É o fator social que impacta a liberdade e as oportunidades da própria sociedade, o que influencia nos comportamentos e tendências psicológicas e gera diferenças de ações, pensamentos e sentimentos.

A chegada do 5G

Uma mudança positiva na economia brasileira é a chegada do 5G. A licitação prevê que as empresas comecem a oferecer a tecnologia até julho de 2022. O texto ainda traz as regras para a instalação das antenas – que possuem tamanho de caixa de sapato -, além do critério usado pela entidade para a liberação de antenas em cada municípios e o tempo de análise e liberação após o pedido das companhias. A saber, até agora, 27 capitais brasileiras estão totalmente preparadas para a nova tecnologia de comunicações, de acordo com o Conexis Brasil Digital.

indústria mundial
Imagem reproduzida de Blog Ingram – Ingram Micro Brasil

As expectativas do mundo pós-covid

O distanciamento social forçado nos mostrou a importância e as vantagens da aquisição de produtos online. Hábitos de consumo, busca por serviços, ofertas de produtos, tudo mudou! Espera-se, agora, menor contato físico humano nas fábricas, lojas e empresas, e uma maior proximidade de humanos e robôs! Investimentos neste sentido foram essenciais nestes últimos dois anos para garantir a continuidade de alguns negócios! Portanto, hoje, já se vê mais ofertas de teletrabalho e trabalhos com atividades flexíveis; e , também, processos internos mais automatizados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A partir de agora, mais do que nunca, será a diferença na hora de superar mudanças e superar desafios o desenvolvimento de novas habilidades e relações de trabalho em todos os níveis! Muitas organizações precisarão reavaliar seus modelos de negócios e desenvolver planejamentos estratégicos que permitam ampliar o trabalho remoto e adotar medidas que garantam a resiliência!

indústria mundial
Imagem reproduzida de TOTVS

Veja Também: A Digitalização Industrial e a Engenharia Robótica: quais as perspectivas para o mundo Pós-pandemia?


Fontes: Época Negócios, Instituto de Engenharia, ABDI, CISCO.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.